SRZD



Cadu Zugliani

Cadu Zugliani

CARNAVAL. Jornalista, trabalha no Sportv há 7 anos e na TV Globo há 18. Compositor campeão da Mangueira em 2004, 2015 e 2016. Louco, amante, apaixonado por Carnaval, onde já fez de tudo um pouco, ou muito.

* Os textos desta seção não representam necessariamente a opinião deste veículo e são de responsabilidade exclusiva de seu autor.



23/12/2011 11h48

Indo a fundo nos sambas de 2012: uma análise mais detalhada
Cadu Zugliani

Uma análise mais detalhada dos sambas depois de escutar bastante a safra de 2012

BEIJA-FLOR

A escola de Nilópolis parece ter pasteurizado a forma de fazer sambas. As melodias e formas são muito parecidas ano a ano e isso não é uma crítica positiva e nem negativa. Eu, particularmente, gosto deste estilo de samba. Funciona muito bem para este povo que morre cantando pela escola. Acho até que o samba de 2012 é melhor que o de 2011 mas falta emoção. Falta aquele momento em que, como diz um grande amigo meu, a gente usa para recarregar as baterias no desfile. E isso, o samba do Roberto Carlos tinha, Maranhão não tem.

O destaque, para mim, é a cabeça do samba - "Tem magia em cada palmeira que brota em seu chão..." - que é muito bonita em letra e melodia. O refrão do meio, tenho a impressão de já tê-lo ouvido 1000 vezes, mas funciona bem. Gosto também da parte final: "No rádio um reggae do bom...a arte do gênio João". Mas o que mais me incomoda é o refrão final, pobre de melodia e, principalmente, de letra, óbvia demais.

UNIDOS DA TIJUCA

Samba despretensioso, modesto, como era o Gonzagão. E é aí que ele cresce. Quanto mais o escuto, mais acho os termos nordestinos bem empregados, mais descubro passagens melódicas lindíssimas e percebo que este samba tem o mesmo estilo de melodia que o "Rei do Sertão" usava. Se foi proposital, não sei, mas é sensacional. A segunda parte então é um primor, a partir de "Simbora que a noite já vem"...até "Hoje tem coroação".

Grande expectativa para este desfile!

MANGUEIRA

Um samba de altos e baixos. Tem momentos bastante emocionantes, como a segunda parte até "...fez o meu sonho acontecer". Depois disso, se perde na melodia, deixando o final bem chato. O refrão tem o estilo dos sambas do Lequinho nestes anos de Mangueira.

Uma outra coisa que me incomoda e que, também, é característica da parceria é que, em alguns trechos, a letra não cabe na melodia "salve o novo Palácio do samba..." em outras acelera demais "...ver o bafo da onça desfilar". Mas é um samba que deve passar forte na avenida e, com certeza, ajudará muito na evolução da escola

VILA ISABEL

A Vila só cometeu um pecado: fazer um samba desses no mesmo ano em que a Portela decide lembrar dos seus melhores tempos com a obra prima sobre a Bahia. Voltando ao  samba da turma de Noel, a música é sensacional, consegue casar muito bem letra e melodia e tem momentos inesquecíveis como "...tambor africano ecoando em solo feiticeiro" e "temos o sangue de Angola correndo na veia...". Para completar, uma ousadia que EQUIVOCADAMENTE, dizem que é contracanto mas não passa de um simples pergunta-resposta. Chamo de ousado porque ainda não consegui visualizar como vai funcionar no desfile este trecho que vai de "Pelos terreiros" até "agradece com carinho". Dois refrões muito fortes e outro desfile que desperta muito a minha curiosidade. Grande samba, parabéns Vila!!

