SRZD


10/02/2011 21h41

Opinião: 'A dor da gente não sai no jornal'
Marilia Trindade Barboza

Se hoje começasse a chover torrencialmente sobre a cidade do Rio de Janeiro, eu desconfio que bem poderia ser o pranto dos poetas populares que se foram, mas, lá de cima, velam por sua gente e pela maior alegria que conseguem sentir durante o ano: desfilar suas escolas no carnaval, com cantos, dança, alegorias e passistas, adereços e baianas, a orquestra de percussionistas, aquele restinho de coisas que sobraram da mistura do canto das macumbas com o "gungunar' dos atabaques dos orixás, a que se deu o nome de samba.

Porque os jornais, escritos, falados, televisados e "tweetados", gritam, falam, mostram os efeitos do incêndio dos barracões da Portela, da União da Ilha e da Grande Rio na Cidade do Samba, mas a dor daquela gente, da costureira, do aderecista, do empurrador de carro, da lavadeira que por algumas horas vira baiana, ah, com certeza, a dor dessa gente nunca vai sair no jornal!!!

Imagino sobre as nuvens o manso soluçar de Paulo da Portela, o Paulo de todas as escolas, que organizou seu povo nos moldes do desfile dos ranchos, mas como não tinha recursos para adquirir fantasias ricas nem instrumentos de sopro e corda, mandou os ritmistas improvisarem tambores e cantarem um samba qualquer, de terreiro, enquanto ordenava: "Cada um vai como pode!" No entanto, o desfile deveria desenvolver um tema que as pessoas fossem compreendendo, enquanto o grupo desfilava: era o enredo.

Silas de Oliveira choraria mais alto, já meio de pileque, lembrando como percebeu que as escolas precisavam de algo especial, um libreto que narrasse o enredo apresentado, e criou o samba-enredo. Ah, meu santo, o pranto de Silas sairia no ritmo de "Aquarela Brasileira".

E Cartola, minha gente, que "refinou" a criação, junto com o parceiro-irmão Carlos Cachaça em jóias únicas, como "Vale do São Francisco, em 1948? Esses dois chorariam com o coro de Dona Zica e Dona Neuma, aos berros , perguntando "Como pode?"

Nelson Cavaquinho, que até vai ser enredo da Mangueira, e cuja voz parecia um sussurro de dor, estaria sofrendo muito com a possibilidade de o acidente atrapalhar seu carnaval. Sempre supersticioso... E Natal, esse eu nem sei o que dizer!

Ouvi o prefeito Eduardo Paes propondo nova forma de julgar, os presidentes das escolas feridas desesperados, os demais presidentes dispostos a apoiar, creio até que Roberto Carlos esteja pedindo a Jesus Cristo que nada respingue na sua Beija-Flor. Mas nem mesmo o Elmo, que já foi o meu amigo Rato do Tamborim e hoje ficou tão importante e sem samba na veia, duvido que ele imagine a dor do pai, Seu (meu!) Tinguinha, solidário com os atingidos, ou a do tio, Chico Porrão, duas personalidades que elegi como exemplo de amor e solidariedade. Meus amigos, nem o pessoal da LIESA, nem os espectadores do desfile sabem avaliar o alcance da tragédia acontecida para o coração das comunidades.

O Rio é uma cidade tão separatista, que gente da cidade nem desconfia que desfile é uma vez por ano e escola é todo dia. O povo que só vai a ensaio e desfile, enche a cara, paquera as mulatas e, no meio do papo, acha tudo folclórico, tudo cafona, diferentão. Cartola detestava isso. Escola é outra coisa, é a vida do componente, a fantasia vira colcha, cortina e camisa, depois da quarta-feira, como bem sabe Martinho da Vila.

Quem está sofrendo aqui embaixo é Dodô, a primeira porta-bandeira da Portela, com mais de 90 anos; é Surica, que alimenta as almas com seu feijão; é Dona Neném, em memória ao seu amado Manacéia; é Monarco; é Paulinho da Viola.

O povo da ilha pensa "Como será o amanhã?"

E o da Grande Rio talvez agora descubra que carnaval com gosto de verdade se faz com samba bom, canto e evolução, sem necessidade de trazer meio contingente de celebridades.

Meu povo, estou sofrendo, pedindo a pai Agenor que mande um axé para nós todos e tentando por a dor de vocês no jornal! Para ver os pedaços da cidade mais
colados e integrados. Em nome do samba!

