SRZD


09/03/2011 05h44

Grupo B: União de Jacarepaguá conta a feijoada mas não dá água na boca
Rafaella Javoski

Foto: DivulgaçãoA União de Jacarepaguá optou por um enredo bastante popular para brigar pelo título do grupo B. Décima escola a passar pela Marquês de Sapucaí na madrugada desta quarta-feira, a verde e branca trouxe para a avenida o enredo "Feijoada: mistura e tempero, da cor do samba, sabor brasileiro", mas decepcionou. Os destaques positivos foram as fantasias da ala das baianas, uma das mais bonitas da noite, e a Velha Guarda, muito elegante com as senhoras vestidas com um tecido dourado.
 
A bateria também não fez feio. Fantasiados de cozinheiros ele fizeram paradinhas com direito a coreografia. Na terceira cabine de jurados os ritmistas se abaixaram e arrancaram aplausos do público nas frisas.
 
A comissão de frente foi bem a fundo no passado da feijoada e trouxe índios para a avenida. Os dançarinos mostraram estavam bem vestidos e mostraram entrosamento principalmente quando a única mulher do grupo foi jogada para o alto e segurada por eles. O público aplaudiu a apresentação.
 
Vestidos com lindas fantasias nas cores da escola, o casal de mestre-sala e porta-bandeira teve um pequeno deslize na primeira cabine. em certo momento ela reverenciou os jurados, mas ele continuou sambando. Os dois tinham a sua volta guardiães vestidas de princesa e um príncipe. No segundo módulo eles se apresentaram sem problemas.
 
No abre-alas alguns componentes precisavam de uma dose de ânimo. Além de não cantarem o samba, o sorriso estava escondido. Além disso, uma das destaques estavam sem o acessório da cabeça. Um grande espaço se formou na frente da alegoria na primeira cabine, o que chegou a gerar certo nervosismo nos diretores.
 
No segundo carro, que trazia a escultura de um mestre cuca, havia problemas de acabamento e tecidos rasgados. No alto casais faziam passos de dança de salão. A terceira alegoria trazia uma grande panela. Simples, não impressionou na avenida.
 
A última alegoria tinha uma escultura de tia Surica, integrante da Velha Guarda da Portela que faz uma das mais famosas feijoadas do Rio de Janeiro. As cores da União de Jacarepaguá se uniram ao azul caractertístico da escola de Madureira para homenagea-la, mas poderia ter sido mais caprichado.
 
Aos 51 minutos a agremiação encerrou o seu desfile, que teve algumas alas de difícil compreensão, apesar do enredo fácil. A União deve ficar longe da disputa pelo título.


Veja mais sobre:Grupo de Acesso B

Comentários
  • Avatar
    12/03/2011 13:30:52robsonAnônimo

    BOA TARDE A TODOS,FALAR DO SAMBA ANTES DA ABERTURA DOS ENVELOPES Ã? MOLE QUERO VER FALAR AGORA POIS APÃ?S O DESCARTE O SAMBA SÃ? PERDEU TR1Ã?S DÃ?CIMOS E FOI UM DOS MELHORES RESULTADOS DOS Ã?LTIMOS 6 ANOS POR ISSO QUE SÃ? PODEMOS JULGAR O SAMBA DOS OUTROS APÃ?S A ABERTURA DOS ENVELOPES NA QUARTA-FEIRA DE CINZAS. UM ABRAÃ?O.

  • Avatar
    11/03/2011 10:29:32NeryAnônimo

    Mestre Sala e Porta Bandeira só tiraram 10 !! ficamos com uma boa colocação! união, ano que vem, campeã do grupo de acesso B, escreve ,copia oque eu to falando. bjs.

  • Avatar
    09/03/2011 07:14:08Everaldo GuilehrmeAnônimo

    com um samba ruim não teve animo os disfilante para cantar, quando se ganhace o samba do Luis Paulo com certeza o desfilei seria melhor.

Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.