SALGUEIRO

Não há dúvida de que o Salgueiro tem se empenhado em fazer sambas melhores nos últimos anos. Nós vivemos, recentemente, depois do "Explode Coração", uma era muito chata quando todos os compositores pareciam querer achar a fórmula do sucesso do Ita, em 93. Ainda bem que isso parece que está mudando e o Sal nos brindou com ótimas  obras como Candances, em 2007, e o Rio no cinema, no ano passado. O samba deste ano não é ruim, é correto. Mas falta emoção, falta o algo mais, aquilo que torna uma obra inesquecível. Na verdade, é mais um samba numa boa safra. Ele peca por não emocionar quem está escutando a música. Passa batido sem chamar a atenção mas, assim como o samba da Mangueira, pode ajudar a escola a fazer um bom desfile.

IMPERATRIZ

Outro samba de uma qualidade excelente. Na minha opinião, falta um pouco de empolgação nele, mas é belíssimo. Já começa muito bem, a cabeça é sensacional: "Ave Bahia sagrada, abençoada por Oxalá" é um achado. E segue com várias partes muito bonitas, como "menino amado...destino bordado de inspiração."

O refrão do meio é bem escrito, tem boa melodia, mas é um pouco longo para um refrão. Talvez isso atrapalhe na empolgação da escola em geral. A segunda parte segue um espetáculo. A melodia dá uma guinada e fica ainda mais bonita. No final, um presente: a parte do Kaô Kabesilê é primorosa, belíssimo encerramento para um samba muito bonito. Parabéns aos compositores!

MOCIDADE

Não é apenas mais um samba. A Estrela Guia também veio para "cavar" seu espaço no topo do carnaval 2012. Um samba que fica na memória, de fácil interpretação e com passagens melódicas muito bonitas. Começa com um refrão que une beleza e força: "É por ti que a Mocidade canta..."

A primeira parte é morna mas muito agradável. E melhora muito no trecho "solto no céu feito pipa a voar...", desaguando num refrão do meio tão bom quanto o principal. Aí começa de vez o "passeio" deste samba. A segunda parte é brilhante, não consigo destacar sequer um trecho para ilustrar.  A Mocidade está fazendo o dever de casa, remontando sua bateria, com um excelente carnavalesco, contratou um bom cantor e vem com um belíssimo samba.

PORTO DA PEDRA

O samba do Tigre, se tivesse sido feito no ano passado, passaria como um samba normal. Mas este ano, com tantos sambas bons e alguns excelentes, a obra destoa. Ele tem momentos bonitos, como o final da segunda "Brilhou à luz da civilização...", mas não emociona. Nenhum dos refrões empolga e, para mim, a bagunça métrica do refrão principal atrapalha demais. Uma pena. Gostava demais da Maria Clara Machado do ano passado mas, este ano, ficou devendo.

SÉO CLEMENTE

Mea culpa, comecei irado quando ouvi o BUBUBU e o BOBOBO. Aquilo me tirou do sério e me deixou "surdo", sem entender que este samba consegue reunir sensações antagônicas de rara felicidade, que começa com o enredo que é de muito fácil entendimento. O samba sabe ser leve e forte ao mesmo tempo, consegue empolgar e nos fazer prestar atenção em momentos deliciosos da melodia, como no trecho "o violino anuncia...", que, para mim, é um dos melhores momentos de todo o CD. Tem uma repetição de melodia no final da primeira parte que fica um pouco chata mas que não compromete. Gosto do refrão do meio. Chegaram a dizer que lembra o "endiablado" do Porto da Pedra. Não concordo. Mas alguns trechos da letra são pobres, além do já citado refrão principal. A segunda parte começa com "de tudo aconteceu"(dava pra melhorar!!!!) mas, no geral, é uma bela aventura musical que tem tudo para divertir e empolgar quem estiver assistindo o desfile da simpática escola da zona sul.         