(*) frase do samba "Notícia de Jornal", de Haroldo Barbosa e Luís Reis


Comentários
  • Avatar
    15/02/2011 20:45:24Luiz SampaioMembro SRZD desde 15/02/2011

    Salve Salve Excelente o artigo !!!! Uma pena o ocorrido com as três escola, e este, talvez seja o samba que descreve tudo que as pessoas, que realmente trabalham o ano inteiro, para que no carnaval seja possível que o desfile das escolas de samba alcance a dimensão que tem. * A grande paixão Que foi inspiração De um poeta é o enredo Que emociona a velha-guarda Lá na comissão de frente Como a diretoria Glória a quem trabalha o ano inteiro Em mutirão São escultores, são pintores, bordadeiras São carpinteiros, vidraceiros, costureiras Figurinista, desenhista e artesão Gente empenhada em construir a ilusão E que tem sonhos Como a velha baiana Que foi passista Brincou em ala (bis) Dizem quem foi Um grande amor de um mestre-sala O sambista é um artista E o nosso tom é o diretor de harmonia Os foliões são embalados Pelo pessoal da bateria Sonhos de reis, de pirata e jardineira Pra tudo se acabar na quarta-feira Mas a quaresma lá no morro é colorida Com fantasias já usadas na avenida Que são cortinas E são bandeiras Razões pra vida Tão real da quarta-feira * Samba Enredo 1984 - Pra Tudo Se Acabar Na Quarta-feira G.R.E.S Unidos de Vila Isabel (RJ) Composição: Martinho Da Vila

  • Avatar
    15/02/2011 18:22:56andrea terraMembro SRZD desde 15/02/2011

    Lindo artigo. Muito bem escrito.

  • Avatar
    15/02/2011 14:16:40daniela sanMembro SRZD desde 03/02/2011

    Julio POrtela, não tem pq achar q quero mal à sua escola, como eu disse eu tenho varios amigos portelenses mas eu quiz dizer que o ultimo carnaval da POrtela que fez jus a sua história foi o de 1995 e depois disso os desfiles foram sempre os mesmos ou seja, de uma forma que não condiz com o seu peso no mundo do samba. Disse também que acho q a escola é muito mal administrada por essa diretoria que está aí.. problemas financeiros eu sei que tem e não é a unica pois muitas tb têem... me desculpe se fui agressiva com a agremiação mas eu só coloquei meu ponto de vista... torço muito para que a portela faça um desfile emocionante e que na quarta feira de cinzas as pessoas comentem que ela deveria concorrer pois se concorresse poderia ganhar.. seria muito bom ouvir isso para levantar a auto estima da escola e dar mais moral para que em 2012 diversos patrocionios invistam na escola para que a portela volte a conquistar títulos. Grande abraço! SAUDAÃ?Ã?ES TIJUCANAS!

  • Avatar
    11/02/2011 23:55:20jorge lopesMembro SRZD desde 30/04/2009

    Não encontro no belo texto, uma menção sequer ao incêndio da Alegria da Zona Sul, com prejuízos de R$250.000,00, ou seja: quase 34% do que o Prefeito afirmou que dará à Portela e à Ilha, no valor de R$750,000,00, que também sofreram com incêndio em seus barracões. Para a Grande Rio, escola do Município de Duque de Caxias, o nosso Prefeito garantiu dar R$1.500.000,00. Como se vê quantias vultosas, diante do prejuízo da Alegria da Zona Sul. Pergunta-se: Sr Prefeito, porque o senhor, sabendo que os sinistros são idênticos, não dá tratamento isonômico à Alegria da Zona Sul, escola da nossa cidade e que, para por o Carnaval na Avenida, tem, em qualquer situação, muito mais difÍculdades do que as outras três, que recebem subvenções altíssimas?

  • Avatar
    11/02/2011 17:23:06sandro carvalho dos santosMembro SRZD desde 23/11/2010

    O fogo acendeu a chama do meu lamento, tormento, desilusão! Nem pude acreditar em tudo o que os meus olhos viam... Ah! Minha Ilha, meus olhos derramaram uma eternidade de lágrimas ao ver seu pranto...Sua chama que dessa vez nao era de alegria me fe chorar e meu coracao se fez em pedaços. Como o ar que eu respiro, a sua bandeira tricolor me faz acreditar do dia em que a tristeza não podia chegar...e por você eu sou capaz de tudo... Com fantasia ou sem fantasia, tu és a minha fantasia mais perfeita, meu delírio, minha vida, minha escola e meu amor. Acredito na capacidade e na garra desse chão, acredito na história dessa comunidade. Sei que é sofrido, mas quando estou vestido com seu manto a dor vai embora, minha vida se transforma e mais uma vez vamos mostrar na Avenida o nosso sangue, o nosso suor e a nossa lagrima. Obrigado escola do meu coração, por tanta emoção!

