SRZD


14/06/2012 10h38

Confira sinopse da São Clemente para o Carnaval 2013
Redação SRZD

Foto: DivulgaçãoA São Clemente divulgou a sinopse para o Carnaval 2013. O enredo "Horário Nobre", que homenageia as novelas da "Rede Globo", foi desenvolvido pelo carnavalesco Fábio Ricardo. Confira.

Horário Nobre

''Tira o telefone do gancho, a gente se vê depois da novela.
Não estou, não aceito convite, que ninguém fale comigo.
Quero lagrimar, sorrir, torcer pelo par romântico, felizes para sempre!''

No ar: novela e desfile de Escola de samba, dois triunfos da brasilidade que rodam o mundo inteiro, como gloriosas narrativas artísticas e populares, rituais que constroem a identidade do povão brazuca: ''Tamos'' juntos e misturados, porque não importa quem seja - patroa ou empregada, vovô ou netinho; preto do asfalto, branco da comunidade; na taba indígena, do Oiapoque ao Chuí, todos nos procuramos e nos reconhecemos na mais legitima arte verde e amarela, carnaval e folhetim.

Então vem comigo, me acompanha porque hoje eu sou novela: o ibope da São Clemente não para de crescer porque ela não desliga nunca! De folhetim em folhetim, há quase cinquenta anos, ouve-se ''silêncio no estúdio, gravando''. Pois agora vai ser ''barulho no estúdio, sambando! Valerá a pena me ver de novo.

Tem abertura, ações paralelas, história central. A trama novelesca é um repertório de clichês, porque a vida sempre imita a arte deste espelho mágico: o golpe da barriga, a criança prodígio, a mocinha  sofredora que vive sorrindo, metade do elenco trabalhando numa empresa familiar, e na beira da morte o segredo é revelado - a rica enjoada é teúda e manteúda, o bofe é tábua que leva prego, o tipo que parecia honesto é o maior corrupto. Vale tudo, desde que tenha empatia, pegue, emplaque! Tem estória de riqueza e pobreza, pode ser moderna e retratar o passado, pode ser num tempo que ainda não existiu, ou um reino que jamais existirá; tem pescador do litoral ou vaqueiro do interior, gente do campo, da cidade. Arquétipos que não morrem, eternos que são em nossos corações: personagens que até acabam, mas não desaparecem nunca! Viva tantos conhecidos amigos que habitam a memória emocional tupiniquim, porque todos nós temos em nossas famílias, alguém que é a cara do personagem daquela novela, como era mesmo o nome? Seja pelo carisma que despertou, por uma tirada cômica ou até pela maldade extrema, tudo termina bem, porque a gente vai sempre se ver por aqui.

Uma emoção plimplinizada na Sapucaí, que hoje vira telinha de fábrica de sonhos: anunciando que vem aí mais um campeão de audiência, nossa Escola samba o produto que mais faz a cabeça do Brasil, em credibilidade e legitimação, pois além, de assistir, a gente repete que nem papagaio o bordão da novela que gruda que nem chiclete, donde se conclui que isso não é brinquedo, não: em todas as esquinas é ''inshalá, muito ouro!'' pra cá, ''na chon'' pra lá. Tô certo ou to errado? Tô podendo... E quem fala, se veste, se penteia e se maquia igual aos habitantes deste mundo mágico (quase real), que lança moda transformando milhares de cidadãs em Jade ou Maya (dá-lhe lápis de olho e rímel para marcar os olhos) que vão expor seus corpos na Medina ou em Saramandaia Malta. É só dar uma olhadinha na barraca do camelô: não esqueça salto alto e meias de lurex para ir a Discoteca, porque se o figurino da TV ganhou as ruas, é sinal de que a trama ''vingou''.

Se é para citar alguns, rápido vem a cabeça: o Brasil e um Bataclã, Sucupira é Brasília e Odorico Paraguassú mora no Congresso Nacional! João Coragem ficou com qual das três Glória Menezes? Ravengar tem caso com a Rainha Valentine? Gabriela não podia ter traído Seu Nachib; Ih, a Perpétua é Careca, Tieta arrancou-lhe a peruca; Natasha era uma vampira muito gostosa, e Isaura, uma escrava que nasceu branca. E pela última vez, quem matou a praga da Odete Roitman ou o querido Salomão Hayala? É que sem um bom vilão não tem namoradinha do Brasil que sobreviva, porque maldade e bondade são irmãs gêmeas (tipo Rute e Raquel) deste universo verossímil, ainda que nele, a gorda Dona Redonda possa explodir, e muita gente voltar da morte.

Como será que termina? O último capítulo é um frisson nacional, a opinião pública mobilizada com todo Brasil parado diante da televisão: vilão castigado (morre, enlouquece, se arrepende ou foge) e cena de casamento do mocinho com a heroína (só podem ficar juntos no final). Todo brasileiro tem um pouco de autor de dramalhão, até desconfia como termina, mas isso não tem a menor importância. As cenas da próxima novela mostram que na segunda-feira começa tudo de novo, e não percam o primeiro capítulo.

