SRZD


04/08/2008 13h25

Você Sabia? - Fórmula 1 e Religião
Gustavo Coelho

Alex Dias Ribeiro e a famosa inscrição ?Jesus Saves? na frente do carro (Fonte: Divulgação)

Alex Dias Ribeiro e a famosa inscrição "Jesus Saves" na frente do carro (Fonte: Divulgação)

Na estréia de "Você Sabia?", a seção brincou com a vasta coleção de superstições na Fórmula 1, com destaque para a famosa "maldição do 13". Não são poucos os personagens da categoria que ficaram conhecidos pelas suas curiosas manias, como repetir a cueca em várias corridas ou sair do carro sempre pelo mesmo lado. Mas nem sempre se trata apenas de um simples ritual. Em outros casos, bem mais do que isso: é questão de fé.

O piloto Alex Dias Ribeiro, que correu dez corridas na Fórmula 1 durante a década de 70, ganhou fama mundial por estampar no carro em letras garrafais a mensagem "Jesus Salva". Alex carregou a frase por onde correu, inclusive durante sua passagem pela Fórmula 1. Quando estava na Fórmula 3 Inglesa, era conhecido como um piloto muito rápido, mas que não raramente se envolvia em acidentes. Certa vez, ao bater numa corrida em que liderava, um jornal inglês provocou: "Jesus falha em salvar Ribeiro", dizia a capa.

Após deixar a Fórmula 1, criou a organização "Atletas em Cristo", que reúne cerca de 7.500 esportistas de diferentes modalidades. Entre eles, nomes como Kaká e Emerson Fittipaldi. O bicampeão da Fórmula 1 aproximou-se de Alex após o terrível acidente no oval de Michigan, em 1996, quando passou perto de ficar paraplégico. Durante a recuperação, Alex visitou-o com uma Bíblia e os dois permanecem muito próximos até hoje.

A fé católica também encontra seu espaço na Fórmula 1. O pentacampeão Juan Manuel Fangio era muito religioso e corria sempre com uma pequena imagem da Virgem de Guadalupe no bolso. Por sua vez, Michael Schumacher fez uma visita ao Papa João Paulo II em 2000, promovendo uma entidade de ajuda às vítimas da Guerra de Kosovo. Coincidência ou não, foi a partir daí que o alemão partiu para a conquista de cinco títulos mundiais consecutivos.

Apesar da fama de ter mais sucesso no campo da ciência do que no mundo dos esportes, a religião judaica tem um representante entre os campeões da Fórmula 1: o sul-africano Jody Scheckter, vencedor com a Ferrari em 1979. O último judeu a andar num carro da categoria foi o israelense Chanoch Nissany. Empresário bem-sucedido e apaixonado pelas corridas, ele pagou para andar como piloto de testes da Minardi no GP da Hungria de 2005. Com 42 anos à época, tornou-se o último piloto com mais de 40 anos a correr na Fórmula 1 e o primeiro de Israel a chegar à categoria.

Um dos personagens da Fórmula 1 que ganhou mais fama por causa de sua crença foi Ayrton Senna. Ao conquistar o primeiro título, no GP do Japão de 1988, o brasileiro contou ter tido uma experiência transcendental em que teria visto Deus. A imprensa européia nunca escondeu o ceticismo sobre a fé de Senna e ironizou a situação em várias oportunidades. "Senna existe e Deus o encontrou", escreveu certa vez uma revista inglesa.

Os torcedores de Nigel Mansell escolheram uma saída mais criativa para brincar com a fé de Senna, um dos grandes adversários do inglês. Na temporada de 1991, os dois disputavam o título quando a Fórmula 1 chegou à Inglaterra. Um grupo de fãs do "Leão" escolheu o local onde uma câmera de televisão estava e estendeu uma faixa onde se lia o seguinte:

"Senna pode ter Deus, mas Mansell tem culhões".

*A seção "Você Sabia?" é publicada todas as segundas e quartas no Pit Stop


Comentários
  • Avatar
    26/11/2012 00:00:13Wilson dos SantosAnônimo

    Pelas palavras sóbrias de Emerson ao fantástico,nota-se que é um homem verdadeiro de Deus.

  • Avatar
    28/08/2011 22:12:59Carlos SaldanhaAnônimo

    Gostaria de saber qual era a religiao do Ayrton Senna e sua familia? Obrigado!

  • Avatar
    28/08/2011 22:11:20Carlos SaldanhaAnônimo

    Gostaria de saber qual era a religiao do Ayrton Senna e sua familia? Obrigado!

  • Avatar
    31/07/2010 14:11:18MARILDOAnônimo

    Uma incoerência imensa é misturar Deus com competição. Segundo a Bíblia, isso não combina Não podemos acreditar apenas no que nos é conveniente

  • Avatar
    04/08/2008 21:15:41LeandrusAnônimo

    Não sabia da maioria destas curiosidades, rs. Aliás, tenho o livro do Alex Dias Ribeiro (comprado num sebo) mas nunca li. Engraçado que o Senna foi conhecido pelas suas crenças, mas quando o Alex Dias Ribeiro conversou com ele sobre o ocorrido em Suzuka 89 e tentava acalmá-lo, Senna disse: "Mas eu não sou Cristo, p****"! Palavrão com religião não, Senna!

  • Avatar
    04/08/2008 21:06:15PriscilaAnônimo

    Muito legal essas curiosidades! Só acho engraçado ser questão de fé o uso da mesma cueca em todos os dias da corrida!

  • Avatar
    04/08/2008 16:34:48Guilherme (RJ)Anônimo

    Sentia falta dessas histórias escritas no seu blog e agora estão de volta aqui no PitStop. Depois de ler o texto, realmente Deus é brasileiro.

  • Avatar
    04/08/2008 15:16:50MariAnônimo

    Bom ver os atletas de Cristo... Que Senna estaja com Deus!!!

  • Avatar
    04/08/2008 14:27:10Mônica BaptistaAnônimo

    Uma delícia de texto!

Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.