SRZD


12/03/2012 17h19

Paulo Barros: artista empreendedor no Carnaval carioca
Redação SRZD

Foto: DivulgaçãoEm entrevista à revista "LetNews", o carnavalesco bicampeão da Unidos da Tijuca, Paulo Barros, revelou detalhes do seu processo de criação inovador e que deu certo. Atualmente, o ex-comissário da Varig, que começou no Carnaval como carnavalesco da escola do Grupo de Acesso Vizinha Faladeira, serve como modelo inspirador e tem seu trabalho disputado por outras escolas coirmãs.

O carnavalesco disse que retira tanta criatividade de tudo o que passa diante dos seus olhos.

"Absolutamente de tudo o que vejo e me chama atenção. Por exemplo, a cena do Barão engolindo o mergulhador, vi pela primeira vez em 1984, quando fui a Los Angeles pela Varig e conheci os estúdios da Universal. Aquele truque ficou guardado no meu subconsciente e vim a usá-lo quase 30 anos depois. Respiro arte cotidiana", revelou.

Seu modo de fazer Carnaval possui dois pilares que, para ele, são decisivos e muito importantes: surpreender e manter a surpresa.

"Acompanho Carnaval desde muito pequeno, e como telespectador eu sentia falta de um algo a mais. Os desfiles não me tiravam da cadeira. Quando mergulhei neste universo, meu foco passou a ser o de fazer algo que as pessoas não apenas assistissem. Quero que participem dançando, se movimentando, gritando, aplaudindo. Vivemos na interatividade", disse.

Sobre o tema que rendeu o bicampeonato à nação tijucana, em 2012, o carnavalesco foi buscar algo que cutucasse as pessoas e saísse do mesmo.

"Procuro escolher alguma coisa que me dê condições de inovar. O Nordeste é muito cantado na Avenida, então é um desafio enorme fazer isso pela 400ª vez sendo diferente. Crio um projeto arrojado que às vezes pode parecer estranho aos olhos dos componentes da escola, mas tenho que convencê-los de que aquele é o papel que precisam realizar", afirmou.

Após o Carnaval, Paulo disse que ele e sua equipe se reúnem para avaliar o projeto que passou e o projeto que virá a seguir. Ou seja, onde erraram, onde acertaram. Tudo isso de olho no nível de exigência dos jurados e do público.

"Hoje, o trabalho do carnavalesco só pode dar certo se ele consegue ter ao redor de si uma grande equipe, cada um sendo o melhor naquilo que faz, sabendo o quê e quando fazer. Todos têm que estar antenados ao que estou pensando e fazendo. Atuamos como uma grande empresa", contou.

O carnavalesco da Unidos da Tijuca também faz palestras a muitas empresas no Brasil e no mundo. Segundo ele, os ensinamentos que são passados ao mundo corporativo são similares (senão os mesmos) da linguagem do samba.

"Falo sobre 'inovação' e 'criatividade'. O meu grande recado é: temos que apostar no novo! Em 2004, convenci o presidente da escola, Fernando Horta, que o carro do DNA poderia dar certo. Todo novo causa desconforto em certos setores. Há que se achar maneiras de envolver o seu funcionário com a finalidade do seu negócio. Eu objetivo isso aqui: conquistar, com a minha arte, cada pessoa da escola para que ela me ajude, com a fantasia ou com a camisa da diretoria, a conquistar o público e os jurados no desfile", concluiu.

Na 5ª edição do Prêmio SRZD-Carnaval, Paulo Barros foi agraciado como o melhor Carnavalesco do grupo Especial de 2012.


Veja mais sobre:Carnaval 2013

Comentários
  • Avatar
    18/03/2012 18:15:49João PauloMembro SRZD desde 27/06/2011

    Parabéns ao Fabio Ricardo pelo ótimo trabalho. Parabéns a comunidade Clementiana pelo belo desfile, e parabéns a diretoria também. Ã? interessante ver que a São não possui uma grande estrutura, porém ela sempre busca meios alternativos e criativos de fazer seu carnaval, enquanto outras agremiações que não possuem uma grande estrutura fica mesmo é na acomodação. A São Clemente é um exemplo em buscar recursos de uma boa forma a ser seguido. Parabéns São Clemente pelo ótimo carnaval. E para os jurados só posso dizer que vocês são incompetentíssimos e que deveriam ir pro raio que os partam seus tapados de última categoria.

