SRZD


19/07/2011 14h05

Parada de Lucas: um bairro onde uma fusão acabou com o samba
José Carlos Netto

Certos bairros da mui leal cidade de São Sebastião do Rio De Janeiro, apresentam fatos, curiosidades e fenômenos que desafiam os mais tenazes historiadores e pesquisadores. Um deles é PARADA DE LUCAS,  que tem esse nome em função da então "parada" de trens ali construída nos idos do século passado ou nos ainda tempos do império.  

Pois saibam os féis leitores blogueiros que PARADA DE LUCAS se apresenta também como fenômeno típico do solo carioca. Foi em PARADA DE LUCAS          que se criou e se formou um dos mais fecundos pólos de samba genuinamente carioca da gema.  

Ninguém, até hoje, sabe precisar como o samba de  PARADA DE LUCAS cresceu tanto a ponto, nos desfiles, assustar tanto Império Serrano como Portela.  Isso no passado é claro.

Sabe-se apenas que aquele paupérrimo bairro da ZONA DA LEOPOLDINA através de suas escolas de sambas originais - APRENDIZES DE LUCAS E  UNIDOS DA CAPELA - foi berço de eméritos sambistas a partir da década de 30.  Como explicar o porquê no solo de PARADA DE LUCAS surgiram tantos e tantos talentosos bambas?

Acredito que poucos poderão fazê-lo. O curioso é que em tudo isso é que á maioria dos grandes sambistas de Parada de Lucas não residiam no bairro. Em sua maioria viam de bairros adjacentes e em LUCAS criavam fama e se faziam sambistas.

Lamentavelmente a fusão entre as duas agremiações, com o surgimento da UNIDOS DE LUCAS,  acabou com tudo isso chegando mesmo provocar uma debandada geral dos seus melhores sambistas.

O samba em PARADA DE LUCAS começou com a fundação da verde e branca APRENDIZES DE LUCAS nos idos de 15 de Janeiro de 1932. Sua quadra era localizada num acanhado terreno à esquerda da via férrea, sentido Duque de Caxias.

Conhecida como uma escola de samba tipo light, pois o seu samba não varava a madrugada, como as demais. Tudo na APRENDIZES começava cedo e acabava mais cedo ainda.

O grande líder na APRENDIZES DE LUCAS era o saudoso sambista Otacílio Marques, que infelizmente lascou vitimado por tragédia ferroviária. Mas a APRENDIZES não esmoreceu em função desse fato.

Pelo contrário. áA cada  ano  apresentava os mais belos carnavais de sua época. Um deles foi A FESTA DA UVA, tema que inspirou um samba que a elevou à ótima colocação em função do estupendo desfile. Isso assustou muita gente.

A escola apresentou ainda um enredo cujo tema principal era o jogo. (jogo do bicho não era mencionado). O destaque final foi o Jockey Clube Brasileiro com citações diversas aos grandes cavalos campeões e jóquei famosos, dentre os quais o "homem do violino" Luís Rigoni.

Houve enredos também em homenagens a  estados brasileiros como São Paulo, Pernambuco e Rio Grande do Sul.

Se a APRENDIZES revelou talentos?  É lógico que sim. Como a minha memória anda desclareada cito apenas dois deles: Roxinho, fabuloso MESTRE-SALA, que anos depois foi levado para o lugar do Mestre Delegado, que havia se transferido da MANGUEIRA para o samba de São Paulo.  

Roxinho foi ainda o MS  campeão pela Mocidade Independente de Padre Miguel em 1979.

O compositor Elton Medeiros, parceiro de Cartola, Paulinho da Viola e outros. É outro da época de ouro do samba de PARADA DE LUCAS. Hoje, oitentão, Elton Medeiros é um dos lamentam o fim da APRENDIZES E CAPELA. "A fusão foi um grande erro"- costuma dizer o grande compositor.

Em 15 de Janeiro de 1933 foi  fundada a UNIDOS  DA CAPELA  com as cores azul e branca. Oriunda de um clube de futebol a escola nos primeiros anos só fazia desfiles pelos bairros, principalmente na Avenida Lobo Junior na Penha e em Duque de Caxias.