GRANDE RIO

Fui muito mal interpretado aqui quando falei no samba da Grande Rio. Em nenhum momento eu disse que o samba era feio. A minha opinião sobre este samba não mudou: ele não empolga, não emociona. Tem um enredo que poderia trazer várias emoções à tona, principalmente depois das dificuldades enfrentadas pela escola no ano passado. Mas o samba não traz este sentimento. Parece que estamos lendo um manual de auto ajuda. O que me incomoda é que ele não fugiu do óbvio, não encontrou soluções ricas de letra e melodia para ser um samba inesquecível. Ao contrário, virou um samba de clichês e obviedades. Mais uma vez vou dizer, NÉO É UM SAMBA RUIM, é só mais um na multidão e sem destaque.

PORTELA

10 nota 10, salve a Portela, salve a Majestade do Samba! E que bom te ver de volta depois de anos de sumiço. Que samba é este que a minha filha com 6 anos entra no carro e quer escutar antes de todos os outros. A gente "viaja na canção", sobe junto o Pelô, sente a força da batida do Olodum, mareja na procissão dos navegantes e tem a certeza de que veremos história, mais uma vez, passando na Sapucaí. O portelense deve estar orgulhoso e merece este orgulho depois de alguns anos de sufoco. Parabéns nação azul e branca. A Bahia me chamou!

UNIÉO DA ILHA

A ilha é assim, ela não quer ter o melhor samba, ela não quer ter o samba inesquecível... Ela quer pisar na avenida, contagiar o público e fazer mais um desfile com cara de Ilha e isto ela vai conseguir. Não por menos, os vencedores deste ano são compositores acostumados com a escola e com o ambiente, sabem como funciona a escola e fazem o barco "atravessar o mar" mais uma vez. Cheguei a criticar a junção, passei mal com o molho inglês na feijoada, mas tenho certeza que todo o público da Sapucaí vai se divertir. É um bom samba? Não, mas também não é ruim. Da parceria do Marquinhus do Banjo é o pior dos últimos anos, mas é um samba com cara de ilha e de empolgação. Vem quente!!

RENASCER

Na minha opinião, a escola de Jacarepaguá cometeu dois erros graves: escolheu mal o enredo e pecou ao não trazer um samba empolgante para narrar a desconhecida história de Romero Brito. O samba é bonito, tem boas passagens, mas nasce morto. Usei outro dia um exemplo. O Tuiuti, quando subiu para o especial de 2001, trouxe um samba com uma boa história e uma melodia ousada, diferente e guerreira. Não desfilou bem, é verdade, mais por culpa de sua harmonia do que do samba que se tornou inesquecível para os amantes do carnaval. A impressão que me passa é que este samba da Renascer vai tocar, vai passar e vai ser esquecido em meio a tantos outros do carnaval. Sei que a escola é alegre e pode reverter na avenida com muita raça, mas a expectativa não é animadora.


Veja mais sobre:Carnaval 2012

Comentários
  • Avatar
    11/02/2012 00:25:52Mauricio PescadorMembro SRZD desde 10/02/2012

    Boas Cadu, Sempre fui meio reticente à mídia FB! Amigos e familiares sabem disso! Acabo de criar o meu perfil para debater algo que temos em comum, Sambas de enredo. Sou Mocidade desde pequeno, porém gosto de enredo bom! Aquele que cai na boca do povo! Como antigamente! De ver a Marques de Sapucaí aclamar a Campeã, algo que não ocorre desde 1993! Serei breve . 1 ª Grande Portela! O enredo mais gostoso, fácil de â??pegarâ? e ainda com 3 refrões! Se vier como na gravação só se der m**** para não levar! 2ª Mocidade(a minha)! Não é um enredo é uma â??pinturaâ?! Um esmero! Porém, para levantar a Marques, é um pouco mais difícil! 3ª Unidos da Tijuca Abusada! Nos últimos 2 anos vem incomodando e não têm medo de inovar! Tudo bem que existem outros quesitos, mas não acredito que qualquer jurado ao ver a avenida aclamando a campeã â?? toda ela, da concentração até a apoteose-, pense em tirar pontos (a não ser que seja algo â??gritanteâ?). Grande abraço Mauricio

