SRZD


25/05/2012 19h25

Lierj e Liesa: Ficar de atalaia nunca é demais
José Carlos Netto

O intrépido jovem sambista Déo Pessoa assumiu por unanimidade o pomposo cargo de mandatário da já então despedaçada LESGA. De imediato, e com apoio geral das escolas de samba dos grupos A e B, trocou o nome da entidade, que passou chamar- se LIERJ.

Não sei se uma simples troca de letras no nome de uma em entidade é a solução para tantas e tantas lambanças que rolaram por lá, no seu pouco tempo de existência tendo na gestão do edil Reginaldo Gomes. Sei sim, que o Déo Pessoa assumiu e garantiu seriedade e competência no exercício do cargo de presidente da LIERJ.

É claro que isso é o mínimo que se espera dele. Déo Pessoa foi presidente da ES Acadêmicos da Rocinha. Ele teve a difícil missão em substituir o empresário portelense, Maurício Mattos como presidente da Rocinha numa época muito conturbada, por várias ocorrências policiais, acontecendo na comunidade de São Conrado e adjacências.

É bom lembrar que ele está pegando, como diria o pessoal da antiga, uma espécie de "rabo de foguete", diante de recentes decisões de sua Excelência, o alcaide Eduardo Paes face ao vergonhoso resultado do desfile do Grupo A de Acesso no último tríduo momesco.

Eduardo Paes, como uma grande maioria dos sambistas não engoliram, e ainda e não aceitaram o nefando resultado, que acabou "consagrando" a ES Inocentes de Belford Roxo como campeã. O fato é que houve lambanças demais na entidade presidida, justamente pelo ex- presidente da então LESGA, também presidente
da Inocentes de Belford Roxo.

O fato do novo mandatário da nova LIERJ ainda não ter conversado oficialmente com a cúpula da Riotur, e tampouco não ser recebido em audiência pelo prefeito, não invalida suas boas intenções e disposição de colocar a casa em ordem.

O senhor prefeito Eduardo Paes vai recebê-lo quando a eleição tiver mais próxima. Ele vai bancar o "gato mestre", dando o dito pelo não dito. Afinal esse é um ano político. Basta se listar o número as obras inacabadas que a cada dia são inauguradas na cidade.

É lógico que o senhor prefeito não vai querer fiquem contra ele (candidatura á reeleição) as escolas de samba da LIERJ. Seria uma burrice sem tamanho. Só o mais tolo político cometeria tal desatino.

Não tenho poder de aconselhar a ninguém. Como não sou pago também para apresentar sugestões ao presidente da LIERJ, mas a sua primeira providência, tão logo sentou no trono, seria destituir toda á antiga diretoria por "enes" motivos.

O principal deles foi à concordância de quase todos com tudo que rolou no resultado do desfile e maneira como se portou o então presidente Reginaldo Gomes.

Uma informação: o portelense Marquinhos Fernandes já foi apeado cargo de Diretor de Carnaval da entidade e agora está desempregado. Entra para os quadros da nova LIERJ, o garotão Ralph Guichard. Este escriba, com passagem pela Rádio Tupy, vai para a entidade montar uma verdadeira equipe de Comunicação e Imprensa. Coisa  que lamentavelmente o radialista Miro Ribeiro da Rádio Manchete, não soube fazer ou faltou competência para tal. Pelo se vê a limpeza na LIERJ já começou e ainda vai pegar muita gente.

Só o presidente do Olivier Pelé da ES Acadêmicos do Cubango de Niterói, foi contra a lambança. Os demais presidentes colocaram os rabinhos entre as pernas, e ainda por cima deram apoio aos desmandos praticados pelos julgadores escolhidos pelo cidadão Reginaldo Gomes.

