SRZD


27/01/2011 13h11

Alessandro diz que não entende reação da torcida do Botafogo
Redação SRZD

Foto: Wallace Texeira/PhotocameraQuando foi anunciado que Joel Santana sacaria Lucas para promover a entrada de Alessandro na partida contra o Madureira, a torcida começou a vaiar e hostilizar técnico e jogador. Mas a substituição deu certo, e o lateral-direito foi o autor do terceiro gol da vitória por 4 a 1. Alessandro admite ficar triste com o grupo de torcedores que age dessa forma.

"Não dá pra entender algumas coisas que acontecem. Mas não é a maioria dos torcedores, é só uma minoria que não vai ao estadio pra torcer, e só pra criticar. E logo num momento em que a equipe vai bem, liderando a chave. Mas ficou claro que o treinador fez a escolha certa, me colocou em campo, e eu pude contribuir ao time conquistar a vitoria", disse Alessandro em entrevista à "Rádio Brasil".

A duas partidas de completar 200 jogos com a camisa do Botafogo, Alessandro revela que não esperava alcançar essa marca e estar muito feliz de, aos 33 anos, conseguir entrar pra história de um clube com tanta tradição no futebol.

"Não imaginaria que isso pudesse acontecer. No futebol brasileiro hoje é difícil você ficar tanto tempo num clube, e eu sou muito feliz por estar aqui no Botafogo, que é um time grande, de tradição. Eu estou aqui prestes a completar 200 jogos com a camisa do time, e mesmo com todos os problemas, eu tenho que agradecer a todos que me apoiaram dentro do clube. É um momento especial na minha carreira, estou com 33 anos numa equipe grande e atingindo essa marca", comemorou.

Apesar da idade já avançada, Alessandro garantiu que ainda não pensa em largar o futebol pois tem motivação de sobra para entrar em campo. O jogador só não sabe se este será seu último ano com a camisa do Botafogo.

"Meu último ano como jogador eu acho que não será, até porque eu tenho bastante motivação em jogar ainda. Enquanto eu estiver motivado, tiver forca para estar dentro de campo lutando pelo meu clube, eu vou continuar. Agora se esse vai ser meu último ano no Botafogo eu não sei. Tenho que deixar essa situação com o clube. Eu tenho contrato até o fim do ano e pretendo cumprir, se tiver a oportunidade de renovar eu faria sem problemas. Mas se for meu último ano no Botafogo eu fico feliz pelo que passei aqui, vim pra fazer história e o que vale é ser campeão. Graças a Deus eu fui campeão, e minha foto vai estar lá", concluiu.



Comentários
  • Avatar
    28/01/2011 13:34:12diego benicioMembro SRZD desde 18/03/2014

    horroroso

Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.