SRZD


18/04/2011 13h09

Robôs detectam nível alto de radiação em reatores da usina de Fukushima
Redação SRZD

Foto: Reprodução de TVA operadora da usina nuclear de Fukushima Daiichi,  enviou robôs ao interior dos prédios afetados pelo tsunami do último dia 11 de março.  

O resultado divulgado nesta segunda-feira indicou que o ambiente é nocivo para os trabalhadores, já que o nível de radiação ainda é bastante elevado. 

Os resultados foram coletados nos reatores 1 e 3, e não alteram os planos da Tepco, de estabilizar o complexo até o fim deste ano, conforme divulgando anteriormente. Esta foi a primeira vez que robôs foram mandados para o local depois do desastre que atingiu a costa nordeste do Japão. 

As máquinas utilizadas são feitas na iRobot Corp, uma empresa de Massachussetts, nos Estados Unidos. Os robôs são chamados de PackBot, e medem os níveis de radiação, as temperaturas e outros dados no interior dos reatores. Uma versão deles foi utilizada nas operações feitas após o atentado de 11 de setembro, em 2001, nos EUA. 

A Tepco informou que os robôs foram usados apenas agora porque as equipes levaram algumas semanas até que pudessem aprender a operá-los.

 



Comentários
Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.