SRZD


21/12/2010 18h53

Operação da Polícia Civil prende 25 acusados de envolvimento com milícia em Duque de Caxias
Redação SRZD

Agentes da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (Draco) prendeu 25 pessoas até às 18h41 desta terça-feira na Operação Capa Preta, contra acusados de integrarem uma milícia em Duque de Caxias (Baixada Fluminense). Entre os detidos, estão dois vereadores da Câmara Municipal da cidade. A ação contou com o apoio da Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (Gaeco).

Os parlamentares presos são Jonas Gonçalves da Silva, que também é PM reformado, e Sebastião Ferreira da Silva, conhecido como "Chiquinho Grandão". Ambos foram presos em casa.

Na casa de Jonas, os agentes também prenderam o filho dele, Johnatan Luiz Gonçalves da Silva. Em uma rua próxima à residência de Jonas, policiais prenderam seu outro filho, o ex-PM Eder Fábio Gonçalves da Silva.

Outro preso foi identificado como Daniel Seabra Ferreira, conhecido como Daniel Lava-Jato. Os agentes apreenderam com ele duas pistolas, quatro carregadores, um cinto da Polícia Militar e dois aparelhos de rádio.

Além dos vereadores, também foram presos outros policiais militares, um ex-fuzileiro naval, um sargento do Exército e um comissário da Polícia Civil. Os agentes da Draco também estouraram uma central clandestina de TV a cabo.


Veja mais sobre:Polícia Civil

Comentários
  • Avatar
    21/12/2010 19:34:57Silas CorreaAnônimo

    caraca ja esta pertinho daqui

Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.