SRZD


04/02/2008 09h49

Salgueiro se credencia ao título
Alberto João, Isaac Ismar, Rafael Ribeiro, Vicente Almeida e Vladimir Nascimento

Pelo menos duas escolas do Grupo Especial fizeram desfiles na noite deste domingo, com suas particularidades, que as credenciam tentar disputar as primeiras colocações: Salgueiro e Viradouro. Nem a chuva, que ia e voltava, ofuscou a festa. As seis agremiações que desfilaram neste domingo não tiveram problemas com cronometragem.

Primeira a entrar na Sapucaí, a São Clemente despertou o público com uma comissão de frente divertidíssima. A transformista Rogéria e os integrantes do grupo responsável pela abertura do desfile conseguiram prender a atenção da platéia ao representarem o momento de loucura de Dona Maria. As fantasias da escola estavam bonitas, mas a qualidade delas oscilava em algumas alas. O canto dos componentes foi outro ponto positivo. Algumas alegorias apresentaram problemas de acabamento. Ainda assim, a escola de Botafogo fez um dos melhores desfiles de sua história.

Não faltaram bambus, gueixas e palhas no desfile da Porto da Pedra. Faz sentido, já que o enredo era sobre o centenário da imigração japonesa. A colônia nipônica compareceu no carnaval da Vermelha e Branca, tanto nas alegorias como em algumas alas. O elogiado samba-enredo foi bem defendido pelo intérprete Luizinho Andanças, que juntamente com a bateria, foram os destaques da escola de São Gonçalo. O casal de mestre-sala e porta-bandeira Róbson e Ana Paula também se destacou. No entanto, a comissão de frente não empolgou. Mestre Louro, diretor de bateria, passou mal no início do desfile, mas se recuperou e conseguiu comandar os ritmistas nas duas últimas cabines.

Melhor desfile da noite, o Salgueiro trouxe uma comissão de frente que conseguiu prender a atenção do público. O conjunto de fantasia também foi destaque, bem luxuoso. Alguns carros tinham forte impacto visual, como o que simbolizou a invasão francesa e o carnaval antigo, todo em vermelho e branco. O uso de néon foi resgatado pelo carnavalesco Renato Lage, que ficou famoso pelo estilo high-tech na Mocidade. A escola teve uma bola evolução e o samba-enredo rendeu o esperado. A bateria também conseguiu se destacar positivamente. A escola tijucana, aparentemente, não apresentou muitos erros.

A Portela veio em seguida. A bateria, como já era esperado, levantou a platéia. As coreografias e paradinhas encantaram o público, além do suíngue dos ritmistas de Madureira. O samba também ajudou a Azul e branca, sendo bem cantado pelos componentes. A comissão de frente, no entanto, teve seu brilho ofuscado pela fantasia, sem efeito. O casal de mestre-sala e porta-bandeira Diego e Alessandra teve problemas por causa da chuva. A plumas da saia da fantasia da porta-bandeira ficaram pesadas por conta da água. Durante o desfile, um diretor precisou cortar parte da roupa para aliviar o peso. Ainda assim era possível perceber a dificuldade de Alessandra ao evoluir. A bandeira também estava em uma posição mais baixa do que o normal. As fantasias tiveram altos e baixos, assim como as alegorias. Destaque para o carro em que um bebê girava, ora saudável, ora desnutrido.

A Mangueira foi a quinta a desfilar. O primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira Marquinhos e Geovanna foi muito bem. A fantasia era belíssima. A bateria não comprometeu e fez uma apresentação bem tradicional. As fantasias estavam luxuosas, ao estilo do carnavalesco Max Lopes. Porém, as alegorias poderiam ter um impacto maior. Foram percebidos problemas nos refletores de algumas alegorias. O último carro teve dificuldade para entrar na Sapucaí, gerando um grande buraco.

E para finalizar a noite, a Viradouro tentou arrepiar o Sambódromo. O desfile parecia uma grande peça de teatro, com o público esperando algo a mais a cada carro e setor. Mesmo sem um bom acabamento em boa parte dos carros alegóricos e problemas causados pela chuva, as alegorias tinham impacto visual. O abre-alas era um exemplo disso. Cerca de 26 toneladas de gelo triturado foi usado na pista de esqui montada pela Vermelha e Branca na alegoria de abertura. O gelo usado pela comissão de frente deixou a pista ainda mais molhada e escorregadia para o primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira Raphael e Simone, que desfilou logo em seguida. Ao longo do desfile foram percebidos alguns problemas na evolução da escola. Algumas fantasias causaram impacto, como as aranhas, lagartos, pingüins e as baratas, porém, as roupas de certas alas deixaram a desejar. A chuva antes do desfile também atrapalhou. A escultura do imenso bebê estava com parte da espuma à mostra no final da apresentação. E a alegoria 'O banqueteâ?, na qual componentes vestidos de baratas interagiam, tinha suas laterais bem danificadas. Mesmo com os problemas, a Viradouro levou para a Sapucaí, que havia proposto: as sensações de arrepio.