Outra decisão mais do que acertada seria o Déo Pessoa se livrar das escolas do Grupo B de Acesso. Que elas voltem para a sua entidade de origem, no caso a 

sua entidade de origem, no caso a Associação das Escolas de Samba (AESCRJ), onde segundo consta já existe até um processo cassação do presidente José Eduardo, o popular Zé Orelhinha. Que a nova entidade fique apenas com as escolas de samba ali filiadas. Isso seria meio caminho aberto quando ele for falar com o senhor alcaide.

Por fim lembro que na década de 90 foi fundada também uma entidade paralela á poderosa LIESA. Foi a LIESGA, presidida pelo então deputado federal Paulo de Almeida, também na ocasião presidente da LIESA. A escriba Teresinha Monte era a vice-presidência da entidade. Mas teve vida curta essa bendita entidade porque surgiram os mesmos escândalos no que diz respeito ao julgamento tal aconteceu agora na LESGA.

Portanto, Déo Pessoa abra bem o teu olho, pois ai mesmo nos quadros da LIESRJ, já existe gente começando querer jogar contra. Fique também de atalaia, pois o douto prefeito já prometeu anteriormente "mundos e fundos" para as escolas de porte menor e até agora "neris".

Por outro lado, li e reli com atenção redobrada atenção a excelente entrevista (publicada aqui no www.srzd) do nosso sempre Jorginho da Liga sobre o futuro da entidade que terá eleição agora. Jorge Luís Castanheira disse que está precisando descansar um pouco, mas se preciso for continuará no batente. Contudo deixou escapar que poderá aparecer até minutos antes da votação uma chapa pleiteando o posto.

Mais uma vez vou riscar: todos nós sabemos da situação do Jorginho dentro da LIESA. Ele está por lá desde primeiro presidente da entidade que foi o finado Dr. Castor de Andrade. Ora, meus bons e fieis Internautas, sabemos também que é impossível se encontrar um nome atualmente no samba em condições reais para ser o presidente da LIESA.

Por medida de ética não cito esse ou aquele futuro pretendente. Mas os nomes que andei ouvindo pelo samba afora são certos que não vejo em nenhum deles um cidadão (ã) á altura para o espinhoso cargo.

A grande verdade é que a LIESA vive um momento difícil em sua trajetória. Sem os bicheiros, que num passado não muito distante, fizeram da entidade um órgão de real valor financeiro e até politicamente falando, elevando espetáculo da Marquês de Sapucaí ao mega- show que é hoje, a coisa fica um tanto que complicada.

Jorginho lembrou ainda que a LIESA recronstruiu em tempo recorde os barracões na Cidade do Samba da Portela, União da Ilha e Acadêmicos do Grande Rio, que haviam sido incendiados em novembro do ano passado.

Então cabe uma perguntinha para o amigo Jorginho da Liga: por que então a LIESA não assume também a conclusão das obras no Sambódromo, já que a prefeitura deixou tudo estacionado no meio do caminho? Se a LIESA teve condições para começar e terminar com as obras na Cidade do Samba, pode perfeitamente acabar com aquilo que o senhor prefeito começou e nunca demonstra capacidade para terminar no Sambódromo.

Daqui do meu cantinho, acredito que Jorginho e o Déo Pessoa deveriam selar uma espécie de pacto pro samba para evitar futuramente situações constrangedoras como foi a "vitória" da ES Inocentes de Belford Roxo no último Carnaval.

E podem anotar: o senhor alcaide da mui leal e abençoada cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro no último minuto do jogo vai inocentar, sem paródia, a escola da Baixada mantendo a validade do estranho "resultado" do desfile.