  • Avatar
    16/01/2012 12:29:38Paulo OliveiraMembro SRZD desde 16/01/2012

    Prezados, acho que há uma confusão entre harmonia e samba. Isso é normal, pois nem os julgadores sabem o que fazem. Leiam essa matéria, com as novas regras e com os absurdos do quesito julgado: Samba de Enredo: Na descrição do Manual: No Quesito Samba-Enredo o Julgador irá avaliar a Letra e a Melodia do Samba-Enredo apresentado, respeitando-se a licença poética. LETRA (valor do sub-quesito: de 4,0 à 5,0 pontos). A letra poderá ser descritiva ou interpretativa, sendo que a letra é interpretativa a partir do momento que contar o Enredo, sem se fixar em detalhes.Considerar: a adequação da letra ao enredo; sua riqueza poética, beleza e bom gosto; a sua adaptação à melodia, ou seja, o perfeito entrosamento dos seus versos com os desenhos melódicos. MELODIA (valor do sub-quesito: de 4,0 à 5,0 pontos).Considerar: as características rítmicas próprias do samba; a riqueza melódica, sua beleza e o bom gosto de seus desenhos musicais; a capacidade de sua harmonia musical facilitar o canto e a dança dos desfilantes. Se tem um quesito que hoje na prática é irrelevante no julgamento é este. Se passar com um samba espetacular ganha Dez, se vier com um "boi com abóbora" leva 9,9 - e isso se o jurado não achar o desfile tão bom que acabe dando dez para "não prejudicar". A queda de qualidade dos sambas tem a ver também com isso, entre outros fatores que já debatemos aqui. Como exemplos, podemos citar em 2009 "Tambor" e o samba sobre o banho da Beija Flor, que obtiveram todas as notas máximas dos jurados apesar de serem composições de ruins para fracas. Ou o incrível caso ocorrido no Acesso A em 2008, onde um dos jurados considerou "Ã? Hoje", reeditado pela União da Ilha, como o pior samba do ano. Detalhe é que este é considerado um dos maiores sambas de enredo de todos os tempos. A lista de absurdos nas notas deste quesito é longa.

  • Avatar
    16/01/2012 12:18:08Paulo OliveiraMembro SRZD desde 16/01/2012

    Prezado Rafael Drummond. Justamente esse refrão é um achado. Já começa com uma metonímia fantástica, em que Madureira representa a parte pelo todo, ou seja a comunidade portelense. No refrão estão todos elementos do enredo: os signos geográficos (Madureira, Pelô, Ribeira, Bahia); culturais (capoeira, tambor, o toque, ioiô, Olodum, todos relacionados à negritude do enredo, às festas e às conexões Madureira-Pelô; Rio-Bahia). Os signos verbais são os do chamamento, ligados à religião e às festas (subir, sambar, chamar: os santos sobem, são chamados, cantam, dançam, fazem a festa e é sobre isso o enredo). As rimas são especialíssimas: Pelô/tambor/ioiô/chamou (há variações de rima, ricas e pobres, o que enobrece qualquer composição poética); capoeira/Ribeira. Quanto ao canto, é o refrão que todos estão cantando, pois é simples, direto, de uma riquíssima melodia, sem ser chata. Não entendi a sua observação. Não há espaço para analisar todo o samba, mas veja o que em um único refrão o que podemos tirar em uma breve análise. Há outras implicaçõs, culturais, históricas, mas seria muito chato falar disso ostensivamente aqui. Ã? clássico, meu caro, e quem não der 10 para esse samba, ou fez um péssimo curso de julgador ou está mal intencionado, ou não sabe ler poesia/letra.

  • Avatar
    16/01/2012 12:04:41Paulo OliveiraMembro SRZD desde 16/01/2012

    O sdamba da Portela é um acerto, do começo ao fim. Empolgante, rico melodicamente, sem falar da letra. Ã? uma junção de vários signos do enredo, com beleza poética, simplicidade e ainda tem um guia que conduz os portelenses por uma viagem, acompanhados de Clara Nunes. Um achado. Ã? 10,0 para a Portela, com distanciamento de todos os outros concorrentes, que têm muitos méritos, como o samba da Vila. Mas clássico é clássico. Até os compositores concorrentes reconhecem.