  • Avatar
    18/03/2012 18:10:45João PauloMembro SRZD desde 27/06/2011

    Continuando... ou quem sabe no próximo isso já ocorra, mas que ele é talentoso disso eu não duvido. A bateria estava boa, segurou o ritmo, foi funcional. A harmonia também estava boa, a evolução apresentou alguns probleminhas mais nada de muito grave que assustasse muito. O samba enredo fluiu de uma maneira maravilhosa, era um samba que tinha um ritmo muito contagiante, porém tinha uma letra que carecia algo, porém na hora do desfile ele deu super certo, era um samba fácil de se cantar e que grudava na cabeça de uma forma que não nos esquecíamos. O enredo estava fácil de se entender, alegorias e fantasias com uma leitura muito clara, e o conjunto muito bom. Enfim, sem fazer comparações a São veio melhor que a Renascer, Porto da Pedra, Mangueira, Grande Rio, Imperatriz e Mocidade, portanto merecia no mínimo um sétimo lugar, porém merecia muito mais, pelo desfile que apresentou a São era pra ter vindo entre as campeãs, mas a escola foi julgada pelo nome, com todo respeito a comunidade, mas é que os julgadores acharam melhor canetá-la por ela ser uma escola tida como " pequena ", porém fez um desfile pra estar entre as campeãs e pra no mínimo namorar com uma vaga entre as 6, porém foi injustiçada demais. Enquanto a Grande Rio que não fez um bom desfile foi super privilegiada de uma forma injusta, a São que veio bem foi caneta de uma forma incrível, do lado negativo claro, só tenho a lamentar isso. Sem contar que a agremiação levantou a Sapucaí, deixou o público já pegando fogo, e sem contar que aquela mulata inflável foi o máximo, não era carnavalizada, porém tinha a essência do carnaval, a ideia dos balões foi muito bacana.

  • Avatar
    18/03/2012 17:57:00João PauloMembro SRZD desde 27/06/2011

    Bom, eu sei que aqui não é o local disso que irei comentar, porém quero compartilhar a minha visão do desfile da São Clemente com todos. Como falei anteriormente, eu não tinha visto o desfile oficial da São Clemente, aliás vi sim, porém o final, então por isso não teve como julgar a escola assistindo somente o seu finalzinho. Porém ontem vi o desfile e só tenho uma coisa a dizer: garfaram e canetaram a São Clemente, estou revoltado com isso, se já fiquem revoltado com certas coisas no que se refere ao resultado final do carnaval 2012, isso que fizeram com a São vem pra se juntar a outras coisas. Que injustiça. Bom, mas vou fazer aqui a minha análise sobre o desfile da Clemente em 2012. Sem sombra de dúvidas foi o maior desfile de toda história da escola de Botafogo, foi um desfile leve, alegre, onde a São deslizou na Sapucaí, enfim, resgatou aquela alma debochada, irreverente e alegre da escola que estava muito perdida. A comissão de frente veio bem, acho que apenas a coreografia poderia ser um pouco mais consistente, mas no geral a comissão teve um saldo positivo, as notas dadas a ela não condizem com o que ela apresentou. O casal de mestre-sala e porta-bandeira veio bem, acho que só faltou um cortejo maior do mestre-sala em relação a porta-bandeira e ao pavilhão, tem que perder 1 ou 2 décimos por causa disso. A estética da São Clemente estava de um bom gosto muito mais muito bom, o Fabio Ricardo é um carnavalesco com um estilo classudo, acho que ele não se enquadra muito bem no perfil da São, porém está sabendo negociar o seu tipo de fazer carnaval com o da escola, as fantasias só tinham algumas irregulares, mas no geral estavam boas, as alegorias muito bem acabadas, foi como disse, o bom gosto na São estava ótimo, afinal de contas o seu carnavalesco é maravilhoso, de um talento enorme, o Fabio Ricardo está em um processo de ascensão muito grande, creio que daqui a uns 2 carnavais ela já será uma realidade indiscutível

  • Avatar
    17/03/2012 22:27:18NiloMembro SRZD desde 27/06/2011

    Robson Barbosa, você tem toda razão. Que eu me lembre, a ultima vez que veio um enredo sobre televisão foi em 1992 quando a Beija fez "Um ponto de luz na imensidão". Se lá pra cá a TV mudou e muito. E muitas dessas mudanças se devem ao Boni, que está sendo tão criticado como possível tema de enredo. Muitos assuntos poderiam voltar repaginados e com cara de novos, por que não? Perfeita essa sua análise.