Comentários
  • Avatar
    30/05/2012 10:55:23Almir da Silva LimaMembro SRZD desde 11/10/2011

    Tô estreando comentando texto deste prestigioso sambista-blogueiro mangueirense. Meus respeitos. Assim, em 1º lugar, não sabia que o capo da contravenção penal do jogo do bicho e de outras práticas criminais e presidente do GRESIL - agora apelidado de "empresário zootécniso" (rsrsrs) - é torcedor da Verde-Branco de Madureira. Em 2º lugar, o problema principal do maior espetáculo da Terra é ele ser do interesse público carioca, estadual, nacional e mundial, porém, ter sido indevidamente privatizado a partir de 1985. Moralizar o mundo do samba afastando dele os citados "empresários zootécnicos" se trata de uma questão imprescindível. Porém, específica e complementar à necessidade do Carnaval voltar a ser estatizado (estado democrático, transparente e ético). Em 3º lugar, o citado burguês diretor-presidente de uma revista turística-carnavalesca e ex-presidente de uma agremiação da zona sul pertencente ao Grupo Acesso A, embora seja portelense, não serve para ser presidente da Majestade do Samba. Ele por identidade de classe social é aliado dos "empresários zootécnicos" infiltrados no mundo do samba e na LIESA. A revista dele, para não prejudicar os interesses da LIESA, só circula às vésperas do Carnaval. Para não me alogar mais, a LIESA precisa passar a ter como presidente, ou o seu secretário do Conselho Deliberativo e presidente da Majestade do Samba, ou a sua suplente do Conselho Fiscal e presidente da Academia do Samba. Saudações carnavalescas, Almir portelense de Macaé.

  • Avatar
    30/05/2012 10:51:26KELISMembro SRZD desde 05/07/2011

    COMEÃ?OU A CAMPANHA-------------------------------- -------------WANTUIR VOLTA PRA PORTO E TIRA ELA DO BURACO AINDA Ã? TEMPO DE VOCÃ? DAR ESSA AJUDA OU MELHOR RETRIBUIR O MESMO QUE FOI FEITO CONTIGO NO SEU INÍCIO DE CARREIRA. A PARTIR DE HOJE COMEÃ?A A CAMPANHA ""VOLTA WANTUIR PRO TIGRE DE SÃ?O GONÃ?ALO"".

  • Avatar
    30/05/2012 05:24:14mineirinho vdgMembro SRZD desde 12/08/2011

    olha gente com relação a declaração do prefeito , eu acho que ele tem o dever de anular o resultado do grupo A QUE FOI UMA VERGONHA , AGORA NÃ?O TEM QUE SUBIR NINGUEM E TEM QUE MANTER O DECENSO DAS DUAS REIBAIXADAS DO GRUPO ESPECIAL , ALGUEM TEM QUE POR FIM NOS DESMANDOS DESSES PRESIDENTES JÁ QUE O DINHEIRO E PUBLICO .

  • Avatar
    29/05/2012 18:03:55fabianMembro SRZD desde 28/04/2012

    boas palavras tudo é verdade

  • Avatar
    29/05/2012 14:25:57celio pacheco valMembro SRZD desde 08/05/2009

    mmm

  • Avatar
    27/05/2012 18:37:00Katia CileneMembro SRZD desde 22/03/2010

    Não entendo pq as pessoas estão tão preocupados com o resultado final, pq não acreditar e apoiar? Pois no meu ponto de vista deveríamos ajudar, insentivar e acreditar; as pessoas ficam fazendo comentários maliciosos, o que as pessoas não tem coragem de citar é que quando o Luizinho Drumont (Pres. da Imperatriz Leopoldinense e Império Serrano de coração) foi presidente da LIESA a Imperatriz foi tri-campeã 99/2000/2001 será que a escola não mereceu? As pessoas que fazem estes tipos de comentários, deveriam ter coragem de comentar sobre o grupo especial, ou será que pela razão de serem bicheiro ninguém fala nada? será que se o Déo Pessoa fosse um bicheiro vcs teriam coragem, sabe o que eu acho é que vcs deveriam se oferecer para ajudar de graça e não criticar ou duvidar. Vamos Presidente, siga em frente o carnaval te espera.