  • Avatar
    16/01/2012 12:00:35Paulo OliveiraMembro SRZD desde 16/01/2012

    Caro Cadu, não prcisava se retratar com respeito ao samba da Grande Rio. Se a escola queria de falar de superação, ao menos no samba isso não aconteceu. Vamos ver no restante dos quesitos. Ã? samba para a nota mínima, junto com a Porto da Pedra.

  • Avatar
    12/01/2012 19:19:37Alexander FernandesMembro SRZD desde 12/01/2012

    Discordo da sua análise. Acho o samba do salgueiro superior ao da Portela. Ao contrário do que você diz, é bem mais emocionante. Acho o samba da Portela meio lento e às vezes um pouco arrastado (especialmente a segunda parte). Mas tem um belo refrão, e isso ajuda. No entanto, não creio que vai empurrar a escola. De qualquer forma, é um belo samba. Por outro lado, concordo com você, 2012 é uma boa safra.

  • Avatar
    01/01/2012 22:58:33rafael drumondMembro SRZD desde 31/01/2011

    concordo com muitas observações feitas nas avaliações e estou muito feliz com os comentarios em relação ao samba da minha mocidade.a safra pode ser considerada boa e tenho a mesma opinião em relação aos sambas da mangueira,beija flor,grande rio,tijuca,imperatriz,salgueiro,ilha e renascer.gostaria de acrescentar que a porto da pedra,num trocadilho com seu enredo,tirou leite de pedra e acabou me surpreendendo com seu samba.não é uma obra prima mas salvo o trecho"a dadiva que fez o animal..." que compromete o canto o samba me agrada.é logico que wander pires ajuda muito com sua competência vocal.a são clemente,na minha opinião foi fantastica pois não fugiu ao seu estilo irreverente e nos brindou com um samba rico em letra e melodia.o bububu vai dar bobobo,anotem.agora vou falar do melhor samba...o da azul e branco o da...viiiilaaaa iiisabeeel.sem duvida.refrão forte,melodia valente e cheia de alternâncias,letra invejavel e um tinga soltando o bicho literalmente.é agente não pode concordar em tudo por isso vou destacar algumas CARACTERISTICAS do samba da portela que podem dar certo ou não."madureira sobe o pelo"pra cantar não ficou enquadrado,isso é fato e pode comprometer sua avaliação em letra e melodia com certeza.o samba tem tres refroes,sendo que dois de melodia igual.da a impressão de ser mais um partido alto ao inves de samba enredo,enfim não recebi a obra com a mesma euforia da critica em geral mas acredito que o samba é valente e a proposta pode ser bem aceita pelo publico e por que não?pelos jurados.um abraço a todos!

  • Avatar
    29/12/2011 11:34:12decio santosMembro SRZD desde 29/12/2011

    boa tarde,sou Portela + carnaval não é so samba enredo temos outros quesitos que a Portela vem perdendo pontos todos os anos,como harmonia,conjunto e evolução.+ vamos la, quem sabe esse seja o nosso ano. salve Clara Guerreira.avante Portela tu és grande.forte abraço á todos e boas festas.

  • Avatar
    28/12/2011 20:05:31Rodrigo Vilela da SilvaMembro SRZD desde 28/12/2011

    Excelente análise, Cadu. Só discordo da Imperatriz (achei arrastado) e da União da Ilha (achei ruim, mesmo). No mais, perfeito. E como é bom ler comentários positivos sobre a Mocidade!!! E a alguns que comentaram, pelamordedeus, é tão difícil para entender que isso se trata de uma análise do SAMBA-ENREDO?? Lógico que o que define título é a apresentação na avenida. E outra: se o Cadu achou o samba da Porto da Pedra fraco, por exemplo, é a opinião dele. Cabe a nós discordar ou concordar. Agora, achar que alguém emite opinião só por gostar ou não da escola é pensamento de gente que quer apenas causar polêmica, cujos conteúdos em nada acrescentam na real discussão. Grande abraço!

