SRZD


22/12/2011 09h12

Djalma Beltrami é afastado após ser acusado de ligação com tráfico
Redação SRZD

O tenente-coronel Djalma Beltrami foi afastado do Batalhão da Polícia Militar de São Gonçalo após ser acusado de envolvimento com traficantes de favelas da região. A portaria foi publicada, nesta quinta-feira, no Diário Oficial da corporação.
 
Foi dito que ele estava preso, mas ele estava aquartelado, em uma sala, no 7º BPM, onde era comandante. A justiça mandou soltar Beltrami por alegar não haver provas contundentes que incriminem o agora ex-comandante. Ele negou qualquer envolvimento com criminosos e afirmou ter patrimônio compatível com a renda.
 
"Eu nunca recebi propina na minha vida", disse Beltrami, em entrevista ao "RJ TV", da "Rede Globo". Na sentença do desembargador Paulo Rangel, ele comparou a uma brincadeira as atuações do delegado da Divisão de Homicídios de Niterói, Alan Luxardo, e do juiz de São Pedro da Aldeia, que autorizou a prisão.  
 
"Estão brincando de investigar. Só que esta brincadeira recai,(..) nas costas de um homem que, até então, é sério, tem histórico na polícia de bons trabalhos prestados e vive honestamente", diz trecho da decisão. O delegado que prendeu Beltrami não quis comentar o habeas corpus, mas informou que tem mais provas contra o ex-comandante.



Comentários
  • Avatar
    26/12/2011 05:18:26argonautaAnônimo

    Pois é. Mas o delegado disse que tem mais provas. E os "autos de resistência" forjados, aos montes, quando ele era "comandante" em Bangu, hein? Ninguém investigou ainda.

  • Avatar
    23/12/2011 12:43:42Carlos Alberto LeiteAnônimo

    Enquanto o Servico de ? inteligencia ? da policia viver do disque denuncia e os "cerebros da corporação"idealizarem incursões para as teves filmarem no intuito de "brain wasH"da população , a justiça será dura nas suas palavras. Ofender a honra de uma pessoa honesta é crime . A leviandade impera nas decisões governamentais do Rio de Janeiro

Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.