  • Avatar
    17/03/2012 21:20:12domingos lopezMembro SRZD desde 11/06/2009

    O PAULO BARROS Ã? UM CARNAVALESCO PROMISSOR E O FUTURO Ã? ELE SIM NO PRESENTE...ASSISTIR PELA PRIMEIRA VEZ SEU TRABALHO EM 2004 FIQUE IMPRESSIONADO PELA DESENVOLTURA DA PLÁSTICA PEDAGÃ?GICA DE SUAS ALEGORIAS...NESTE 2012 ASSISTIR NOVAMENTE ...OBSERVEI PELA MANHA SUAS ALEGORIAS RUMO AO DESFILE DAS CAMPEÃ?S , FIQUEI NOVAMENTE IMPRESSIONADO PELAS FORMAS DO NOSSO NORDESTE ALI TÃ?O BEM APRESENTADAS EM FORMA DE ESPETÁCULO... PARABÃ?NS PAULO BARROS O FUTURO DA SAPUCAÃ? Ã? O HOJE VOCÃ?... A OBSERVÃ?Ã?O E A IMAGINAÃ?Ã?O... QUEM SABE ???????? UM ENREDO SEU PARA ESSE FUTURO QUE JÁ COMEÃ?OU......ACEITE OU NÃ?O QUEM QUIZER!

  • Avatar
    17/03/2012 21:00:42Robson BarbosaMembro SRZD desde 21/12/2011

    Não vou ficar citando ninguém, mas vejo carnaval desde 1988 e desde lá só tenho a agradecer ao Joãozinho Trinta pelos grandes carnavais, ao Dominguinhos do Estácio por sua voz encantadora, ao Renato Lage e sua esposa, com os títulos da Mocidade que estão em minha memória até hoje, além dos campeonatos da Imperatriz, onde cito as comissões de frente, como a do Leque, que maravilha, onde esses e outros momentos não farão esquecer e deixar de gostar do carnaval. Carnaval sem shows pirotécnicos na época, mas com muita criatividade e neons, como a criatividade do "Espetacular Paulo Barros" da atualidade. Desfilo na Unidos da Tijuca a 06 anos apesar de ser Portelense, mas confidencio que a mesma é atualmente 50% do meu coração, onde apesar de algumas fantasias pesadas e às vezes coreografias cansativas, o fim do desfile na Unidos da Tijuca, sempre reservam um gostinho de quero mais. E sobre a Portela Sr Rosana, o acidente foi um acaso de um ladrão que invadiu o ensaio, pois isso aconteceu em outros casos vistos na TV e porque o caso sendo na Portela, deveria ter mais valor da mídia, devido a um maluco invadir pista interditada? Concordo com a Sr Rosana que falar de carvalo é estranho, mas é arrojado, apesar de não ser muito fã da Beija Flor atualmente, pós Joãozinho Trinta, mas acho que o novo nos tempos atuais são sempre aceitos com certeza, como fez a Porto da Pedra com o iogurte, apesar de não ter sido feliz, pois era um enredo arriscado e não foi bem elaborado. Cabe resaltar que enredos cuturais apesar de já apresentados, podem ser sim inovadores, pois a história nos mostram mudanças, devido a descobertas de historiadores e cientistas. Alguém já falou da inovação da TV nas últimas duas décadas? Acho que renderia um ótimo enredo. E a evolução do mundo indígena? Como a Renascer, que gostaria de falar da Ferrnanda Montenegro. Acho que há mais celebridades que poderiam ser exploradas, falar tb de outros países e suas c

  • Avatar
    17/03/2012 19:18:13NiloMembro SRZD desde 27/06/2011

    Ã? aí que você se engana, Gabriel Rodrigues. Salgueiro é um exemplo de escola que sobreviveu muito bem a desvinculação com o Jogo do Bicho. O Mirinho morreu, mas nem por isso o Salgueiro se deixou abater. Hoje é uma grande escola, muito organizada e não depende de Bicheiro pra ser a potência que é. Beija-Flor tem muita condição de seguir muito bem também. O carnaval da Tijuca não foi nada pobre. A escola ganhou foi 6 milhões do governo de Pernambuco. Não sei de que ano você está falando, mas o fato é que não se pode analisar comissões de frente de uma forma comparativa. A comissão de uma escola, por mais perfeita que esteja, não serve para outra escola. Cada uma está inserida num contexto de enredo específico. A a Tijuca serviu pra Tijuca, a da Beija serviu pra Beija e foram julgadas de acordo com sua função e atuação no desfile.

  • Avatar
    17/03/2012 01:53:21flavio ferreiraMembro SRZD desde 23/01/2012

    Paulo barros o maior causador de inveja do carnaval, vc é o melhor de todos, 95% do publico verdadeiro do carnaval te ama. TIJUCA CHUTA O BALDE EM 2013

  • Avatar
    17/03/2012 01:50:40flavio ferreiraMembro SRZD desde 23/01/2012

    Acho vc uma burra ignorante rosana! vc ja teve aula de historia, vc sabe oq é um enredo cultural, sera q vc ja fez algum pesquisa pra saber e falar do enredo da beija -flor. acho q nao.

