SRZD


12/03/2012 21h53

'Não se pode dizer que estão expulsos ainda', diz advogada dos bombeiros
Luis Philipe Souza

Foto: Reprodução de TVA advogada Grace Martins, que defende os bombeiros grevistas do Rio de Janeiro, afirmou que o cabo Daciolo e os outros 12 militares não podem ser considerados expulsos da corporação. 

"Estamos esperando a intimação da decisão. A partir daí começa a correr o prazo, portanto, não se pode dizer que estão expulsos ainda. Você tem cinco dias da intimação da decisão para recorrer", explicou.

Ela alegou que não chegou nenhuma comunicação de que o conteúdo teria sido publicado no Boletim Interno do Corpo de Bombeiros. 

"Se isso ocorreu, está errado. Primeiro eles deveriam dar ciência aos interessados, mas nós não fomos informados sobre isso. Falei com o cabo Daciolo que me confirmou que, até as 18h, nada tinha sido publicado no boletim", explicou.

Por meio de nota, o Movimento dos Bombeiros esclareceu que recebeu a notícia pela imprensa.  O grupo se referiu aos grevistas em questão como "13 pais de família que no total efetuaram o salvamento de milhares de vidas".

Os bombeiros ressaltaram ainda o caráter "pacifista e ordeiro" do movimento e criticaram a forma de tratamento com os grevistas.

"Lembramos que estes 13 pais de família foram presos em BANGU 1, em presídio, de forma arbitrária e ilegal, mantidos em celas de 2mx2m durante sete dias", diz trecho da nota.

Além de Daciolo, o Corpo de Bombeiros decidiu por retirar do quadro os cabos Alexandre Salvador de Azevedo, Paulo Roberto Noronha dos Santos Junior, Adhemar de Queiroz Balthar Junior e Andrei Carlos Azevedo dos Santos, os sargentos Heraldo Correia Vieira, Alexandre Gomes Matias, Wallace Rodrigues Chaves, Harrua Leal Ayres, André Manoel Pontes Matos, Daniel Alves dos Santos e Paulo Edson de Campos do Nascimento, além do subtenente Valdelei Duarte.



Comentários
  • Avatar
    13/03/2012 03:53:31helioAnônimo

    os nossos governantes ainda não observaram que agindo com esse rigor, não resolverão os problemas de segurança pública, antes estão excitando a tropa, levando-os a um futuro movimento nacional.

  • Avatar
    13/03/2012 00:05:26Francisco Jesus da PazAnônimo

    Esses 13 Bombeiros são 13 heróis, que os admiro e tenho por eles o maior respeito. Se todos os Policiais Militares e Bombeiros Militares brasileiros tivessem a coragem e determinação como as desses 13 Bombeiros Militares cariocas, certamente o Brasil seria um país mais justo e com maior respeito à dignidade de cada brasileiro e de cada brasileira. A greve é um direito dos trabalhadores. Policiais Militares e Bombeiros Militares são trabalhadores e como tais devem ter o direito de greve. Contudo, a greve é um direito conquistado com lutas. Os Policiais Militares e Bombeiros Militares ainda tem que lutar muito para conquistar o direito de greve, como fizeram os demais trabalhadores. Portanto, lutar é preciso! Sou inteiramente solidário aos 13 companheiros do Corpo de Bombeiros do Rio de janeiro. O governo Cabral é passageiro, mas a dignidade desses 13 Bombeiros é eterna. Ã? uma indignidade e uma violência desmedida, os governantes de plantão imporem sacrifícios, penúria, salários aviltantes, péssimas condições de trabalho e de vida aos Policiais Militares e Bombeiros Militares e ainda lhes impor o silêncio, a obediência irrestrita, a submissão total, em nome da lei e da ordem pública e ainda chamar a infâmia e à injustiça social como se tratasse da essência do Estado Democrático de Direito, da ordem e progresso a ser defendida a qualquer preço. Não há democracia, nem Estado Democrático de Direito, nem ordem pública, sem respeito a dignidade da pessoa humana, a valorização, a cidadania e a prevalência dos Direitos Humanos de cada Policial Militar e de cada Bombeiro Militar, garantindo a cada um deles viver com dignidade e bem-estar social. Viva a Liberdade de todos! Tenente Paz

  • Avatar
    13/03/2012 00:00:33Mauricio SantosAnônimo

    Eu acho correto a expulsão destes líderes do movimento dos bombeiros, porquê a greve era política apoiada pelo PSOL, usar uma corporação tão linda e respeitada dessa para fazer política é inadmissível, agora sou a favor de um aumento para os bombeiros e policiais trabalhadores honestos, estes sim merecem o nosso respeito e admiração, mas sem políticos no meio para fazer baderna.

  • Avatar
    12/03/2012 23:12:07Jose FranciscoAnônimo

    Os bombeiros estão certos de fazer greve,eles estão no direito deles,como é que eles vão pagar aluguel de uma casa,colocar os filhos na escola e sustentar a familia deles?Se forem catar latinha na rua vão ganhar mais do que ganham na corporação.Dr.Grace Martins Deus q abençõe a senhora tomara q dê tudo certo ai pra ajudar os bombeiros.

  • Avatar
    12/03/2012 23:04:26joze farnciscoAnônimo

    Quem tem q ser expulso é o governador!Não os bombeiros que estão ai para salvar vidas,manda ele pegar o salário dos bombeiros e ver se dar pagar o avião q ele anda,paga a escolta e o carro blindado q ele anda com esse salário.Esse governador tem q toma vergonha na cara! Quando tiver eleição o povo do rio vai dar o troco pra ele,o governador não tem q ganhar menos do q um porteirob de prédio.

  • Avatar
    12/03/2012 23:02:10Sérgio de aguiar - vereadorAnônimo

    A ANISTIA 64/68 TEM O DEVER DE ACOMPANHAR ESSE CASO, VAI LÁ SE ESSES PRESOS POLÍTICOS MODERNOS NÃ?O PODEM DESAPARECER ?! CABRAL TÃ? PISOU NA BOLA.

  • Avatar
    12/03/2012 22:52:49Romulo - UFRJAnônimo

    Eu me nego a acreditar nessa barbárie. Dilma, não lave as mãos como fez pilatos ! PORÃ?ES DE 64 DE NOVO NÃ?O.

  • Avatar
    12/03/2012 22:33:27Antonio Muniz de AlmeidaAnônimo

    Voltou a Ditadura?E do meu conhecimento que e permitido fazer manifestaçao,ninguem esta revindicando mais do que lhe e justo.No entanto vemos que a liberdade de reclamar seus direitos legais,foi esquecido.So vemos puniçao e arbritaridade.Era melhor que continuasse a Ditadura porque ao menos se sabia que viriam prisoes,porque o Regime era este naqueles tempos.

Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.