  • Avatar
    28/12/2011 14:32:52LeitosoMembro SRZD desde 15/12/2011

    Não gostaria de ter que responder o tal, mas como fui pronunciado em tal postagem, vou ter que responder. Moacir serei bem Franco com você. O que escrevi em baixo não foi para você. Aliás, eu não leio seus textos e nem sabia que você escrevia por aqui. Não entendo o porquê da sua indignação com a palavra MUSEU? Será que vive nele? Não sei, acredito que não. Quando escrevi que existem sambistas no passado, no museu. Eu quis dizer que existem pessoas que não conseguem largar o conservadorismo. Nasceram em determinado século e não conseguem entrar no século XXI. Nós devemos olhar para frente, o novo sempre vem. Ã?bvio que não podemos esquecer a nossa raiz, a nossa identidade. Mas o carnaval evolui, por exemplo, os sambas das décadas de 70, 80, (...). Não são como os de hoje, o ritmo, as letras, e melodias mudaram. Não importa se para bom ou ruim. Ninguém está praticando juízo de valor. Porém o fato é que o mundo gira, e se você não girar fica para traz, fica no museu. Entendeu? Moacir francamente. Desejo-lhe um ano novo, no presente (...). Vamos ser otimistas com os sambas, porque afinal é ele que nos faz carnavalescos.

  • Avatar
    28/12/2011 02:59:11IsaíasMembro SRZD desde 15/12/2011

    TORÃ?O PELA MOCIDADE, MAIS ACHO QUE QUEM GANHA NÃ?O Ã? SÃ? ENREDO MINHA GENTE E SIM UM CONJUNTO, E OUTRA, COMO ALGUNS DE VOCÃ?S JULGAM AS ESCOLAS MENORES E AS QUE ESTÃ?O CHEGANDO SEM NEM SABER O ANDAMENTO DO PROCESSO, ACHO QUE EXPOR COMENTÁRIOS Ã? VALIDO SIM, MAIS SEM O RESPEITO, POIS DESSA FORMA INFELIZMENTE ACABA DESMORALIZANDO AINDA MAIS A CONDUTA DO CARNAVAL DO RIO, QUE DIGA-SE DE PASSAGEM NÃ?O Ã? ESSA TRANSPARÃ?NCIA TODA, VENHAMOS E CONVENHAMOS, GANHA QUEM A LIESA QUER, QUEM PAGA MAIS, E QUEM A GLOBO GOSTA ORA POIS POIS..AFINAL DE CONTAS QUERIDOS LEMBREM-SE QUE EM 2011 FOI O ANO DE ROBERTO CARLOS (BEIJA-FLOR) GANHAR DEZENAS DE HOMENAGENS PELO BRASIL E PELA GLOBO, NÃ?O DUVIDEM SE ACONTECER ISSO COM LUIZ GONZAGA QUE VAI SER HOMENAGEADO NO ANO DO CENTENÁRIO EM 2012.......AIAIAIAI LIESA, ATÃ? QUANDO VAI TER MAIS TRAMÃ?IAS NESSES CARNAVAIS..........................

