SRZD


11/10/2011 17h09

Crea ouve nesta terça três engenheiros responsáveis por bonde no Rio
Redação SRZD

Reprodução de TVA Comissão de Análise e Prevenção de Acidente (Capa) do Conselho Regional de Engenheira  e Arquitetura do Rio de Janeiro (Crea) ouviu nesta terça-feira três engenheiros responsáveis pela manutenção e operação dos bondes de Santa Teresa, no centro do Rio. A comissão junto com a Companhia Estadual de Engenharia de Transporte e Logística (Central) pretende apurar as possíveis causas do acidente e como eram realizadas a manutenção no transporte.

Vinte três falhas foram encontradas e apontadas por peritos no bonde de Santa Teresa, Centro do Rio, que sofreu um acidente no último mês de agosto, causando a morte de seis pessoas e ferindo 56. O laudo emitido pelo Instituto de Criminalística Carlos Eboli (ICCE) diz claramente que transporte não poderia funcionar. 

Também foram averiguados o local do acidente, a oficina de manutenção e a rede elétrica. Já as peças do coletivo foram encaminhadas para laboratório onde foram analisadas.

Além de estar em condições precárias, outro fator teria influenciado a queda do bonde, seria superlotação, no momento do acidente estava transportando 62 pessoas, ou seja, 50% a mais que sua capacidade normal.



Comentários
Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.