SRZD


11/12/2010 20h03

Rock in Rio: No dia que cai Ditadura, Barão Vermelho faz show histórico
Redação SRZD

Foto: Reprodução de TVO Rock in Rio 2011 também terá espaço para as bandas brasileiras. Skank, Capital Inicial, Sepultura e Angra são algumas delas. Mas no primeiro festival da história, em 1985, uma banda do Rio entrou para a galeria dos shows inesquecíveis, quando uma estrela explodia de vez, e no dia em que a ditadura caia no Brasil. O SRZD mostra agora outro momento que ficou marcado na vida de muitos brasileiros, e que permanecerá na própria história do país.

O Barão Vermelho, liderado por Cazuza, com Frejat na Guitarra, Dé no baixo, Guto Goff na bateria e Maurício no teclado, tocou para 85 mil pessoas antes de Scorpions e AC/DC. No dia 15 de janeiro de 1985, mesmo dia do show histórico, o Colégio Eleitoral sagrava Tancredo Neves o primeiro presidente civil depois de 21 anos de ditadura militar.

A data que marcou a volta da democracia do país coincidiu com o Rock in Rio e fez a plateia vibrar com muitas bandeiras do Brasil no ar. O próprio Cazuza terminou o show elevando uma, e encerrando: "Que dia nasça feliz para todo mundo, com um Brasil novo". Veja abaixo algumas das músicas tocadas no dia da apresentação:

Bete Balanço, Mal Nenhum e Down em Mim: Pro dia nascer feliz:



Comentários
  • Avatar
    11/12/2010 21:27:21EDUARDO OLIVEIRAAnônimo

    Sempre fui e ainda sou fã do Barão Vermelho e do genial Cazuza, afinal de contas o Barão continua na estrada e Cazuza continua vivo em nossos corações, viva Cazuza, viva o poeta "EXAGERADO", "MOSTRANDO A CARA DO BRASIL", dizendo que os "SEUS HERÃ?IS MORRERAM DE OVERDOSE, ENQUANTO OS SEUS INIMIGOS ESTAVAM NO PODER", e é por essas e outras que eu digo Cazuza continua "FAZENDO PARTE DO MEU SHOW". VIVA BARÃ?O!!!, VIVA CAZUZA!!!.

Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.