  • Avatar
    27/12/2011 22:08:26HanyMembro SRZD desde 04/12/2011

    Ahh minha BEIJA-FLOR!!! Impecável e cuidadosa nos detalhes de todos os setores... O bi vai se desenhando dia a dia com esta comunidade maravilhosa, onde paira a sua força. Ã? consenso entre os especialistas que o samba-enredo da BF 2012 é um dos melhores da safra e que o mesmo é rico em poesia e informações a contento da grandiosidade prometida. A comunidade abraçou mais uma vez o samba, conforme pôde ser visto no último ensaio, fato! Tá lindo demais com a bateria um pouco mais acelerada. De longe temos a bateria mais harmoniosa com o canto. O desempenho dos ensaios se encorpou rapidamente porque o enredo é a cara da escola, o que nos credencia a disputar pelo topo outra vez. Será lindo ver a BF com alegorias e fantasias sutuosas, embora mais leves. O carnaval de 2012 está pintando com cara de espetáculo por vários ângulos. Considerando a força das nossas co-irmãs neste carnaval, podemos aguardar um dos melhores espetáculos da Sapucaí. Boa sorte a todas as escolas e que vença a melhor! Olha a Beija-Flor aí gente...

  • Avatar
    27/12/2011 17:47:55MoacirMembro SRZD desde 27/12/2009

    o tal de Leitoso deve ter menos de 20 anos ou não frequenta quadra de escola de samba, os sambas que sempre executam e cantam nas quadras são sambas antigos, os novos de 10 anos pra ca quase não são apresentados, ele teve ir no samba de raiz net e ver com era os sambas da decada de 70,80,e 90 pra depois falar em museu

  • Avatar
    27/12/2011 17:33:25Marcus QuintanaMembro SRZD desde 27/12/2011

    Gosto muito do samba da Portela e da Vila, para mim são obras primas, porém no quesito empolgação e comunicação com o público considero o samba do salgueiro imbatível. Não tem a poesia dos sambas citados, mas vai arrebentar na avenida, pois depois que você escuta o cordel fica direto martelando na sua cabeça. Acho que o samba da mangueira crescerá junto com o seu enredo.

  • Avatar
    27/12/2011 14:06:17Sempre CarnavalMembro SRZD desde 07/10/2011

    Análise do sambas: PORTELA: Não me canso de ouvir, é emocão, é empolgante, é lindo, aliás lindo é ser portelense, Nota 10! Que Oxalá ilumine os caminhos da Portela!...VILA ISABEL: Muito bonito, consegue me emocionar em muitos trechos, é um pouco longo, mas mesmo assim pra mim é um dos melhores sambas. SÃ?O CLEMENTE: Tem como não sair cantando "bububu no bobobo"? Pega feito chiclete. Samba muito bom, não é o melhor, claro, mas esta entre os melhores, samba alegre e livre de censuras, como carnaval deve ser. SALGUEIRO: O samba é bom, principlamente o refrão de meio sobre Virgulino, mas o refrão principal "Salgueiro é amor" fica abaixo do esperado. BEIJA-FLOR: Samba bastante defeituoso, mas parece uma colcha de retalhos, resultado de uma junção muito da mal feita. A única parte que empolga é o refrão do meio "Na casa Nagô" ( que por sinal é um refrão belisímo), mas o restante do samba cai, é fraco, e não passa a emoção necesária. O refrão principal é pobre, é fraco "Onde canta o sabiá". TIJUCA: O samba bem defeituoso, tem erros como "Rei do Sertão", quando na verdade deveria ser "Rei do Baião", mas mesmo com esses defeitos o samba tem uma qualidade: ele parece um Forró-Samba, e se parece com as músicas de Luiz Gonzaga, resumindo: é um samba mediano. Os demais ficam na classe dos medianos. ...Agora vamos aos sambas ruins: GRANDE RIO: Samba muito ruim, um dos piores da década, pra baixo, tristonho, samba para depresivo. PORTO: Samba quase indecifravel, lamento pela comunidade da escola que será obrigada a cantar durante mais de 1 hora, essa música interminável e enfadonha. RENASCER: Samba triste, pra baixo, não desperta a miníma emoção. Ruim, sem graça, isso,é um samba sem graça. O samba nem ao menos possui uma parte principal, é todo frio e sem graça. Somada ao enredo sem graça, dá meio caminho andando para escola voltar para o acesso.

Comentar