SRZD


16/05/2011 13h06

Rio lança campanha de R$ 4 mi contra homofobia
Redação SRZD

Foto: DivulgaçãoA campanha "Rio Sem Homofobia" é lançada nesta segunda-feira pelo governador Sérgio Cabral e pelo superintendente de Direitos Individuais Coletivos e Difusos, Cláudio Nascimento.

O projeto será veiculado em jornais, revistas, comercial de TV, rádio, mobiliário urbano, além da logo da campanha estampar barracas de praia e até chinelos de dedo.

Com uma verba de R$ 4 milhões, a campanha conta com uma publicidade intensa, e pode ser vista nas ruas a partir da próxima terça-feira, data em que se comemora o Dia Mundial de Combate à Homofobia, desde 1993. Este ano, cerca de 102 países irão aderir à data comemorativa, inclusive o Brasil, no qual será marcada pela luta do movimento GLBT (Gays, lésbicas, bissexuais e transexuais).

De acordo com Cláudio, agora a luta é fazer com o que o Congresso Nacional aprove a lei que considera crime qualquer ato de homofobia. "Um passo importantíssimo que nós demos foi a aprovação, no Supremo Tribunal Federal, da legalização da união civil de pessoas do mesmo sexo. A próxima etapa é fazer com que o Congresso saia da letargia, da sua covardia em relação a esse debate. É preciso ter uma legislação que torne crime a a prática da homofobia".





Comentários
  • Avatar
    05/06/2011 15:20:39Léa MoraesAnônimo

    Minha pergunta é: Onde podemos realmente reclamar e sermos ouvidos? Como pode um homem, por ter sido eleito governador do Estado, por nós mesmos, apoiar esta campanha e ninguém faz nada para detê-lo? Pelo amor de Deus, cadê os direitos humanos? Cadê a solidariedade? Cadê o amor? Já esquecemos nossos irmãos que perderam tudo na região serrana? Agora, dizendo que é uma jogada política, Sérgio Cabral manda prender os militares do Corpo de Bombeiros. Por algum acaso, por este salário, ele vai socorrer alguém, combater incêndios? Que tal fazer uma troca? Dúvido que ele aceite. Vai dizer que estudou e por aí vai. Quantos de nossos militares tem formação superior? Quantos se desdobram numa jornada sofrida para dar uma vida digna à sua família? Cadê o direito de greve? Quem tem o direito de greve, afinal? Sinceramente, estou decepcionada. Nunca me arrependi tanto de votar em alguém, como está acontecendo nestes últimos dias. Nunca me envolvi na política, mas agora, falo como todos, vamos eleger uma pessoa que realmente se preocupa com o povo do Estado do Rio de Janeiro. Espero que o nosso povo lembre de tudo isso, nas próximas eleições. Além é claro, da desconsideração para com os professores do magistério estadual, que ganham uma miséria e vê a sua escola doando cadernos e outros artefatos para uma campanha sem nexo. Por que não fazer uma campanha a favor da família, da ética, da moralidade e da solidariedade? Pessoal, cada um faz o que quer de sua vida, não interfiro nisto e pra mim, o maior preconceito é a falta de amor. Fala sério, já viram alguém que ama, desrespeitar o próximo? Claro que nao. Amar é uma virtude que está deixando de existir. Mas, não dá para ver este disparate, isto é demais! Por favor, se alguém souber, onde podemos reclamar e sermos ouvidos, avise.

  • Avatar
    19/05/2011 09:56:41famíliaAnônimo

    Realmente os princípios familiares estão sendo deixados de lado, a forma como nós viemos ao mundo.Sou contra que um ser humano seja espancado até a morte por ser diferente, mais gastar 4 milhões com uma campanha pra que o povo veja o homosexualismo como uma coisa normal,é de mais!!!

  • Avatar
    18/05/2011 13:49:35RACHEL MC LINOAnônimo

    Parabéns, uma linda campanha...Nossa o nosso Governador é um homem muito inteligente mesmo já está garantindo seus votos para a próxima eleição!!!4 Milhões não é nada para um investimento tão grande e valioso para ele neste momento, os hospitais,moradores de rua e pessoas de classe baixa não estão precisando néh ?!!! Pra você? è claro que eu tiro o meu Chapéu.... por não substimar sua sabedoria e inteligência... Bolsonaro, sou sua Fã nº1

  • Avatar
    17/05/2011 17:45:11paulo robertoAnônimo

    bolsonaro para presidente do brasil !!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Avatar
    16/05/2011 20:17:21bibicoAnônimo

    Antes o homossexualismo era proibido no Brasil, depois foi tolerado e agora é oficializado. Vou sair do país antes que seja obrigatório.

  • Avatar
    16/05/2011 17:50:05vda que segue.Anônimo

    o nosso midiático "governador" adora aparecer receber guarda-vidas ele não quer,sugiro para padrinho da campanha o bravo deputado jair bolsonaro o intransigente defensor da família brasileira.

  • Avatar
    16/05/2011 16:03:14AndreAnônimo

    Parabens Governador!!! Que bela jogada de marketing, vai garantir uma grande quantia de votos!!! Ah só 4 milhões, os hospitais não precisam disso...o povo morrendo de dengue é normal...e a causa GLS está na moda! Coitado de pais, que como eu, tenho filhos entre 5 e 10 anos, na idade do por que? Teremos que explicar aos nossos filhos que é da moda beijar o amiguinho de mesmo sexo, que se ele tiver namorada ou namorado, ou os dois ao mesmo tempo eu vou achar o máximo. Não discriminar, não ter preconceito é ótimo e legal; mas incentivar, apoiar é outra coisa. Realmente....é o fim!!!

  • Avatar
    16/05/2011 14:45:12LucianaAnônimo

    RIDICULO! COM OS PROBLEMAS DE SAUDE, MORADIA E CRIMINALIDADE Q O RIO TEM....GASTAR 4 MILHOES COM CAMPANHA ANTI HOMOFOBIA Ã?O FIM DA PICADA.....

  • Avatar
    16/05/2011 14:24:53LaercioAnônimo

    Quem escreveu essa matéria? Desculpa, mas tá muito ruim.

Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.