SRZD


24/08/2008 09h43

Criatividade na festa do Grupo B
Isaac Ismar

Bela festa para as apresentações dos enredos das escolas do Grupo de Acesso B. Na noite chuvosa deste sábado, a Corações Unidos do Amarelinho foi a anfitriã da comemoração. A sua quadra simples, porém bem cuidada, acolheu ao mundo do samba. Por lá estiveram as agremiações que não têm tanto dinheiro como as co-irmãs do Grupo Especial, mas esbanjam criatividade e força de vontade.
 
Para a felicidade de quem assistiu as apresentações, as escolas do Grupo B não fizeram feio. Pelo contrário. Foi uma grata surpresa presenciar as exibições de Curicica, Sereno de Campo Grande, Unidos de Padre Miguel, Lins Imperial e Cubango. As ausências da noite foram a União de Jacarepaguá e o Boi da Ilha, que não fizeram suas apresentações.
 
Confira o resumo de cada escola:
 
Alegria da Zona Sul: Com uma apresentação simples, a Alegria levou um pierrô, um arlequim e uma colombina, que fizeram a leitura de texto sobre a vida de Heitor do Prazeres, homenageado no enredo "Heitor do Prazeres, carioca da gema, sambista de coração";
 
Independente da Praça da Bandeira: A escola cantou o seu último samba e contou com a exibição do mestre-sala e porta-bandeira e passistas. Um personagem circense lembrou os pontos turísticos não muito conhecidos no Rio de Janeiro. O enredo é "Redescobrindo a história e a cultura do Rio de Janeiro";
 
União do Parque Curicica: A apresentação que mais mexeu com o público. O enredo "O carioca é aquele: Espírito, paixão e fé" foi mostrado de forma bem humorada. A exibição retratou uma família carioca a caminho da praia, com direito a picolé para a platéia;
 
Tradição: Com o enredo "Saquarema, princesinha da Costa do Sol. De capital do surfe à casa do vôlei", a escola de Campinho levou uma grande destaque fantasiada para o palco, além de mestre-sala e porta-bandeira e passista. Eles sambaram ao som do último samba-enredo. Um dirigente da agremiação fez breve apresentação sobre Saquarema;
 
Sereno de Campo Grande: Outra boa apresentação. Para contar um pouco do enredo "Eu fiz tudo pra você gostar de mim. Ta - Hí - Cem anos de Carmem Miranda", uma atriz personalizada relembrou os principais feitos artísticos da "pequena notável" de forma criativa. Pena que os fogos de artifício - muito próximos da quadra - atrapalharam a parte final da exibição. Isso aconteceu durante o esquete de algumas escolas;
 
Unidos de Padre Miguel: Baco e outros deuses gregos para mostrar um pouco da história do vinho e a celebração da vida no enredo "Vinho, néctar dos deuses - A celebração da vida". A exibição foi bem executada artisticamente. Duas moças vestidas de servas ofereceram uvas para o público;
 
Lins Imperial: O enredo "Lapa: Estrela da vida inteira" teve burgueses, baianas vendendo frutas, capoeira, baile de carnaval, malandros e até funk. Um garotinho se apresentou ao som de "O Meu Guri", de Chico Buarque, e agradou o público. A finalização teve o ritmo do carnaval;
 
Jacarezinho: A apresentação do enredo "Ora pois, pois... Tem paticumbum à vista!" foi baseada na leitura de cada setor do tema e apresentação de esquetes. Zé Pereira, marchinhas, a serração de velha e outras folias de origem portuguesa eram lembradas no palco. Lusitanos que contribuíram e continuam ajudando o carnaval carioca, como Antonio Português, Fernando Horta e Carlinhos Maracanã foram alguns dos citados;
 
Cubango: A música "É D?Oxum", de Elba Ramalho, embalou a exibição dos personagens vestidos com roupas afros para a representação do enredo "Afoxé", reedição de 1979. Simples e rápida, a apresentação foi uma das mais belas;
 
Arrastão de Cascadura: Um casal dançou em ritmo de música cigana para mostrar um pouco do enredo "E foram felizes para sempre... A química perfeita das duplas";
 
Arranco: Criatividade no figurino dos dançarinos, com muita movimentação. Predominaram os tons lilás e azul. Só não foi possível entender a mensagem que a dança transmitiu para o enredo "O Arranco é todo amor...";
 
Corações Unidos do Amarelinho: A anfitriã fez o encerramento com apresentação da bateria, Hino Nacional, show de passistas e baianas. O enredo da Amarelinho para 2009 é "O Grito de amor e rebeldia de uma pátria livre".


