SRZD


15/02/2011 21h46

Vai na ginga de Gilsinho, que é tudo nosso
Vicente Almeida

Ele apareceu para o carnaval defendendo samba em São Paulo. De cara assumiu o microfone da Vai-Vai, uma das mais tradicionais escolas de samba do carnaval paulistano, na época com mais de 70 anos de desfile. No primeiro ano como intérprete oficial, mostrou que é pé quente, e conquistou o décimo segundo título da preto e branca do Bexiga. Depois de passar por Barroca da Zona sul e Unidos de Vila Maria, o carioca Gilsinho assumiu o microfone principal da Portela, mostrando que comandar o canto de escolas tradicionais é algo que está em seu destino.

O segundo capítulo da série com os intérpretes do Grupo Especial, produzida pelo SRZD-Carnavalesco, traz o portelense que conquistou toda a comunidade de Oswaldo Cruz e Madureira. Neto de sambistas e criado no subúrbio carioca, o cantor escolheu o samba de 2008 da Águia de Madureira como o marco na sua carreira. Naquele ano o cantor estava conhecendo a mulher que, mais tarde, se tornou sua esposa e para completar sua felicidade a Portela voltou para o sábado das campeãs depois de exatos dez anos afastada.

Quem pensa que Gilsinho caiu de pára-quedas no carnaval carioca se engana. Músico dos bons e dono de um dom apurado, o número um da Portela mostrou bom gosto ao escolher o samba que gostaria de ter defendido na avenida. Torcedor da escola, o intérprete se emocionou ao cantar "Das maravilhas do mar, fez-se o esplendor de uma noite",  do desfile portelense de 1981.


Veja mais sobre:Grupo Especial

Comentários
  • Avatar
    18/02/2011 16:14:07marcoAnônimo

    Grande intérprete,bom músico e o mais importante,não usa máscara!!!Vai na ginga garoto q seu futuro é promissor,é só continuar assim,cantando maravilhosamente bem e HUMILDE!!!(ISSO NÃ?O FAZ MAL A NINGUÃ?M, APESAR DE PARECER)!!!

  • Avatar
    18/02/2011 03:52:51Rafael PínahMembro SRZD desde 25/11/2009

    O Gilsinho toca cavaquinho melhor do que muita gente que se diz cavaquinista. Quanto a parte vocal, elogiar é chover no molhado. Tem afinação, boa dicção e um belo timbre. Grande cantor!

  • Avatar
    16/02/2011 17:26:01Paulo peixotoMembro SRZD desde 15/11/2010

    canta muito bem a Portela tá muito bem servida em relação aos sambas que cantou o de 1981, da banho no outro.

  • Avatar
    16/02/2011 14:55:44daniela sanMembro SRZD desde 03/02/2011

    grande intérprete, e grande musico!! parabéns Gilsinho!!

  • Avatar
    16/02/2011 12:28:09GLORIOSOMembro SRZD desde 12/04/2009

    Quanto ao Gilsinho...é mais um presente dos Deuses do carnaval. Canta,interpreta e não grita. Parabéns a Portela pelo excelênte intérprete.

  • Avatar
    16/02/2011 12:22:37GLORIOSOMembro SRZD desde 12/04/2009

    Com todo o respeito,também acho que a tragetória e o histórico dos intérpretes nas matérias estão sendo pouco exploradas,se for proposital do site devemos respeitar,mas acho que deveriam passar um pouquinho mais de informações. De qualquer maneira,obrigado pelas matérias.

  • Avatar
    16/02/2011 10:39:45JULIO CESARMembro SRZD desde 04/08/2009

    SOU MEIO SUSPEITO PRA FALAR DO GILSINHO, POIS ACOMPANHO ELE NO CARRO DE SOM DA PORTELA, NA MINHA OPINIÃ?O, Ã? O MELHOR NO CARNAVAL CARIOCA NO MOMENTO, VEREMOS COM CERTEZA UM GRANDE SHOW DO GILSINHO NO DOMINGO DE CARNAVAL, ELE TA SUPER PREPARADO PRA ARREBENTAR, PODE TER CERTEZA. AÍ GILSINHO, PRA MIM O ESTANDARTE Ã? SEU MEU PARCEIRO!!!! BOA SORTE PRA NÃ?S.

  • Avatar
    16/02/2011 00:17:17Alsan MatosMembro SRZD desde 08/04/2009

    Já ouvi falar por aí, mas esqueci. Alguém pode me dizer de quem o Gilsinho é neto? Eu também queria saber porque ele só despontou em Sampa, e o porquê do samba carioca não ter lhe dado o devido valor no começo da carreira. Queria também saber se ele foi segunda voz aqui no Rio antes de defender a Vai-Vai. Enfim, queria saber mais detalhes da carreira dele antes da Portela. // Aproveitando minhas dúvidas pra dar uma sugestão ao staff do "Carnavalesco": que tal fazer entrevistas com os interpretes em atividade e também os que ficaram pela história, levantando a carreira deles, onde eles surgiram, qual a ligação familiar deles com o samba, quem que introduziu eles nesse metiê, por onde passaram, causos que eles viveram, etc..

Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.