  • Avatar
    27/05/2012 12:38:23flavioMembro SRZD desde 22/09/2010

    Isso é carnaval como o presidente da nova entidade que pertencia a uma escola que deveria ter sido rebaixada para o grupo B pode prometer organizar se mantém os erros da antiga já começa comprometido o resultado do próximo carnaval com o mesmo discurso vamos fazer diferente as mesmas coisas. Zé discordo do grupo B voltar para aescrj não vai melhorar nada para essas escolas.

  • Avatar
    26/05/2012 20:42:55KELISMembro SRZD desde 05/07/2011

    A PORTO DA PEDRA Ã? MUITO ATRASADA PRA ANUNCIAR AS COISAS ELA NÃ?O APRENDE O PROBLEMA TÁ LÁ DENTRO JÁ FALEI QUE EXISTE UM CANCER NA ESCOLA QUE NÃ?O SABE E NÃ?O ENTENDE NADA SÃ? QUE R DINDIN. 2013 JÁ TÁ NA CARA. SEU BURRO. SÃ? PODIA SER VICE

  • Avatar
    26/05/2012 20:28:45S.GonçaloMembro SRZD desde 17/07/2011

    Não vai ser fácil tirar esse titulo de 2013 da Rocinha, pode ser que Tuiuti chegue junto, o resto só deus sabe o que pode acontecer.

  • Avatar
    26/05/2012 10:02:21Katia CileneMembro SRZD desde 22/03/2010

    (2 / continuação do comentário abaixo)...caranaval, ao postar no seu blog após a passagem do Império dizendo que a campeã teria acabado de passar, cadê o respeito com a escola do presidente louco (Ac. da Cubango)? Prefeito se vc não atrapalhar estará fazendo uma grande coisa o Déo não precisa que vc, não se meta pois ele eu cantei a pedra antes que qualquer site ou escola que pudesse citar o seu nome como presidente da LIERJ esse tem futuro e carater seu futuro e grande. Presidente mesmo não fazendo parte da maior e melhor gama de seus amigos quero me colocar a sua disposição para o que der e vier. VAMOS LÁ PRESIDENTE !!!!

  • Avatar
    26/05/2012 09:47:42Katia CileneMembro SRZD desde 22/03/2010

    Creio que cada um com sua competência com sua qualidade e sua maneira de agir. Em questão aqui não é só uma simples mudança de sigla, e sim uma mudança de maneiras e atitudes e todos nós sabemos que a maneira dele administrar é diferente e levado em consideração a razão e não o coração isso é visão de futuro de empreendedor ou seja olhando para frente, o que não pode acontecer é existir interferencia política, como pode o Sr. Prefeito ao qual me recuso citar o seu nome dizer que tem ou não validar um título de uma agremiação que é o caso da Inocentes de Belford Roxo, quem é ele pois no regulamento de qualquer entidade carnavalesca não consta seu cargo hierarquico muito menos seu nome, nem na sua querida escola "Portela", em poder nenhum seja na função administrativa ou gerencial. O Déo é competente para executar esta função, primeiro é de boa índole, tem boa criação, tem conhecimento de causa, é família; é só olhar para trás e ver substituir Maurício Matos (um empresário / jorrando dinheiro)não é fácil, administrou uma escola onde sua comunidade estava cheia de problemas e não precisamos falar que a escola é o reflexo de sua comunidade. Contratou pessoas inteligentes para trabalhar com vc e a maior prova disso é que o seu sucessor manteve a base da escola. Falar de Déo é ter que lavar a boca para citar o seu nome usa o seu coração para apontar a direção mas elimina qualquer barreira pois a partir dai usa sua razão para aparar qualquer aresta, então sr. prefeitinho mantenha se fora não venha inventar de convidar a ES Império Serrano para ir para o grupo especial a escola tem competencia para isso, não precisa de vc que nasceu ontem a Império é um menino desde 1947 vc mas uma vez, nasceu ontem não se meta, se não tem o que fazer que eu não acredito nisso, não venha se meter com o que vc não conhece (esta provado que além de não conhecer não respeita qualquer escola, como prova disso fez no último

Comentar