  • Avatar
    16/03/2012 22:16:14Gabriel RodriguesMembro SRZD desde 20/02/2012

    Nilo só uma coisa eu concordo com vc esse ano ele pareceu mais relassado em relação ao ano passado mas aquela comissão foi muiiiiiiiiiito melhor que a da sua beija flor que pra mim teve sorte de voltar no sábado pois pra mim a Portela tava 1 000 000 de vezes melhor que a beija melhor em samba,fantasias,alegorias e bateria

  • Avatar
    16/03/2012 21:59:31Gabriel RodriguesMembro SRZD desde 20/02/2012

    Carnaval sem Paulo Barros não e nada desde que castor morreu Mocidade não foi nada , sem o Anísio a beija flor não e nada . Sao tantas escolas que precisam de dinheiro para poder encher a boca pra todo Mundo falar que ta por cima mas com Paulo Barros não e isso não ele faz carnaval pobre mais que fica guardado na mente de todos nos nunca vou me esquecer do carnaval de 2010 que naquele foi até covardia ter apuração pois todos sabiam que ia dar Tijuca parabéns Paulo Barros

  • Avatar
    16/03/2012 12:35:46NiloMembro SRZD desde 27/06/2011

    Obrigado pelas palavras Leandro Assis, e é isso aí mesmo. Qualquer coisa pode virar enredo e se for trabalhado com competência pode dar certo. Concordo que existem temas fáceis e temas difíceis. Tem enredos que já vem prontos, outros fazem o carnavalesco tirar leite de pedra. Depois de tantos carnavais, 80 anos de desfiles de Escolas de samba, fica um questionamento: Do que falta se falar? Já se falou de tudo (será?). Qualquer coisa que se fale vai parecer repetido. Por mais que se tente sair da mesmice algo vai lembrar um carnaval que passou. E novas ideias, por mais esdrúxulas que pareçam a primeira vistam merecem nosso crédito. Não se pode criticar algo que não se conhece. Ainda é cedo pra fazermos julgamentos. Vamos esperar saírem as sinopses para podermos dizer se esse ou aquele enredo vai ou não dar samba. Abraços.

  • Avatar
    16/03/2012 11:59:36Leandro AssisMembro SRZD desde 23/11/2011

    Grande Comentário Nilo, tudo pode ser carnavalizado, ou será que devemos só falar de índio, África e etc, se fosse assim o raciocínio, poderiam acabar os desfiles, senão tudo seria repetido ou alguém acha que a Imperatriz que vai falar de Pará, não vai citar o Círio de Nazaré? pelo amor de Deus temos realmente que sair da mesmice, falemos de Manga Larga, de Banho, de DNA, de Gonzagão, até de Iogurte, o que não dá é ficar no mesmo lenga lenga de sempre, INOVAÃ?Ã?O é a palavra no mundo atual então saiamos do lugar comum e busquemos novidades, parabéns ao Laíla pela coragem (é até redundante) em defender um enredo patrocinado que não é comum, porém NUNCA foi feito, parbéns Beija-Flor pela ousadia!!!! Um abraço a todos!!!

  • Avatar
    16/03/2012 01:42:55NiloMembro SRZD desde 27/06/2011

    "Luiz gonzaga tudo bem tem haver com carnaval,pois era um forrozeiro, um cantor." E o que diabos forró tem a ver com carnaval? Aí é que está. Não tem nada. E é por isso que deu certo (poderia ter dado mais certo ainda). Quem determina o que tem a ver com carnaval ou não? Ã? você, amiga rosana? Se você não sabe o que cavalo de manga larga tem haver com carnaval, espere até o carnaval de 2013 que a Beija-Flor vai mostrar pra você e para os outros preconceituosos de plantão que nem esperaram a sinopse sair para começarem suas criticas sem fundamento. Pro seu governo, a essa raça de cavalos, como tudo, tem uma história. Se você não a conhece, o GOOGLE está aí pra resolver esses casos, se mesmo assim não conseguir vá a uma boa livraria que com certeza deve ter uma boa literatura sobre o assunto. Boni também tem muita história pra ser contada pois ele revolucionou o modo de fazer televisão no Brasil. Assim como Hebe e tantos outros. Se o carnavalesco tiver talento, criatividade e competência ele transforma qualquer coisa em carnaval. Laíla não é de brincar em serviço. Se ele aceitou esse enredo ele sabe o que está fazendo. Agora se você é mais criativa do que esses enredos que você critica, porque não vai oferecer seus préstimos de enredista para as Escolas que ainda não tem? Quem sabe um enredo seu não seja adotado?

  • Avatar
    16/03/2012 00:23:27rosanaMembro SRZD desde 15/03/2012

    Falar de cavalos ,acho isso uma simples modo de tirar dinheiro para fazer um carnaval rsrs.Achei engraçado.A outra ia falar de boni,o que Boni tem haver com carnaval,e o que ele tem para contar num enredo.Agora será hebe camargo.Cada enredo sinceramente,ou eu sou burra ou as pessoas estão mudando o carnaval.

Comentar