SRZD


13/05/2011 15h29

Miley Cyrus convoca coletiva de imprensa para falar de amenidades
Leonardo Torres

Foto: Leonardo Torres

Miley Cyrus convocou uma coletiva de imprensa no Copacabana Palace, no Rio de Janeiro, com menos de 24 horas antes de ela acontecer. Mas a cantora pode: é o assunto da semana. Na manhã desta sexta-feira, estavam todos lá: fotógrafos e jornalistas de todos os cantos do país. Miley apareceu e falou sobre amenidades, com cara de quem não queria estar ali. No fim de exatos 15 minutos e 37 segundos de conversa, a assessoria tentou consertar. "Ela fala como uma garota de 18 anos, que é o que ela é".  Mas já era tarde: a imprensa estava decepcionada.

- Fã conheceu a cantora e também se decepcionou
- Vídeo: cantora aparece na sacada e acena para fãs
- Miley causa tumulto no aeroporto

- Saiba como é o novo show dela

A cantora, que se apresenta no Rio de Janeiro na noite desta sexta e em São Paulo no sábado, não falou nada relevante e deu respostas monossilábicas. Você vai cantar alguma música brasileira no show? "Não, só falo inglês". Você conhece o samba? "Minha mãe tem um vídeo de exercícios chamado 'Samba'. Se vocês quiserem, ela pode demonstrar". O que você mais gostou do Rio? "Foi a primeira vez que tive alguns dias de folga e foi muito legal poder ir a praia". Qual a maior loucura que um fã já falou para você no Twitter? "Que se eu não o respondesse, ele ia matar o gato dele. Fiquei triste. Não sou uma matadora de gatos", brincou.

No mais, ela falou o que todo mundo já sabe: que gosta de atuar e cantar; de fazer compras (principalmente sapatos); que é fã de Joan Jett; que brinca com o irmão de tirar fotos fingindo ter bigode; que quer voltar ao Brasil para conhecer mais lugares; que não tem planos para voltar a TV e; que os fãs latinos são muito loucos. "Eu adoro meus fãs americanos, mas eu nunca tive pessoas dormindo do lado de fora do meu hotel por dois dias seguidos gritando tão alto", disse.

Foto: Leonardo Torres

Temas desagradáveis como a sálvia, os paparazzi, a briga com o pai, a tristeza que ela diz sentir no Twitter, a saudade dos Estados Unidos, namoro e seu esquema de segurança ficaram de fora da pauta. As perguntas dos jornalistas foram recolhidas antes da coletiva começar para serem pré-aprovadas. A maioria foi censurada. Durante a entrevista, ninguém podia abrir a boca. Só a intérprete. Assim foi o combinado: perguntas e respostas blasé.

Mas Miley ainda está no início de sua turnê. Do Brasil, ela segue para outros países da América Latina e depois para a Austrália. Até o fim, quem sabe ela não solta algo verdadeiramente interessante? Por enquanto, é isso. "Vou tirar uma semana de férias e começar a trabalhar em outro álbum. Se eu fico em casa, deixo a minha família maluca", disse.


Veja mais sobre:Miley CyrusMúsica

Comentários
  • Avatar
    13/05/2011 19:02:58Márcio AlexMembro SRZD desde 08/07/2011

    Parafrasiando Nélson Rodrigues, o brasileiro e seu eterno "espírito de vira latas". Enquanto os norte americamos chegam em nosso território cheios de mandos e desmandos, os brasileiros abaixam suas cabeças e os obedecem de olhos fechados. Lamentável!!!

Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.