SRZD


22/09/2011 16h42

Escola de Samba Arco-Íris pleiteia sua volta ao desfile do Carnaval Capixaba
Adiel Carteiro Poeta *

Fundada em 24 de Março de 1979, no bairro do Ibes, no município de Vila Velha, a Escola de Samba Arco-Íris realizou o seu último desfile no ano de 1992 e está tentando retornar ao Carnaval desde 2002, "sem sucesso", afirma o seu atual presidente, Josenilson Pereira.

Segundo ele, os motivos para a não aceitação do retorno da Arco-Íris passaram pela falta de empenho da municipalidade nas gestões anteriores junto à Liga das Escolas de Samba, e pela  não aceitação das outras duas escolas do município: a Mocidade Unida da Glória e a Independentes de São Torquato, que não queriam  dividir o repasse financeiro feito pela prefeitura.

No sábado passado, dia 17 de setembro, a Agremiação reuniu a sua diretoria, antigos e atuais componentes, comerciantes que a apoiam e torcedores, na praça principal do bairro Ibes, seu principal reduto, contando também com a presença do prefeito municipal de Vila Velha, Neucimar Fraga, e do presidente da Liga Espírito-Santense das Escolas de Samba do Espírito Santo - Lieses, Rogério Sarmento, entre outras autoridades.

O ato teve a cobertura do Portal SRZD-Carnaval do Espírito Santo, e da TV Gazeta, retransmissora da Rede Globo no Espirito Santo, que entrou com "flashes" ao vivo durante o seu jornal do meio-dia, quando foi divulgado para todo o Estado o provável retorno da "Escola Simpatia" ao Carnaval Capixaba.

Foto: Divulgação

Mas, apesar do pedido do prefeito para que a Lieses fizesse um convite oficial naquele momento à Arco-Íris para que retornasse ao desfile oficial em 2012, o presidente da entidade revelou que, conforme o Estatuto da Lieses, o presidente-executivo não tem esse poder, e que a escola envie um ofício ao presidente do Conselho Deliberativo da Lieses, Jadilson Damasceno, onde o pedido será estudado e analisado pelos 13 presidentes das escolas atuais, que tem autonomia e cuja de decisão cabe ao presidente da Lieses  cumprir.

Vale frisar que mesmo que o conselho opte pelo retorno de alguma escola, esta terá que cumprir uma série de exigências para que seja oficializado, conforme consta no Manual de Desfile do Grupo de Acesso.

O prefeito Neucimar Fraga garantiu, na oportunidade, que a municipalidade dará total apoio ao pleito reivindicado. Na sua visão, cabe mais uma escola de samba do município Canela-Verde de Vila Velha, e que é justa a reivindicação da Arco-Íris.

Encerrando o evento, houve apresentação dos intérpretes da Escola, da bateria com seus novos instrumentos, casal de mestre-sala e porta-bandeira, rainha da bateria e passistas, quando também o presidente Josenilson Pereira agradeceu pela cobertura do Portal SRZR-Carnaval do Espírito Santo.

 


Veja mais sobre:Carnaval/ES

Comentários
  • Avatar
    11/10/2011 07:52:53Milton dos Santos Batista JrMembro SRZD desde 12/05/2009

    Que voltem a Arco-Íris, União Jovem de Itacibá, Mocidade da Praia, Lira do Moscoso, Mocidade Serrana, Chega Mais, Pulo do Gato, e tantas outras.

Comentar