  • Avatar
    11/02/2011 16:36:28dr kuikaMembro SRZD desde 07/04/2009

    Se hoje começasse a chover torrencialmente sobre a cidade do Rio de Janeiro, Imagino sobre as nuvens o manso soluçar de todos os sambistas deste estado. pois, tenho certeza que independente do coração de cada um (mangueira, Imperatriz, vila, salgueiro, mocidade...) estaríamos muito preocupados com os carros alegóricos de nossas co-irmãs (Portela e Ilha), mais ainda com nossos olhos marejados de lacrima lamentamos pela grande-rio, mais no desfile será? que nossas co-irmãs afetadas pelo destino mesmo que desfilem de chinelos ou ate descalças não serão mais aplaudidas!!! A comoção popular em relação ao desfile pode ate causar problemas com quem esta disputando carnaval. Os componentes vão desfilar com maior alegria sem compromisso dos pontos, comprometidos só com alegria de desfilar, vão levantar a avenida, quem vem depois que pode acontecer? a arquibanda estupefata pelo cansaço e pela emoção irá sentar e ver o desfile sem aplaudir ou cantar ao menos o refrão. Então amigos reflitam este carnaval e especial muito especial, nunca teremos outro igual a este â??SALVE O CARNAVALâ?

  • Avatar
    11/02/2011 16:27:57Julio PortelaMembro SRZD desde 11/02/2010

    Daniela San, obrigado pelas palavras de agressão, espero que a sua escola nunca passe por isso !!!!!!!

  • Avatar
    11/02/2011 15:11:35ROBERTOMembro SRZD desde 11/02/2011

    QUERER COMPARAR MANGUEIRA,HISTORIA COM GRANDE RIO E BEIJA-FLÃ?R E A MESMA COISA QUE QUERER COMPARAR LULA COM JUSCELINO KUBITSCHEK E GETULIO VARGAS,Ã? COVARDIA!!!!!!!!

  • Avatar
    11/02/2011 14:16:00ÁgataMembro SRZD desde 11/02/2011

    Oii genteee !!! Bom o texto é belissimooo ... Porém foi como o nosso presidente dissee :- Queimou-se tudo menos a vontade de ser campeã!! Em relaçãoo aa escolhinhaaa, por favor gente é só procurar aa secretaria da escolaa, pois eu não tenho informçoes a dar , pq eu não faço mais parte da escolinhaa, entãoo euu too por foraaa , de horarios, qunado voltam as aulas, ok?!! Obrigada !

  • Avatar
    11/02/2011 14:15:46fabiano santosMembro SRZD desde 24/05/2010

    A mídia oculta tudo. São os causadores de confusão. Tomando como causa os incêndios nos barracões, eles ocultaram o que o presidente Helinho fez em 2004 quando a Grande rio fez o enredo "Vamos vestir a camisinha meu amor...", passando o carnaval, apos a Grande rio não ter atingido uma colocação máxima no Grupo Especial, todas as alegorias do Joãozinho Trinta foram queimadas ... passaram sete ano, no dia sete de fevereiro, as sete horas a vida trouxe o retorno.... Mas um fato oculto do carnaval...

  • Avatar
    11/02/2011 13:44:46francisco roberto da silvaMembro SRZD desde 27/10/2009

    belissimo texto , parabens, só esqueceu nosso aroldo melodia que tambem deve estar triste la no céu

  • Avatar
    11/02/2011 13:44:24Julio PortelaMembro SRZD desde 11/02/2010

    Essa não é hora de malhar a escola alheia, confesso que eu mesmo já discuti, nesse espaço com torcedores da BF, mas a instituição de Nilópolis merece o meu respeito, nós portelenses, torcedores da Grande Rio e da UNião da Ilha estamos todos muito tristes com o que aconteceu, mas iremos superar !!!!!!

  • Avatar
    11/02/2011 13:43:14André Luiz Coelho PinheiroMembro SRZD desde 22/06/2009

    Roberto, todo respeito à Mangueira. Total mesmo. Mas celebridades não a invadem? Quanto foi mesmo que o Belo pagou pra sua digníssima ser rainha de bateria?

  • Avatar
    11/02/2011 13:40:01JEFFERSON GRANDE RIOMembro SRZD desde 09/02/2011

    MUITO OBRIGADO THIAGO PELAS INFORMAÃ?Ã?ES, DEVO APARECER NA QUADRA HJ OU SEMANA QUE VEM, MAIS DIA 20 NA MARQUES ESTOU LAH TORCENDO PELA NOSSA ESCOLA, VOU PASSAR NA CONCENTRAÃ?Ã?O PRA TE DAR UM ALÃ? ABRAÃ?O!

  • Avatar
    11/02/2011 13:35:32Thiago SouzaMembro SRZD desde 03/11/2009

    Roberto vc esqueçeu de Preta Gil, Graciane Barboza, Renata Santos (Essa então é Mangueira desde pequinininha) enfim atirar pedra no telhado dos outros é mole, mas esqueçemos que o nosso é de vidro!!!! Bom que Mangueira é tudo isso que vc citou, niguém é louco de discorda, mas enfim vc falar de humildade? ñ esqueça que "tudo isso" é a mangueira e ñ vc!!!! e como diria a Vila 2011 "Respeite a coroa de meu pavilhão" e é só...

Comentar