SRZD


01/02/2011 17h39

Paulo Vianna: 'Isso é inveja da oposição. Estão com medo da Mocidade ganhar o carnaval'
Isaac Ismar

A informação de que no último final de semana houve uma discussão séria entre Paulo Vianna, presidente da Mocidade, Cid Carvalho, carnavalesco, e Ricardo Simpatia, diretor de carnaval, com direito a agressões físicas, foi negada por Paulo ao SRZD-Carnavalesco. A notícia está na edição desta terça-feira (1° de fevereiro) da coluna de Ancelmo Góis, em "O Globo".

O dirigente admitiu que houve uma discussão entre os três, cujo assunto era o carnaval 2011 da verde-e-branca, mas que logo foi resolvido, sem agressões físicas. De acordo com ele, isso chegou aos veículos de comunicação porque a agremiação está causando inveja na concorrência.

- O nosso carnaval é para disputar o título. Então, começam a inventar coisas. No nosso meio tem gente fofoqueira e que gosta de aumentar as situações. Garanto a todos que não há clima ruim entre a diretoria e o carnavalesco. Infelizmente, as pessoas ficam com inveja. Nosso carnaval está praticamente pronto. Estou finalizando o último carro alegórico. As fantasias das alas de comunidade também estão finalizadas. Vamos disputar o título, com muitas surpresas na Sapucaí - afirmou Paulo Vianna.

O bate-boca entre Paulo, Ricardo e Cid Carvalho, de acordo com o próprio dirigente, aconteceu no último domingo, durante uma festa de destaques em um sítio de Jacarepaguá.

- Desde ontem à noite eu sabia que esta notinha seria publicada no jornal. O Cid e o Ricardo são meus amigos. Houve uma discussão normal de carnaval. Ontem jantamos juntos e ficamos conversando e rindo até 1h da madrugada. Nesta época do ano a adrenalina fica lá em cima, é muito estresse. És vezes, a gente fala muito e se arrepende em seguida - disse o dirigente.

Um atraso no pagamento das parcelas do patrocínio de R$3.600 milhões, bancado pela Confederação Nacional de Agricultura e Agropecuária (CNA), teria sido o motivo da discussão. Segundo Paulo, após uma recente conversa com a senadora Kátia Regina de Abreu (DEM-TO), o entrave foi solucionado.

- Houve um problema com o patrocínio, mas a senadora está cumprindo com a palavra. O atraso aconteceu, mas a ajuda está sendo paga. Ela disse ainda que vai tentar conseguir mais verba para o nosso desfile - divertiu-se Paulo.

Em tom de desabafo, ele prometeu que no próximo final de semana, no ensaio técnico da Mocidade em Padre Miguel, estará à frente do desfile abraçado com Cid Carvalho e Ricardo Simpatia.

- É para mostrar que estamos em paz e calar a boca dos invejosos.

Nesta terça-feira, de acordo com o dirigente, Cid Carvalho trabalha normalmente no barracão da agremiação. O artista prepara os últimos detalhes do enredo "A Parábola do Divino Semeador".


Veja mais sobre:Grupo Especial