SRZD


10/11/2010 10h00

Lesga teme pelo corte de verba imposto pelo MP
Isaac Ismar

O fim dos repasses financeiros da prefeitura do Rio de Janeiro para as escolas de samba do Grupo Especial não foi bem aceito pelo mundo do samba. Até o momento, ainda não se sabe se o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), que põe fim ao repasse dos recursos financeiros da prefeitura para as escolas da elite do carnaval, assinado entre a prefeitura e a Liga das Escolas de Samba (Liesa), pode trazer algum prejuízo para as agremiações (Grupos A e B) filiadas à Lesga.

Para o Carnaval 2010, cada escola do Grupo Especial recebeu R$ 700 mil da prefeitura. A maior parte da verba vem dos direitos de transmissão da TV Globo. As agremiações ainda recebem dinheiro do governo estadual e federal.

Segundo a promotora Glaucia Santana, titular da 6ª Promotoria de Tutela Coletiva de Defesa da Cidadania do Ministério Público, a Liesa fica como responsável pelo carnaval, sem necessidade de licitação. No entanto, a entidade não poderá receber recursos da prefeitura, que abriu mão da sua parte na venda de ingressos.

De acordo com Reginaldo Gomes, presidente da Lesga, se for confirmado o encerramento do repasse da chamada subvenção da prefeitura, as escolas dos Grupos A e B terão sérias dificuldades para colocar o carnaval na Sapucaí. Já que as rendas de venda de ingressos e da transmissão de televisão são, em comparação com o Grupo Especial, bem inferiores.

- Estamos acompanhando este caso. Vamos, em breve, à Prefeitura para a entrega da assinatura do contrato do carnaval do ano que vem. Os nossos direitos de transmissão de TV e os preços dos ingressos são menores em uma comparação com a Liesa. Para as escolas do Grupo de Acesso essas possibilidades não têm o mesmo peso. Até agora não fomos comunicados sobre isso. Mas se for confirmada, a decisão vai prejudicar o carnaval do Grupo de Acesso - afirmou o dirigente.


Comentários
  • Avatar
    11/11/2010 01:18:05Wagner RamosMembro SRZD desde 24/10/2010

    Onde está escrito "excusos", leia-se escusos. E onde lê-se "sargeta", entenda-se sarjeta. Mil desculpas por este português sofrifel...

  • Avatar
    11/11/2010 01:10:22Wagner RamosMembro SRZD desde 24/10/2010

    Me engana, que eu gosto. Claramente nenhuma empresa séria se habilta a concorrer a estar a testa da organização do Carnaval, pois todas as que tentaram receberam "recados" de que não prestaria tal "ousadia", e todas as Escolas blefam que não irão desfilar caso o evento não esteja nas mãos da Liga. A tal promotora, se querendo fazer passar por alguém que é sério, apenas defende os interesses da Liga, e tem a cara de pau de propôr um TAC ( Termo de Ajustamento de Conduta), sem levar em conta que a Cidade do Samba foi erguida COM DINHEIRO PÃ?BLICO, para 14 Escolas de Samba, e hoje só 12 Barracões são utilizados, pelas próprias, dfe acordo com os interesses da Rede Globo e da LIESA, sendo que a mobilidade cultural foi jogado pela sargeta. pois apenas uma Escola sobe, e outra desce de grupo, privillegiando os eternos arautos de mamar no erário público. A pergunta que não quer calar: Será que a tal promotorinha tem isenção neste assunto, ou estará já dominada pelos mais excusos interesses???

  • Avatar
    10/11/2010 22:39:34DeniseMembro SRZD desde 08/04/2009

    Poderia se reduzir o número de alegorias, de alas e, consequentemente, o tempo de desfile.

  • Avatar
    10/11/2010 21:38:17BarracãoMembro SRZD desde 08/11/2010

    Sobreviverão os mais fortes!

  • Avatar
    10/11/2010 21:35:53BarracãoMembro SRZD desde 08/11/2010

    Os maiores prejudicados nessa situação serão os trabalhadores de barracão ( ferreiros, carpinteiros, pintores, aderecistas, etc),sem os quais não se materializa as belas alegórias. Haverá uma desqualificação de mão-de-obra e uma maior desvalorização de categoria de artistas e artesões que passam dia e noite nos barracões e em seus ateliers se dedicando a tornar realidade a maravilha da festa.