Um fato curioso para esses primórdios período do samba: A UNIDOS  DA CAPELA foi uma das primeiras escolas  aceitar homens de raça branca entre os seus componentes. Na ocasião, isso foi um fato de causar assombro diante da má fama que colocavam no samba, dizendo que aquilo era coisa de "crioulo".

Quando ainda nem o próprio PODER PÉBLICO pensava em promover um Serviço Social nas escolas de samba, surgiu na comunidade mais carente do bairro um Curso de Alfabetização de adultos onde uma boa quantidade de sambistas aprenderam as primeira letras. Tudo bancado pela UNIDOS DA CAPELA.

Ainda na UNIDOS DA CAPELA foi criada a primeira ALA DE RITMISTAS do samba carioca. Seu criador foi o saudoso sambista Ekner Francisco da Silveira,  na época então o popular Baianinho. Apenas um detalhe essa ala era formada tão somente por pandeiros. Só podiam fazer da ala os mais afamados pandeiristas do mundo do samba. Hoje, nem vê pandeiro nas baterias das escolas de samba.

A BATERIA ficou conhecida com a TABAJARA DO SAMBA. A maioria era da  famosa ESQUINA DO PECADO de Olaria onde ficava à movimentada  CINCO BOCAS. Essa bateria fez tanto sucesso por vários anos, que levou o velho Natal  da Portela        contratar todos para compor a nova BATERIA da azul - e- branca de Osvaldo Cruz.

Sua Ala de Compositores foi das melhores da época. Eram de lá trompas como Anatólio Isidoro (hoje respeitável CIDADÉO CIDADE SAMBA DA AESCRJ). Zeca Melodia, Tolito, Jair da Capela, Nilton Russo, Ledyr, Jorginho Pessanha, Belém, Baianinho, e tanto outros.

No carnaval de 1960 aconteceu o impossível: Cinco escolas de samba empataram na primeira colocação.  Ai Departamento de Certames decidiu   premiar todas cinco. A UNIDOS DA CAPELA portanto foi campeã daquele ano também.

A história do samba de PARADA DE LUCAS  começo a mudar quando em março de 1959 foi fundada no bairro de Ramos a Escola de Samba Imperatriz Leopoldinense.

Tento explicar: A cúpula fundadora da agremiação queria porquê queria uma escola de samba forte na ZONA DA LEPOLDINA para fazer  frente ás maiorais da ocasião como, Portela, Mangueira, Salgueiro e Império Serrano. Era um negócio político que envolvia a candidatura de um conhecido dirigente de samba.

Pensaram então que a fusão entre APRENDIZES e CAPELA resolveria o problema.  Amadurecem essa ideia durante alguns anos e encontraram na voz e idéias do jornalista Marco Aurélio Guimarães, o homem certo pra deslanchar o mega projeto. Bom de texto e de papo, Guimarães,  em pouco tempo conseguiu convencer todos que a fusão seria boca do balão para as duas escolas de PARADA DE LUCAS.  

Feito isso, rolou a concordância da maioria. E no dia primeiro de junho de 1966, o então  Sérgio Junqueira, Diretor de Certames da prefeitura, sacramentou a fusão criando assim a na época o GRES UNIDOS DE LUCAS, logo cognominada como a QUINTA POTÉNCIA DO SAMBA  do samba carioca.

A fusão aconteceu mais motivada pelo lado  da GRESIL do que outra coisa. O finado Amaury Jório, homem de uma inteligência invulgar, cedo, cedo, descobriu que a Imperatriz Leopoldinense seria sempre mais uma escola de pequeno porque diante do samba PARADA DE LUCAS.

Por isso, como presidente da ASSOCIAÉÉO DAS ESCOLAS DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO apoiou e indicou nomes para futura diretoria. Ele sabia de antemão que a fusão não daria certo.  Como o símbolo da escola foi criado  logo um GALO, que  por inspiração do Amauri  Jório,  virou o GALO DE OURO DA LEOPOLDINA.

O GALO DE OURO DA LEOPOLDINA OU QUINTA POTÉNCIA DO SAMBA, porém teve gloria efêmera. Fez sucesso praticamente somente até o carnaval de 1968  quando desfilou com o enredo SUBLIME PERGAMINHO. Na ocasião um dos mais eloqüentes samba enredo do carnaval carioca, cuja autoria é dos compositores Zeca Melodia, Nilton Russo e  Carlinhos Madrugada.