Nesta segunda, a partir das 21h, começa o segundo dia de desfiles do Grupo Especial. A Mocidade fará a abertura. Você poderá acompanhá-la em tempo real. No final da apresentação de cada uma das agremiações, será publicada a análise do desfile.


Comentários
  • Avatar
    05/02/2008 14:14:14SantosMembro SRZD desde 07/04/2009

    Realmente o Salgueiro foi o melhor da noite, seguido de Mangueira e Viradouro. Eu ñ gostei do desfile da Viradouro, isso pois pra mim aquilo ñ é desfile de escola de samba. Agora ela ñ foi a única que saiu aos

  • Avatar
    05/02/2008 09:30:04admilsonMembro SRZD desde 07/04/2009

    Me perdoe, mas as pessoas que ficam em alguns setores da Marques de Sapuicai, não ente

  • Avatar
    04/02/2008 18:53:47CESARMembro SRZD desde 27/07/2009

    SÃ? ME RESPONDEM PORQUE ELA FOI OVACIONADA PELO POVO DESDE A ENTRADA COMO NO FINAL DO DESFILE,Ã? CAMPEÃ? , Ã? CAMPEÃ?, Ã? CAMPEÃ?.ACHO VCS TODOS RECALCADOS.

  • Avatar
    04/02/2008 18:51:51CESARMembro SRZD desde 27/07/2009

    POIS

  • Avatar
    04/02/2008 18:49:13CESARMembro SRZD desde 27/07/2009

    GENTE VCS ESTÃ?O FALANDO TÃ?O MAL DA VIRADOURO,E PORQUE ELA FOI A Ã?NICA A SER OVACIONADA PELO PUBLICO DE Ã? CAMPEÃ? QUANDO ENTROU E NO T´´ERMINO DO DESFILE, ALGUÃ?M PODE ME RESPONDER ISSO?

  • Avatar
    04/02/2008 17:32:19ChucaMembro SRZD desde 25/01/2010

    Nunca tinha assistido a um desfile de escola de samba tão deprimente como o da Viradouro. Horrível e de péssimo mau gosto. Tomara que desça!!!

  • Avatar
    04/02/2008 17:02:23PauloMembro SRZD desde 07/04/2009

    A águia ainda foi a que menos erros cometeu e é a única escola de domingo que merece voltar no desfile das campeãs. As outras precisam torcer pelos erros das seis escolas de hoje.

  • Avatar
    04/02/2008 17:01:22PauloMembro SRZD desde 07/04/2009

    Uma noite catastrófica na Sapucaí. Conseguiu a proeza de ser pior que a noite de domingo do ano passado. Nenhuma escola empolgou. Salgueiro nitidament

  • Avatar
    04/02/2008 16:54:27MarceloAnônimo

    PORTELA FOI A GRANDE SURPRESA, VISUAL LINDO E CANTANDO MUITO, AGORA AS FALHAS QUEM VIU PELA TV , NAUM NOTOU. VIRADOURO, QUERENDO OU NÃ?O FEZ BONITO.

  • Avatar
    04/02/2008 16:02:20E CARNAVALMembro SRZD desde 22/10/2011

    AH, DEVO ADMITIR QUE A PORTELA MUITO ME SURPREENDEU COM SUA PLASTICA, UMA AGRADAVEL SURPRESA PARA O DOMINGO!!!

  • Avatar
    04/02/2008 15:43:37E CARNAVALMembro SRZD desde 22/10/2011

    GOSTARIA DE ENTENDER ESSA EXALTAÃ?Ã?O A VIRADOURO! NADA CONTRA A ESCOLA, ALIAS, A ADMIRO MUITO, MAS VAMOS SER JUSTO, A ESCOLA NAO FOI BEM, ESTAVA LÁ E PUDE VER UMA ESCOLA CORRENDO DO MEIO DO D

  • Avatar
    04/02/2008 15:41:31Teozinho PMAnônimo

    Desfilei pela Portela e tenho que admitir que a escola entrou muito fria na Sapucaí, t

  • Avatar
    04/02/2008 15:36:03Rosette SalesAnônimo

    Paulo Barros, vc não é mais novidade nem surpr

  • Avatar
    04/02/2008 15:26:11Dalva EstianoAnônimo

    Eu assisti aos desfiles do seto 3 e relmente a Viradouro me arrepiou, não de emoção, mas de susto. O que aconteceu com o PB q fez desfiles maravilhosos na Tijuca e colo

  • Avatar
    04/02/2008 15:18:36Layla CristinaAnônimo

    Eu sou Portelense de coração, fui assistir ao vivo do setor 7 a minha escola: Linda, como não se via há muito. Mas tenho que reconhecer o mérito do Salgueiro pq sou justa. A minha Águi teve pontos preciosos perdidos na harmoni

Comentar