Comentários
  • Avatar
    26/08/2008 17:10:25Raphael BoelckeMembro SRZD desde 29/04/2010

    Nao entra na minha cabeça como algumas pessoas nao tem o dom de entender uma coreografia clara e muito bem elaborada no palco Era o tempo dos deuses...Havia uma civilização onde a harmonia e o amor reinavam. Afrodite, deusa da beleza e da paixão sexual. Eros, deus do amor e do desejo. Uma civilização onde os seres possuíam quatro braços, quatro pernas, duas cabeças e dois troncos distintos, um deles feminino e o outro masculino, mas com apenas uma alma, essa harmonia provocou a fúria de outros deuses que enviaram uma tempestade com relâmpagos e trovões... Afrodite e Eros tentaram lutar, mas foi em vão. Cada relâmpago que caía na civilização atingia um ser, separando a parte feminina da masculina e dividindo sua alma ao meio, nao entendo como algumas pessoas tem a coragem de falar que nao entenderam o que isso tem haver com o "Arranco é Todo Amor" me descupem gente mas o trabalho do coreografo Alexandre Henrique foi ótimo !!!!!

  • Avatar
    26/08/2008 15:39:05Paulinho da IlhaAnônimo

    Parabéns a Lins Imperial que fez sem dúvida umas das apresentações mais emocionantes, todos bem caracterisados e de fácil compeenção para o público.O final com o menino ao som de O MEU GURI foi o ponto alto da apresentação. Parabéns a toda diretoria que caprichou.

  • Avatar
    26/08/2008 11:11:22Vó DoidonaAnônimo

    Tiago Knust: concordo plenamente com seu comentário, pena que pessoas com menos informação cultural não tenham entendido a mensagem passada pelo corógrafo. Pra vc que não o conhece, seu nome é Alexandre Henrique, que já fez trabalhos memoráveis em várias Comissões de Frente, cuja versatilidade vai da irreverência cômica no Arranco e Vizinha Faladeira entre os anos de 2000 e 2003, passando pela mistura de balé clássico e comtemporâneo na Paraíso do Tuiutí em 2003 e ainda por mesclar com propriedade a dança aos tripés, hoje tão em moda, na Cubango em 2004 e 2005 e na Vizinha em 2007.

  • Avatar
    25/08/2008 19:38:04FortesAnônimo

    Bom a mensagem que o coreógrafo passou foi muito bem interpretada: O que não foi entendido?? O casal no centro simbolizava o AMOR fizeram uma dança senxual, depois demostraram que o BEM sempre vence o MAL, quando derrubaram os dançarinos em volta. O que queriam SEXO explicito. Ah! Valeu Thiago vc tem razão ao dizer dança contemporanea.

  • Avatar
    25/08/2008 16:39:01André MagliariMembro SRZD desde 07/04/2009

    A mensagem que o Arranco transmitiu para todos é a vitória do Amor sobre o mal.

  • Avatar
    25/08/2008 14:05:14ViMembro SRZD desde 13/04/2009

    Parabéns a todas as agremiações e principalmente para Curicíca e Lins Imperial sem dúvida essas foram as apresentações mais impolgantes alem de facil compreenção do público.

  • Avatar
    25/08/2008 12:10:17luccaAnônimo

    Estive lá e gostei muito da apresentação da Lins Imperial , Curicica , Sereno e Arranco. Tb consegui entender a proposta do Arranco que mostrou sensualidade que faz parte da temática. Belíssimo trabalho corporal dos integrantes do Arranco!