É essa triste trajetória do samba de PARADA DSDE LUCAS. Triste porque após um inicio luminoso, hoje desfila no bagaço do samba, lá pela Intendente Magalhães.  Suas antigas alas e seus melhores sambistas até hoje fazem sucesso em outras escolas da cidade como, Imperatriz, Grande Rio, Império Serrano, Portela e Beija- Flor.  

Podem pesquisar. Em qualquer escola de samba da cidade existe sempre um ou mais componente que um dia  fizeram parte  do samba de PARADA DE LUCAS

Essa história, que ainda apresentam lances sensacionais, pois muitos a conhecem

mas não tem como narrá-la com mais detalhes. Se a minha memória ainda fosse á mesma de ontem, traria para os meus fieis blogueiros lances que dão ao samba PARADA DE LUCAS grandiosidade, não de uma QUINTA POTENCIA, mas nos dias de hoje seria quem sabe, uma PRIMEIRA POTENCIA.

Lá tinha tudo do bom e do melhor: baianas, bateria, passistas, compositores e dirigentes avançados para a época.

Peço desculpas aos fiéis blogueiros, mas eles precisam saber de coisas do passado do samba, que não estão nos livros lidos por aí.


Veja mais sobre:Carnaval

Comentários
  • Avatar
    13/02/2013 21:35:52Walter PereiraMembro SRZD desde 13/02/2013

    Caro José Carlos Netto, sou leitor de sua coluna e fico muito feliz por ter acesso a essas memórias de uma pessoa que conheceu tão de perto o mundo do samba. Continue revelando essas histórias, que pra nós, leitores, são verdeiras viagens no tempo. Abraço

  • Avatar
    08/10/2011 18:50:47CarnafutMembro SRZD desde 20/04/2009

    O bairro existe, tá caquético inclusive com a escola, e oha que fica ente duas escolas do Especial (Grande Rio e Imperatriz).

  • Avatar
    09/08/2011 09:18:09josé carlos nettoMembro SRZD desde 22/05/2009

    O nosso fiel blogueiro assina somnte LOPES pede esclarecimnento ainda sobre o assunto fusão e cita que na década de 50 e não 60 rolou uma desse tipo Morro do Salgueiro. Não, Lopes a fusão salgueirense foi para melhorar, pois a escola de samba mais forte do pedaço chegava nas últimas colocações todos os anos. E ademais foi uma fusão feita de dentro para dentro das escolas e como em Lucas que foi feita de fora para dentro das escolas. No Salgueiro foram três agrtemiações, sendo que inicialmente a fusão já consumda foi que chegou a terceira escola, acho justamnte a senhor Calça Larga foi se incorporou depois do primeiro ou segundo ano., A fuisão em Lucas foi para atender alguns espertinhos, que com muita lábia envolveram os sambistas das duas escolas.A grande verdade é seguinte: Se Capela e Aprendizes tivessem se modernizado e acompanhado a evolução do carnaval, minguém ousaria falar em fusão e a Imperatriz Leopoldinense hoje seria uma escola de samba de pequeno porte, podes crer!

  • Avatar
    07/08/2011 21:05:58DesculpemasMembro SRZD desde 07/08/2011

    Parada de Lucas ainda existem, falta apoio para resgatar esse passado maravilhoso!

  • Avatar
    25/07/2011 16:21:27DeniseMembro SRZD desde 08/04/2009

    JCN, adorei vc falar do passado. Sugiro pautas para falar das seguintes escolas: Tupy de Bras de Pina, Independentes de Cordovil, Unidos de Bangu, Índios do Acaú, Foliões de Botafogo, Império do marangá, Aprendizes da Boca do Mato, Unidos de Nilópolis, Acadêmicos do Cachambi e União de Rocha Miranda.

  • Avatar
    25/07/2011 12:22:23André VieiraMembro SRZD desde 25/07/2011

    Obrigado Zé, por suas sempre lúcidas explanações! Para o nosso deleite, temos esse grande BALUARTE, que sabe tudo e mais um pouco desse tão fascinante mundo do samba! Força e beijos no seu coração.

