SRZD



Valdeci

Valdeci

POLÍTICA. Jornalista da área de política com atuação em jornais, rádios, assessorias de imprensa e produção de TV. Já trabalhou para "O Popular", de Goiânia, e para "Correio Braziliense", "Jornal de Brasília" e "JB". Foi repórter de rádios como "CBN", "BandNews FM" e "Jovem Pan", em Brasília, e noticiarista das rádios "Araguaia FM", "Executiva FM", "Anhaguera AM" e "Terra FM", de Goiânia.

* Os textos desta seção não representam necessariamente a opinião deste veículo e são de responsabilidade exclusiva de seu autor.



10/05/2012 11h10

Problema do Brasil não é a Veja
Valdeci Rodrigues

Está dando nojo a insistência de uma ala do PT em criminalizar a revista Veja. É como se a publicação fosse a responsável pela corrupção no país.

 

O mesmo vale para o que os petistas empedernidos chamam de "a grande mídia". Há ainda os que usam a lorota de que os grandes veículos de comunicação não "conseguem" engolir a liderança do ex-presidente Lula, um semialfabetizado ex-operário.

 

A questão é simples: o mensalão, o esquema de propinas pagas a aliados do governo Lula, está para ser votado do Supremo Tribunal Federal (STF) como o maior escândalo político do país.

Na frente da guerrilha está o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, que perdeu até o mandato de deputado federal por conta da maracutaia e é apontado como "chefe da quadrilha".

 

A raiva de petistas com Veja vem desde o primeiro mandato de Lula porque não só a revista de maior projeção semanal noticiou com frequência a corrupção praticada por petistas que antes posavam de políticos éticos, como também estampou as relações espúrias da companheirada com o chamado "movimento social".

 

Antes, bem antes de se saber se o chefe da sucursal da revista em Brasília, Policarpo Júnior, falou tantas e tantas vezes com o contraventor Carlinhos Cachoeira, o mais interessante é descobrir como o bicheiro montou sua quadrilha nas entranhas do Estado.

 

Os petistas estão ensandecidos, contando com a possibilidade de desacreditar a revista que "cava" os crimes cometidos dentro do governo.

 

Se o principal argumento dos petistas que veem na Veja o próprio demônio fosse válido do jeito que eles imaginam, não seria possível obter informações no universo policial, onde são o bandidos que servem para elucidação de vários crimes. O que vale para o mundo dos engravatados.

 

Se o Palácio do Planalto se esforça para conter o impulso de petistas para investigar a imprensa inteira, é porque há gente ali que sabe que os meios de comunicação não publicam nem 30% de toda a sujeira que há nos governos --- seja de que partido for ---, incluindo aí o da presidente Dilma Rousseff.

 

O sonho do PT: veículos de comunicação que ficassem relembrando casos de corrupção do governo Fernando Henrique Cardoso, há mais de dez anos, e fechassem os olhos para a diuturna e ininterrupta roubalheira sob a estrela vermelha.

 

PS: Advogo que jornalistas que cometam crimes sejam julgados pela Justiça comum como todos os brasileiros. Até o momento o que existe de concreto é o PT ansioso para desacreditar Veja e tentar intimidar todos os veículos de comunicação que publicam "malfeitos" no governo petista. "Malfeitos", palavra amena que a presidente Dilma Rousseff popularizou para rotular a grossa, criminosa e desavergonhada sangria dos cofres públicos da nação que tem a segunda maior carga de impostos do planeta.

 

 

 


Comentários
  • Avatar
    29/05/2012 16:32:06Eduardo GalvãoAnônimo

    hahahaha Marcos Antônio, não sei se cuspo pro lado ou vomito... hahaha sempre assim, o mensalão nunca existiu... fique aí na sua estagnação mental enquanto seu Lula gasta seu impostinho... hahaha patético

  • Avatar
    18/05/2012 20:02:51silvioAnônimo

    Bem que eu avisei Valdeci, ninguem esta isento, ne POLICARPO !

  • Avatar
    10/05/2012 17:58:41Sonia Francine Gaspar MarmoAnônimo

    A Veja às vezes abusa mesmo. Sua "contrapartida" governista, a Carta Capital, também. Mas imprensa boa é imprensa parcial a favor, né?

  • Avatar
    10/05/2012 13:04:51MarquesAnônimo

    Concordo com o articulista quando afirma que a Veja não é "o problema" do Brasil, mas entendo que qualquer veículo de comunicação em massa que atende abertamente interesse de contraventor deve respostas à sociedade, aos seus leitores e anunciantes. Acho importante abrir este debate, se necessário na CPI, para que reste esclarecido aos leitores de Veja que muitas vezes este veículo de comunicação de massa trata "opinião" como se fosse "notícia". Como afirmado pelo Marcos Antônio, para que determinada matéria ou denúncia mereça ser tratada como notícia, faz-se necessário, ao menos, apresentar indícios de provas que dão suporte à denúncia. Caso contrário, tal matéria deve ser tratada como pura leviandade ou, o que é pior, tentativa inescrupulosa de enganar a opinião pública. Há provas do envolvimento de Policarpo com Cachoeira! Cabe à Veja esclarecer o grau deste envolvimento. Não solucionaremos os problemas do Brasil, mas, com certeza, estaremos avançando neste sentido.

  • Avatar
    10/05/2012 12:19:54silvioAnônimo

    Há, trabalhei em jornais durante quase dez anos, e so pra enlustrar o que estou escrevendo.

  • Avatar
    10/05/2012 12:12:15silvioAnônimo

    E QUE TEM VAGABUNDOS EM TODOS OS LUGARES, E JORNALISTAS NAO ESTAO ISENTOS, ASSIM COMO NA POLITICA , NA IMPRENSA TAMBEM TEM SEUS "DEMOSTENES".

  • Avatar
    10/05/2012 11:59:46MARCOS ANTÃ?NIOAnônimo

    meu caro,já esta provado que esta revista é que é bandida,tem provas,e na época do mensalão nunca se ouviu uma escuta,vc quer tampar o sol com a peneira,estou lutando com toda aminha força e contando com a ajuda de milhares de amigos e divulgando,porque uma revista que não traz provas do que fala não merece respeito.

  • Avatar
    10/05/2012 11:37:25AlbertoAnônimo

    Nenhuma novidade na República de Saló.

Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.