SRZD


17/12/2011 12h50

'Ele apertou minha mão e se foi', diz sobrinho de Joãosinho Trinta
Luana Freitas

O maior carnavalesco da história, Joãosinho Trinta, morreu na manhã deste sábado, dia 17 de dezembro, e vai deixar toda sua arte e ensinamento durante as décadas que atuou no Carnaval. A triste perda comoveu o mundo do samba e, para saber mais sobre os últimos dias de vida de Joãosinho, o SRZD-Carnaval conversou com o sobrinho do carnavalesco, Arlen, que vivia no Maranhão com ele.

Segundo Arlen, seu tio passou por momentos difíceis no momento da internação, pois estava debilitado e com dores. Apesar disso, o sobrinho manteve a fé de que Joãosinho poderia sair mais uma vez vitorioso na batalha contra a enfermidade.

"Eu estive com ele ontem de noite, por volta de 21h30, mas já estava sem esperanças. Agora pela manhã, os médicos já avisaram que os batimentos cardíacos dele já não eram os mesmos e que ele já estava partindo. És 10h, ele apertou minha mão e se foi", contou Arlen, emocionado.

Foto: Divulgação

O sobrinho de Joãosinho disse que, durante os 14 dias de internação, o ex-carnavalesco tentava se comunicar com ele por meio de gestos, se esforçando para falar, já que respirava com ajuda de aparelhos.

Antes de dar entrada no Hospital UDI, em São Luís, Arlen disse que Joãosinho tocava normalmente seu projeto "Cortejo e Celebração", para o qual foi convidado pela governadora Roseana Sarney para contribuir com a celebração dos 400 anos de São Luís do Maranhão.

"João estava trabalhando normalmente, dia e noite, com desenhistas, escultores e aderecistas e estava muito animado para desfilar na Beija-Flor em 2012, sua roupa estava quase pronta", contou o sobrinho.

Arlen define em apenas uma palavra a personalidade e história de vida do tio: alegria.

"Eu quero dizer que o João falou nesses anos todos da alegria, de ver o sol, as flores. Essa alegria que ele deixa no coração de cada pessoa que o acompanhou, que foi para a Sapucaí, é a marca dele. Ele inspira alegria. Alegria é o João".



Comentários
  • Avatar
    19/12/2011 10:53:59JORGE RIBEIROMembro SRZD desde 20/09/2011

    Mesmo fora do Basil, minha tristeza foi tao gnrade que não pude me impedir de chorar. Mais um artista que morre na miséria depois de construir tanot e se dedicar tanto ao carnaval.

  • Avatar
    19/12/2011 00:10:12rodrigoMembro SRZD desde 20/09/2010

    Ao mestre..... A eterna reverência e gratidão...... Axé João Aplausos eternos pra ti!

  • Avatar
    18/12/2011 08:32:59jorge pradoMembro SRZD desde 24/09/2011

    toda omenagem q for feita a figura de joãozinho 30,será pouco pro genialidade deste homem que fez o espetáculo do carnaval se engrandecer como nos dias de hj,foi-se o homem,mas a lenda permanecerá para sempre, vá com Deus joãozinho 30, vá engrandecer a constelação que encontra-se nos céus como viriato ferreira que fez carnavais belíssimos por onde passou, a mauro rosas,arlindo rodrigues,fernado pinto e tantos outros,como vc gênios da crição dete q se não é o maior com certeza é dos maiores espetáculos da terra, descanse em paz gênio pois até os grandes gênios também merecem descanso, labô ,joãozinho até um dia !!!!!!!!

  • Avatar
    17/12/2011 21:58:35Alex N.SouzaMembro SRZD desde 03/11/2009

    Ã? verdade Felipe o q o amigo Milton postou realmente emocionou !!!

  • Avatar
    17/12/2011 20:39:02FelipeMembro SRZD desde 04/02/2011

    Milton, Belas palavras! Emocionou!

  • Avatar
    17/12/2011 13:15:22Milton dos Santos Batista JrMembro SRZD desde 12/05/2009

    E o mestre chegou na dispersão...

  • Avatar
    17/12/2011 13:14:34Milton dos Santos Batista JrMembro SRZD desde 12/05/2009

    O maior de todos, o mestre, o gênio... o monstro que se notabilizou no diminutivo. Joãosinho Trinta, mesmo do céu, olhai por nós.

Comentar