  • Avatar
    20/07/2011 03:59:30ZappaMembro SRZD desde 16/04/2009

    Bem perto de Lucas, em Brás de Pina, o GRES Tupi, que chegou compor o grupo principal no tempo em que eram apenas dez escolas desfilantes, também se perdeu e hoje como outras agremiações é só parte da história do samba. Conheci em Realengo um cuiqueiro de nome Jorge Gordinho, já falecido, que viveu a época das duas escolas e atestava que mesmo dentro de uma cordialidade amistosa havia â??rivalidadeâ? entre Aprendizes e Capela e que a fusão que foi uma jogada, que não partiu dos componentes das escolas, mas sim de suas diretorias foi uma decepção para todos e completava sorridente, que por sorte, Portela e Império Serrano não se fundiram e formaram os Unidos de Madureira. Zé Carlos parabéns pelo resgate dessa página do samba carioca. Saudações!

  • Avatar
    20/07/2011 01:06:49ubiratã de moraesMembro SRZD desde 28/06/2011

    Parabéns, pelo texto, mas como o senhor falou em fusao, poderia me explicar como a beija -flor sendo de Nilopolis que fica na baixada fluminense, desfilava no antigo estado da Guanabara, antes da fusao com o antigo estado do Rio, podia uma escola de um estado desfilar no outro, obrigado pela sua atenção, acompanho o senhor desde os tempos do jornal o povo e o programa na radio bandeirantes com o falecido Robertinho do Rio.

  • Avatar
    19/07/2011 22:10:38DeniseMembro SRZD desde 08/04/2009

    Não acho que a fusão tenha dado errado. Talvez, nenhuma das duas, Aprendizes e Capela, sobreviveriam na modernidade do carnaval e já tivessem enrolado a bandeira. Lucas segue firme e forte, apesar dos resultaos, é uma escola GRANDE, respeitada até mais fora da avenida do que dentro dela.

  • Avatar
    19/07/2011 21:46:23lopesMembro SRZD desde 07/07/2011

    JCN me esclareca uma duvida por favor .Eu sempre escutei a historia que essa fusao teria sido algo como um golpe .Vou explicar melhor Nos anos 60 a escola da moda era o SALGUEIRO (que era proveniente de uma fusao de 3 escolas ) logo ,a "febre da fusao" vamos dizer assim ,atingiu PARADA DE LUCAS ,mas ,nao existia apoio das bases das escolas ficando o negocio adormecido na cabeca de alguns diretores de ambas (ainda minoritarios) porem , o imponderavel deu o ar de sua graca qdo em 66 ou 65 UMA DAS DUAS FOI REBAIXADA (acho que foi a CAPELA nao estou certo ).Uma estava em desespero ,outra precisava de componentes para ficar mais forte e entao na calada da noite ,sem consulta nenhuma as bases ,dividindo os cargos de diretoria como se fosse um balcao de negocios a fusao teria sido feita .E para ratificar o erro a UNIDOS DE LUCAS foi rebaixada 3 anos depois da fusao (dizem que por conta das divergencias qto a preparacao do carnaval entre APRENDIZES E CAPELISTAS ).Essa versao e' VERDADEIRA ? VC tem conhecimento desse inicio turbulento da UNIDOS DE LUCAS ? Qualquer que seja a resposta OBRIGADO.

  • Avatar
    19/07/2011 17:15:39marinhoMembro SRZD desde 19/07/2011

    Grande JCN,conhece tudo do mundo do samba.Valeeu.....Que o Criador lhe dê rápida recuperação p/comentarmos esses fatos pessoalmente.Abraços do irmão Marinho

  • Avatar
    19/07/2011 15:51:06adriana silvaMembro SRZD desde 19/07/2011

    bom resgate de história

  • Avatar
    19/07/2011 15:48:24Torcedor PilarenseMembro SRZD desde 05/07/2011

    Belo texto, sobre uma história mais bela ainda. Gosto muito de seu jeito de escrever. Parece que estou te ouvindo contar uma história... E olha que eu nem te conheço! Parabéns! Saúde e sucesso sempre!

  • Avatar
    19/07/2011 14:25:12Rubem da Silva Moreira NetoMembro SRZD desde 04/07/2011

    muito boa a História do samba de parada de lucas.

Comentar