SRZD


02/09/2011 09h36

Brasil ganha dos Estados Unidos em influência na América do Sul
Redação SRZD

Foto: Reprodução de InternetOs Estados Unidos estão perdendo espaço nos interesses da América do Sul e dando mais visibilidade ao Brasil. É o que informa, nesta sexta-feira, a revista "The Economist". Apesar disso, os americanos afirmam que têm "influência e interesse vital na região". Segundo o periódico, as disputas e desentendimentos no Congresso americano são prejudiciais para a política americana para a América do Sul. Assim, o Brasil acaba ganhando maior peso.

O presidente priorizou algumas coisas, tais como o golpe de Honduras, e teve que deixar outros aspectos de lado. A parceria prometida entre as Américas foi um deles.

A revista relembra episódio ocorrido em julho, no qual a oposição republicana suspendeu o financiamento dos EUA para a Organização dos Estados Americanos (OEA). Os conservadores não teriam aprovado a atitude do secretário-geral da organização, José Miguel Insulza ao tirar Honduras da OEA e defender a inclusão de Cuba.

Além do mais, os tratados de livre comércio (TLCs) firmados entre EUA, Colômbia e Panamá, esperam aprovação do Congresso americano. "Assuntos que importam muito à América Latina - drogas, migração, comércio e Cuba - são hoje determinadas pela política doméstica" dos EUA, disse a reportagem.

A América Latina muda rapidamente, cresce economicamente, tem relações comerciais pulsantes com a China e as democracias estão cada vez mais fortes, com o surgimento de governos de centro-esquerda.

Desde a tentativa fracassada de Brasília em mediar a crise nuclear no Irã sem o apoio dos EUA, o vínculo entre os dois países esfriou. A boa relação entre Dilma e Obama, porém, pode ser a salvação para a construção de laços mais firmes.


Veja mais sobre:BrasilEstados Unidos

Comentários
  • Avatar
    04/09/2011 05:32:40ELEITORAnônimo

    Ã? ISTO AÍ RIVIERI !.. SOMOS HERMANOS E UNIDOS , AQUÍ NO BRASIL O LULA CONCERTOU OS ESTRAGOS FEITO NO PASSADO, E A DILMA CONTINUA O MESMO TRABALHO , ESTAMOS CAMINHANDO A PASSOS LARGOS RUMO AO FUTURO E NÃ?O QUEREMOS NEM PENSAR EM RETROCESSO,,,,, O PRIMEIRO PASSO DO NOSSO LULA FOI DESPACHAR O FMI, FAZER UMA BOA RESERVA CAMBIAL,,, E O MAIS IMPORTANTE : GOVERNAR COM O CORAÃ?Ã?O E PRA TODA A POPULAÃ?Ã?O BRASILEIRA, ANTES SÃ? OS RICOS TINHAM VÃ?Z NESTE PAÍS, O LULA MUDOU ISTO, HOJE A VIDA AQUÍ Ã? OUTRA : TEMOS ENERGIA ELETRICA NO CAMPO, O POBRE TEM COMIDA NA MESA, UMA TV, UMA GELADEIRA UMA VIDA MELHOR E PODE SONHAR ATÃ? COM UM FILHO NA FACULDADE, ISTO ERA IMPOSSÍVEL NOS GOVERNOS ANTERIORES DOS TUCANOS,,,, Ã? LÃ?GICO QUE AINDA FALTA MUITO A SER FEITO, PRINCIPALMENTE EM RELAÃ?Ã?O Á CORRUPÃ?Ã?O QUE Ã? UM CANCER QUE SE ALASTROU EM NOSSO PAÍS, MAS ESTAMOS CAMINHANDO E UM DIA SEREMOS DESTAQUE,,,, JÁ PODEMOS BATER NO PEITO E DIZER QUE TEMOS ORGULHO DE SER BRASILEIRO, E DEVEMOS ISTO AO LULA e DILMA, QUE REVOLUCIONARAM ESTE PAÍS, E ESTÃ?O FIRMES NA LUTA GRAÃ?ASA DEUS AMIGO.

  • Avatar
    02/09/2011 15:54:57Marco RivieriAnônimo

    Tenemos que estar unidos para ayudarnos y luchar contra los que siempre nos han dominado. Brasil, Argentina, Uruguay, Chile, Bolivia, Paraguay, Venezuela, etc. somos todos hermanos, con un pasado muy semejante.

Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.