SRZD


14/07/2008 09h15

Como reaver o dinheiro perdido nos planos Bresser, Verão e Collor
Redação SRZD

No final dos anos 80 e início dos 90, o governo brasileiro, para conter a alta de preços provocada pela hiperinflação, alterou o cálculo de correção dos saldos de poupança, gerando perdas para quem acreditava no investimento. O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) também foi prejudicado, por alterações na correção dos saldos.

Se você sofreu com as perdas decorridas dos planos Bresser (1987), Verão (1989) e Collor I (1990), apesar do tempo decorrido, ainda é possível recuperar o dinheiro através da Justiça - apesar de demandar muito tempo e paciência. Todas os entraves são resolvidos na esfera judicial - por isso, a resposta final pode demorar até mais de três anos.

Para saber o valor que você deve pedir, é necessário calcular o tempo e o valor das aplicações. Segundo Maria Elisa Novais, do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor, é mais seguro procurar advogados especializados e associações de defesa dos direitos do consumidor.

No caso do Plano Collor, a situação é mais complicada - o pacote instaurado em 15 de março de 1990 congelou as poupanças com valores superior a 50 mil cruzados e enviou o dinheiro para o Banco Central. Depois dessa data, as contas eram corrigidas pelo IPC - índice que mede a variação de preços para o consumidor, com base nos gatos de quem ganha de um a vinte salários mínimos. Entretanto, quem tinha conta com vencimento na segunda quinzena do mês foi prejudicado, pois o reajuste tomava como base outro índice, o BTNF, que é inferior ao IPC. 

E ainda há outro problema: solicitar a correção dos valores que foram encaminhados ao Banco Central não dá mais, pois o prazo expirou. "O que se pode fazer são pedidos contra bancos para o dinheiro que ficou na conta, se não tiver sido corrigido. Nesse caso, o prazo vai até 2010", explicou o advogado Alexandre Barthe.

Em relação às contas do FGTS, prejudicadas porque os planos Verão e Collor I aplicaram nas poupanças correções inferiores à inflação registradas na época, existiu uma lei que determinou o pagamento dos expurgos, com a única condição dos trabalhadores entrarem em acordo com a Caixa Econômica Federal. Todavia, o prazo terminou em 2003, e o único caminho restante é a Justiça.

 

 

 


Comentários
  • Avatar
    05/12/2017 12:50:04SIDNEY AGOSTINHO RECHAnônimo

    Gostaria se saber se tenho direitos ao plano Bresser?

  • Avatar
    29/11/2017 15:35:17Tarcísio VeginiAnônimo

    Como posso fazer para obter informações das Poupanças... se o Banco, no qual eu depositava ... requereu falência, no caso é o BANESTADO S/A. Banco do Estado do Paraná sa. Acho deveriam informar por carta, todos sos que tem direito...Abçs!

  • Avatar
    28/11/2017 16:36:51Geilza Rosa de OliveiraAnônimo

    meu pai tinha conta do RBD no banco do Brasil e foi confiscado na época do Governo Collor eu quero saber se meu pai tem direito de reaver esse dinheiro valor da conta era de 50.000,00

  • Avatar
    09/10/2017 15:57:32Ivete Rosa De OliveiraAnônimo

    Meu pai tinha uma conta na caixa econômica. Como faço?

  • Avatar
    27/03/2017 20:39:26sonia aparecida costaAnônimo

    trabalhei EM uma única empresa por trinta anos e sempre era enviados pelo bancos os extratos do FGTS CERTO dia recebi que tinha +- 7.000 não lembro bem a moeda que girava então dizia que seria creditado no meu FGTS porque estava trabalhando ainda e para quem já não trabalhava eles pagava só que se passou alguns anos a firma fez acertos com todos porque foi vendida( PERGUNTA) NÃO CONSEGUI SABER SE REALMENTE ESTE SALDO FOI CREDITADO EM MINHA CONTA COMO POSSO SABER OU TER CERTEZA QUE FOI LANÇADO NO MEU FGTS

  • Avatar
    10/03/2017 12:09:09vanda teodoroAnônimo

    como devo fazer para receber o dinheiro referente ao plano do collor do meu falecido pai? qual o primeiro passo a proceder.

  • Avatar
    05/02/2016 12:19:19RENAUTO ANTUNES DOS SANTOSAnônimo

    COMO FAÇO PARA RECEBER ESSE DINHEIRO CORRIGIDO DESSES PLANOS VERAO 1 E2 PLANO COLLOR 1 E2

  • Avatar
    27/11/2015 21:43:46Vinicius dias da SilvaAnônimo

    Meu pai tinha dinheiro no banco na época de Collor e foi confiscado.como que fasso pra recorrer a os valores.de 1990 a 2015.

  • Avatar
    20/10/2015 16:35:43BARBARA MEURERAnônimo

    Boa tarde! Como faco para verificar se meu pai, ja falecido, tem alguma coisa para receber, pois sou sua pensionista. Obrigada atencao prestada

  • Avatar
    27/09/2015 03:26:41ivone c sAnônimo

    tinha 2 conta na epoca como faço para eeaver meu dinheiro de volta

  • Avatar
    31/08/2015 08:41:17maria da conceição amaral de carvalhoAnônimo

    meu sogro tinha uma restituição a receber referente ao plano Bresser porem ele faleceu como a familia deve proceder para reaver esse dinheiro?? NO caso ha tambèm expurgo no fgts.

  • Avatar
    15/08/2015 19:48:48João Celestino NetoAnônimo

    Boa noite, meu pai tinha aproximadamente novecentos cruzeiros na caderneta de poupança no banco Banespa em 1990 e foi confiscado pelo plano collor, e ele ainda tem o cartão do banco guardado até hoje. Gostaria de saber se é possível resgatar este dinheiro, e se compensa correr atrás disto. Desde já agradeço. João

  • Avatar
    17/06/2015 21:16:50cesar bulhoes da silvaAnônimo

    olá,desejo saber se contas antigas de poupança de bancos que hoje foram comprados por outros banco ainda ah possibilidade de haver algum valor a receber meu pai foi construtor a muitos anos e tinha diversas contas em bancos e muitas delas eram poupança, gostaria de saber nos bancos crefisul de 1973, continental 73,banespa 73,unibanco 1973 e se não me engano tem outros que ele tinha contas, se é possivel ter algo em alguma ?

  • Avatar
    15/06/2015 13:45:01Ewaldo klabunde netoAnônimo

    Quem tinha dinheiro na poupança no mandato do collor ainda consegue resgatar?

  • Avatar
    21/05/2015 20:45:40Maria AraujoAnônimo

    gostaria de saber se ainda tenho direito d dar entrada no plano das cadernetas de poupança, eu tinha 3 poupança acima de 50 mil como faço

Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.