  • Avatar
    25/08/2008 11:13:21Tiago KnustAnônimo

    Realmente a qualidade das apresentações melhoraram muito comparando com anos passados! O destaque foi: Alegria da Zona Sul, Lins e Arranco! Quanto a observação que colocarm no Arranco eu não concordo! Dava para entender sim a mensagem que eles queriam passar! Foi feita através de um balé contemporâneo e tinha um casal com uma dança bem sensual passando uma mensagem de amor! Bailarinos altamente coreografados e sincronizados. Parabéns a escola de Engenho de Dentro e ao coreografo que infelizmente ainda não conheço! Pessoas boas assim devem permancer no carnaval carioca!!! Sucesso

  • Avatar
    25/08/2008 11:05:08ejoinaAnônimo

    Chininha como esta o carandiru ? tudo limpinho ? vou passar lá segunda pra conferir se as moscas estão bem beijo no curpo !!!

  • Avatar
    25/08/2008 10:36:23SAMBISTAMembro SRZD desde 25/01/2010

    A pessoa "TÃ? FORA", lamento pelo seu comentário, o samba é do povo, esta coisa de elitizar (Escala, Canecão, Cidade do Samba de portas fechadas) é que está distanciando o verdadeiro sambista, em todos esses lugares têm muita violência, vc sabe disso, por tanto não faça esse discurso infeliz, só pq é em uma comunidade, lá nasce o verdadeiro samba, aposto que não é na Vieira Souto . SE ORIENTA APRENDIZ DE SAMBISTA!!!

  • Avatar
    25/08/2008 02:12:09ChininhaAnônimo

    Parabens a Parque Curicica e Arrastão de Cascadura, as melhores apresentações, estão pintando os favoritos.

  • Avatar
    24/08/2008 17:26:13JORGE TORRESMO PRESIDENTE INFANTES DO LINSAnônimo

    PARABENS A NOSSA LINS IMPERIAL FOI FEITA UMA BELA APRESENTAÃ?AO DO ENREDO. VALEU FLAVIO MELLO E THIAGO MENDONÃ?A COREOGRAFO DA NOSSA ESCOLA DE SAMBA MIRIM INFANTES DO LINS. THUAN MATHEUS REI DE BATERIA DA INFANTES DO LINS DEU SEU SHOW A PARTE DE MALANDRAGEM. AVANTE LINS RUMO AO CAMPEONATO.

  • Avatar
    24/08/2008 16:54:55MarujoMembro SRZD desde 16/08/2009

    Quero mandar um alô !..para .quem postou neste site, sob o anonimato de "TÃ? FORA", na proxima vez vou sugerir que a festa seja feita na Catedral do Rio de Janeiro, "SE LIGA" companheiro!... A violência está presente em todos os âmbitos da nossa sociedade e" DISCRIMINAR " esta ou aquela comunidade nâo tá com nada . Voce deve estar morando em outro País ou está em busca dos Jardins do Ã?den. Vale lembrar que, levar um pouco de alegria a essas comunidades carentes é fazer a parte do descaso do nosso governo que cada vez mais se faz ausente em propósitos sociais. Por vc peço desculpas aos nossos leitores pela seu INFELIZ COMENTÁRIO. MARUJO.

  • Avatar
    24/08/2008 16:17:31MarujoMembro SRZD desde 16/08/2009

    Fico feliz por saber que, a minha querida escola Arrastão de Cascadura, entre tantas laboriosas, está aí firme e forte sob a competência de sua Diretoria,Velha-Guarda,Bateria do Mestre Dinamite e demais segmentos, preparadíssima para fazer mais um brilhante desfile, em seu retorno a Marques de Sapucaí. Este ano estarei de fora da disputa dos sambas de enrêdo mas, daqui fico torcendo para que a Aúrea Poética de cada compositor esteja iluminada de inspiração para comporem um lindo samba enrêdo. Sadações a todos: MARUJO.

  • Avatar
    24/08/2008 13:21:56Paulinho do OuroMembro SRZD desde 04/05/2010

    Parabéns à todas as escolas, mas principalmente a União do Parque Curucica, por ter apostado no Amauri como carnavalesco. Podem esperar que a escola vai fazer bonito no desfile, pois, o cara é "fera". E eu tenho o prazer de trabalhar com ele.

Comentar