SRZD



Chico Spinosa

Chico Spinosa

CARNAVAL. Figurinista, artista plástico, cenógrafo e carnavalesco. Em sua trajetória de sucesso, contabiliza, entre diversas premiações e homenagens, títulos no Grupo Especial do Carnaval do Rio de Janeiro e São Paulo, além de trabalhos marcantes em várias agremiações. Já foi jurado e atualmente, além de carnavalesco, é comentarista de desfiles de escolas de samba.

* Os textos desta seção não representam necessariamente a opinião deste veículo e são de responsabilidade exclusiva de seu autor.



03/12/2014 12h00

Chico Spinosa: 'João Trinta mudou a estética do Carnaval'
Chico Spinosa

Há alguns dias fui assistir ao filme "Trinta", uma bela homenagem ao João Trinta, um grande amigo e um dos maiores profissionais que o mundo do Carnaval conheceu.

Divulgação do filme Trinta. Foto: Divulgação

Antes da comentar o que vi, quero me colocar a disposição dos internautas para que possam interagir com meus textos. Vamos juntos fazer valer a pena este espaço em favor dessa grande festa popular!

Nada como a emoção que senti ao assistir o filme para marcar essa minha estreia no SRZD!

O roteiro me agradou muito, apesar de trazer uma pequena fração da obra e da vida deste extraordinário profissional que viveu intensamente e contribuiu tanto para o Carnaval brasileiro.

Desfiles campeões de Joãosinho Trinta pelo Salgueiro 1975, Viradouro 1997 e Beija-Flor 1989. Foto: DivulgaçãoA emoção foi crescente e me envolveu! 

Nada como ter conhecido e convivido nesses últimos anos com os bastidores do samba, sobretudo pela vivência no trabalho dentro do barracão.

Sei do tamanho das "encrencas" e "maldades" que sofrem os artistas de Carnaval em sua jornada, nem sempre vitoriosa, como a de João Trinta.

Mas, ao final da brilhante trajetória, o que importa é: "O povo gosta é de luxo", frase marcante do artista para definir seu estilo como carnavalesco.

O filme, mostra com muita sensibilidade que esse homem veio para mudar a estética dos desfiles de escolas de samba.

Quero dividir aqui, minha avaliação sobre a produção em quesitos:

Elenco: Parabéns! São geniais, inclusive, conheci a maioria dos personagens ali retratados; Fernando Pamplona, Isabel Valença e todos os "Tiões".

Música: A trilha é muito bem desenhada e capaz de mexer profundamente com nossas emoções.

Ambientação: É extremamente fiel e um exemplo claro do que vivemos no cotidiano de uma agremiação carnavalesca.

Portanto, quero convocar os leitores para comparecer nas salas de cinemas e prestigiar João Jorge Trinta, e que, acima de tudo, possam conhecer como nasce um vitorioso!

Para você que já assistiu ao filme, deixo duas perguntas.

Gostou do que viu?

Qual a sua opinião?

Joãosinho Trinta durante desfile da Beija-Flor de Nilópolis em 1989. Foto: Divulgação

Já curtiu a página do SRZD-Carnaval no Facebook?


10 Comentários | Clique aqui para comentar