SRZD


10/11/2011 15h42

Movimentação na passeata dos royalties ajuda comércio no Rio
Luis Philipe Souza

Foto: DivulgaçãoO movimento "Contra a Injustiça - Em defesa do Rio", que ocorre nesta quinta-feira no Centro do Rio de Janeiro, está ajudando os comerciantes que ficam no entorno do evento.

O caixa do restaurante "Super Bar", Flávio Alexandre Filho, disse ao SRZD que o movimento de clientes aumentou. "Muitas pessoas que estão vindo em caravanas estão consumindo". Segundo ele, não há nenhuma determinação de mudança no funcionamento dos bares ao redor do evento.

Crianças nas caravanas

Foto: Luis Philipe Souza

Dois adolescentes vieram sozinhos de Macaé para participar do protesto que diz respeito a todos os municípios do estados, sobretudo às grandes produtoras de petróleo, como é o caso da cidade. Vitor Rodrigues, de 15 anos, e Lucas Enedino, de 13, apresentaram a autorização dos pais, mataram aula e viajaram cerca de 200km até a cidade do Rio de Janeiro. A prefeitura de Macaé pagou alimentação e transporte dos meninos. Aproximadamente 7mil pessoas vieram da cidade para apoiar a manifestação.

Um palco foi montado na Cinelândia e os manifestantes começam a ocupar o local. O trânsito no Centro fica complicado já que algumas ruas foram fechadas para a passeata seguir com tranquilidade. A concentração contou com três trios elétricos pouco antes das 15h.



Comentários
Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.