SRZD



Valdeci

Valdeci

POLÍTICA. Jornalista da área de política com atuação em jornais, rádios, assessorias de imprensa e produção de TV. Já trabalhou para "O Popular", de Goiânia, e para "Correio Braziliense", "Jornal de Brasília" e "JB". Foi repórter de rádios como "CBN", "BandNews FM" e "Jovem Pan", em Brasília, e noticiarista das rádios "Araguaia FM", "Executiva FM", "Anhaguera AM" e "Terra FM", de Goiânia.

* Os textos desta seção não representam necessariamente a opinião deste veículo e são de responsabilidade exclusiva de seu autor.



01/03/2011 17h07

Chegou uma das contas da eleição de Dilma Rousseff
Valdeci Rodrigues


No mundo político, além do loteamento de cargos, outro assunto domina as conversas: os cortes do orçamento geral da União.

Serão R$ 50 bilhões para... conter a inflação.

Como Dilma foi eleita por Lula, não pode nem chiar.

A gastança desenfreada do governo petista para eleger a companheira requer agora aperto no cinto.

Também, é bom que se diga, porque as despesas são sempre incontroláveis independentemente de eleição ou não.

Há políticos emburrados por todos os lados, inclusive aliados do governo, por conta de cortes nas emendas parlamentares.

Até os "concurseiros", aquela turma imensa que sonha "trabalhar" no serviço público, estão irritadíssimos.

O Ministério do Planejamento anunciou que concursos agora só em 2012, exceto para casos emergenciais.

A inflação ronda o País.

Ninguém explica direito que a situação é resultado dos desmandos na administração pública, em todas as esferas, com epicentro, claro, em Brasília.

Gasta-se mais do que arrecada, sempre.

Gasta-se em excesso, rouba-se muito, desperdiça-se desregradamente. E por aí, vai.

Desse jeito, não adianta ter a maior carga de impostos do mundo: sempre faltará dinheiro para essa farra oceânica com o dinheiro do contribuinte.

Nunca é demais repetir: inclusive com ministérios em demasia --- são 37 ---, apenas e tão-somente para dar emprego a políticos e apaniguados.






Comentários
  • Avatar
    11/03/2011 15:54:37anderson barbieri de barrosAnônimo

    prezado valdeci. sinto-me extremamente ofendido pelas aspas que colocaste em "trabalhar", referindo-se ao servidor público. sou professor há 8 anos no IFMT (se não sabe o que é procura), fico muito triste ao ver comparações levianas e mal-zelozas de pessoas como você: sempre generalizando o servidor. Acordo, de segunda a sexta, às 5:50h para pegar o onibus que vai para minha escola, chegando lá vou até até a sala de aula, converso com meus alunos (nessas horas sou pai, professor, amigo, confidente). Como meu curso é técnico em agropecuária, minhas aulas são à campo com sole chuva, não em uma salinha com ar-condicionado (como esta que estás lendo este comentário). Almoço e caio na labuta novamente. Fica aqui um convite: antes de escrever tamanha ofensa e "palhaçada", venha nos fazer uma visita! obrigado. anderson barbieri, professor.

Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.