SRZD


05/04/2011 09h57

Com muitos erros, Botafogo conta com o 'Super-Choque' e o requisitado Somália

Foto: Agência PhotocâmeraTécnico do Botafogo, Caio Jr., demonstra dificuldade em obter um bom time para a reta final do Carioca, para a Copa do Brasil e início do Brasileirão. Há uma semana no alvinegro, o técnico lida, principalmente, com a insegurança quanto à defesa alvinegra. Apesar dos percalços, dois nomes estão sendo bastante comentados no clube: o recém chegado Cortês e o veterano Somália.

Somália não tem agradado aos torcedores do Botafogo, entretanto, quando mudado de posição no jogo do último domingo, contra o Resende (saiu de volante para lateral-esquerdo), deixou de ser vaiado e chegou a ser aplaudido por aqueles que o julgavam. Para Somália, isso é reação normal de torcedor.

"Todo torcedor quer ver seu time jogar e vencer, mas também quer se convencer de que ele está apto para entrar em campo e conquistar a vitória. Mas as vaias não ajudam em nada, não dão motivação. O apoio sim, traz confiança para realizar um bom trabalho."

Já a nova contratação do Botafogo, Cortês (ex-Nova Iguaçu), está sendo comparado ao desenho "Super-Choque", um herói dos desenhos animados, por conta de seu cabelo, mas Cortês não se importa com a comparação. Quanto ao Botafogo, o lateral-esquerdo - que assinou com o clube até dezembro deste ano - disse que vai apoiar o time no ataque, mas espera o esquema técnico de Caio Jr.

"Eu posso ajudar muito dentro de campo, desde o ataque até a marcação. Eu me garanto nestes ofícios."



Comentários
Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.