SRZD


28/10/2011 19h12

Secretário consegue adiar depoimento sobre acidente de bonde no Rio
Redação SRZD

ReproduçãoO secretário de Transportes do Rio de Janeiro, Júlio Lopes, conseguiu adiar seu depoimento previsto para a próxima segunda-feira, em uma audiência pública na Assembléia Legislativa do Rio (Alerj) para falar sobre o acidente com o bonde de Santa Teresa que matou seis pessoas e deixou mais de 50 feridos no dia 27 de agosto. Pedido de adiamento foi aceito pela comissão de Transportes da Alerj.

Lopes teria alegado que o inquérito policial sobre o caso não teria sido concluído, portanto "não haveria fatos novos, não há o que comentar", disse a assessoria do secretário.

O laudo apresentado no início do mês pelo Instituto de Criminalística da Polícia Civil, apontou problemas no sistema de freios do transportes, além dos peritos terem encontrado resíduos de óleo e água no sistema de ar comprimido. Ainda segundo o laudo, o bonde sofria de falta de manutenção preventiva. Após a tragédia, o serviço dos bondes de Santa Teresa foram suspensos pelo governo do Estado.

O laudo aponta ainda que a maioria das peças foram construídas artesanalmente ou seja, estavam soldadas de forma grosseira ao chassi. Arames no lugar de parafusos foram colocados para fazer os ligamentos das peças, até mesmo uma estopa foi usada como tampa da caixa de lubrificação.

Conforme os peritos o motorneiro que estava conduzindo tentou frear o transporte, tal informação pode ser constatada no laudo onde os profissionais apontaram no documento que o freio mecânico de estacionamento (freio de emergência) foi acionado, porém não funcionou.

Julio Lopes chegou a mencionar no dia seguinte ao acidente que a causa do acidente ocorreu por falha humana, ou seja, a culpa do transporte ter se acidentado seria do condutor.

Marcelo Freixo ataca Julio Lopes pelo Twitter

Pelo Twitter, na última terça-feira, o deputado estadual Marcelo Freixo (PSOL-RJ) atacou o secretário.

"Julio Lopes está fazendo de tudo para não comparecer na audiência pública de segunda na Alerj. Vergonha! Covarde!", dizia o tweet do também presidente de Direitos Humanos da Alerj.

Na última quarta-feira, Freixo voltou a atacar Lopes pelo Twitter. "Hoje aprovamos uma homenagem ao motorneiro Nelson, herói em Santa Teresa. Viva Nelson! Fora Julio Lopes!".

- Vereador denuncia doação ilegal e cemitério de bondes de Santa Teresa

- Veja vídeo dos feridos logo após acidente. Atenção, imagens são fortes



Comentários
  • Avatar
    29/10/2011 21:59:33Luiz FloresAnônimo

    Comentar ele não precisa, pois a verdade os peritos constataram em seus laudos. O que ele tem a fazer - o que é obrigação já que o dinheiro é público e não dele - é prestar conta dos MILHÃ?ES que foram destinados para a "reforma" dos bondes. Isso é impressionante, não ví e não escutei nenhum deputado da Alerj mencionar o assunto. Onde estão os órgãos fiscalizadores! Vamos dar um basta nessa hipocresia começando com esse "secretário"!!!!!!

  • Avatar
    28/10/2011 20:46:31GilAnônimo

    Não há o que comentar ? E aquelas pessoas que morreram por causa da sua incompetência e inoperância?

Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.