  • Avatar
    10/11/2010 18:14:25ZappaMembro SRZD desde 16/04/2009

    Quem não tem no bolso tira da cabeça, dizia um enredo do Salgueiro na década de 80. O samba foi comercializado e o que é gasto com contratações dos chamados profissionais do samba é uma grana preta. Para as grandes escolas é suportável, mas para as pequenas e médias é complicado. A prefeitura já arrecada milhões nos dias de carnaval com receitas diretas e indiretas promovidas pelo carnaval e as escolas, por isso não faz diferença abrir mão de uma â??supostaâ? divisão do arrecadado na bilheteria da Passarela e o prefeito e sua turma sabem disso. Com relação às escolas do acesso é preciso trabalhar o marketing do desfile de sábado com mais determinação, pois em nada fica a dever ao Especial, só não possui o mesmo foco e mesma pompa, mas em determinados tópicos de desfile é até superior, pois é menos comprometido e menos descacterizado, pois ainda não esta tão impregnado do vedetismo midiático tão comum no domingo e segunda-feira. O desfile do acesso no Rio é um milhão de vezes superior aos de São Paulo, que por conta de um contrato com a Globo são exibidos por aqui na marra e só servem para desviar a atenção das escolas cariocas.

  • Avatar
    10/11/2010 14:37:32boca de sabãoMembro SRZD desde 22/10/2010

    TA EXPLICADO!!!OLHA A BOMBA AI,agora se sabe o porque do sr quinho ter aceitado com tanta facilidade ter que dividir o microfone com mais dois,(ELE ESTA DESFILANDO COM UM CARRO ZÃ?RINHO CHEIRANDO A TINTA AINDA SEM PLACA)isso é bem feito para calar a boca dos advogados de defesa aqui desse site.agora ta explicado!!!!isso é para vcs verem que ninguem é incorruptivel.agora eu quero ver vcs falarem...enquanto vcs ficam ai passando fome,eles lá tiram onda de carro zero.engole essa ai agora seus pucha saco!!!!ai aqueles que se dizem comunidade,vcs que não tratem de gastar seu dinheiro dia de quarta feira e sabado pra ir na quandra bater palma pra ela não,pra ver se vcs não são cortados,esse ano tem que ter Roupa pra fox.

  • Avatar
    10/11/2010 14:32:38boca de sabãoMembro SRZD desde 22/10/2010

    TA EXPLICADO!!!OLHA A BOMBA AI,agora se sabe o porque do sr quinho ter aceitado com tanta facilidade ter que dividir o microfone com mais dois,(ELE ESTA DESFILANDO COM UM CARRO ZÃ?RINHO CHEIRANDO A TINTA AINDA SEM PLACA)isso é bem feito para calar a boca dos advogados de defesa aqui desse site.agora ta explicado!!!!isso é para vcs verem que ninguem é incorruptivel.agora eu quero ver vcs falarem...enquanto vcs ficam ai passando fome,eles lá tiram onda de carro zero.engole essa ai agora seus pucha saco!!!!ai aqueles que se dizem comunidade,vcs que não tratem de gastar seu dinheiro dia de quarta feira e sabado pra ir na quandra bater palma pra ela não,pra ver se vcs não são cortados,esse ano tem que ter Roupa pra fox.

  • Avatar
    10/11/2010 14:19:36Milton dos Santos Batista JrMembro SRZD desde 12/05/2009

    Em tempo: o Grupo B e os grupos da AESCRJ não tem seus desfiles transmitidos pela TV, portanto não recebem direitos de transmissão. Não sei se recebem pelas rádios.

  • Avatar
    10/11/2010 12:15:09jorge alfredo de paulaMembro SRZD desde 22/02/2010

    Ola gostaria de contar com a sua presença nos ensaios do nosso BLOCO CARNAVALESCO UNIDOS DA VILA JARDIM, que acontece todos os domingos das 16:00 ás 22;00 horas, no campo do G.A. 40, que fica na estrada do Cabuçu, ao lado do prezunic de Campo Grande, desde já sou grato pela presença,e lembrando que temos aquela cerveja geladissima e muito baratinho contato Jorginho:8639-3215

Comentar