Somos os filhos de Janete e Dias, sobrinhos de Ivani! Tomara Deus, o Beato Salú e a Venus Platinada, que nunca deixaram de nascer os maravilhosos autores. Semeadores do sonho, são criadores que democratizam as questões urgentes para o nosso povo (drogas, aids, trabalho infantil, coronelismo, reforma agrária, corrupção política, minorias, racismo etc), e ajudam essa galera a compreender sua maravilhosa gênese de ser: tudo brasileiro noveleiro, cujas vidas são obras em aberto, assim como as novelas.

Milton Cunha, a partir da ideia de Roberto Almeida Gomes.

Veja também:

- São Clemente divulga logomarca oficial para 2013. Confira!



Comentários
  • Avatar
    18/06/2012 17:55:47André PolicarpoMembro SRZD desde 21/01/2012

    Assim como a sinopse da Inocentes, a São Clemente também não fez uma boa apresentação. A característica da sinopse foi muito válida: Irreverente, leve e informativa... Era em algumas partes interessante ler, em outras, vimos informações que não foram superenriquecida nem brilhantes, considerando-a um sinopse apenas funcional. Inocentes se sai um pouco melhor talvez por sua retratação poética e mais históricas com informações boas e inéditas, já que a São Clemente preferiu investir em bordões e em uma caracterização mais popular. Enfim, na briga pra quem desce ou não, Inocentes se sai melhor no quesito "Enredo".

  • Avatar
    17/06/2012 21:15:13MANGALARGAMembro SRZD desde 12/07/2011

    Mas quem disse que eu não sou um fake??? Eu disse ?? Acho que não!!! A fake em questão não é fake?? Deixa eu ver se entendi... Por eu postar um avatar, logo me chama de covarde... então todos os fakes são covardes, inclusive a que querem alçar como blogueira... EINH??? Querem um covarde como blogueira???Qual o problema em falar de política?? Não se fala de "Din Din e capitalismo" aqui???? Não a alienação "palamordeDeus"!!! Ah!! Tá... então vocês querem um Leão Lobo do samba... Com suas fofocas apimentadas nada imparcial... Entendi!! Pensei que fosse algo sério!!! Onde eu assino meu apoio???

  • Avatar
    17/06/2012 11:48:00MANGALARGAMembro SRZD desde 12/07/2011

    Mas quem disse que eu também não fake??? Eu disse ?? Acho que não!!! A fake em questão não é Fake?? Logo me chama de covarde... então todos os fakes são covardes, inclusive a que querem alçar como blogueira... EINH??? Querem um covarde como blogueira???Qual o problema em falar de política?? Não se fala de "Din Din e capitalismo" aqui???? Não a alienação "palamordeDeus"!!! Ah!! Tá... então vocês querem um Leão Lobo do samba... Com suas fofocas apimentadas nada imparcial... Entendi!! Pensei que fosse algo sério!!! Onde eu assino meu apoio???

  • Avatar
    17/06/2012 11:03:06Almir da Silva LimaMembro SRZD desde 11/10/2011

    Abro excessão, uma vez que a frase que sempre utilizo "Não toco pandeiro para [email protected] sambar" (rsrsrs) não é um dógma. Assim, considero tragicômico o "comentário" aqui postado anteriormente, nas seguintes questões: 1º Chama de fake a leitora que eu propugno ser gabaritada para tornar-se blogueira neste prestigioso site, quando a pessoa se acovarda escondendo sob um adjetivo que identifica uma raça de cavalo. 2º Tal comentário de oposição se desnuda revelando-se ignorante em relação ao papel de uma pessoa na função (não-remunerada) ou cargo (remunerado) de [email protected] que é noticiar os fatos do dia-a-dia sob um ponto de vista crítico. Isso a pessoa propugnada e gabaritada para tornar-se blogueira faz. O que ela não faz é desrespeitar o ensinamento do mestre Candeia: "O sambista não precisa ser membro da academia (...) Sua poesia é que o faz imortal". 3º Analfabetismo político acaba causando mesmo ignorância em uma pessoa, pois, ela se arrosta pretendendo posar de "provocadora" quando sequer sabe em qual espaço do site é destinado o debate de idéias sobre: Ser socialista, populista, mensalão e ou política partidária... Para não me alongar mais. Saudações carnavalescas, Almir portelense de Macaé.

  • Avatar
    16/06/2012 21:59:53Igor FreitasMembro SRZD desde 21/02/2011

    Fraquiha, fraquinha... espero que saia um bom samba de tudo isso.

  • Avatar
    16/06/2012 19:41:15MANGALARGAMembro SRZD desde 12/07/2011

    Não acho que esta fake deva se tornar "blogueira" até porque duvido que ela seja Ela... Acho também que um blogueiro tem como obrigação ser imparcial, e nem de longe "ela" é!! Ao contrário, mais passional impossível!! Fora que todas as suas afirmações tem embasamento no seu "achismo"e gosto pessoal,ou seja completamente subjetivos. Fora as brigas diárias em que "ela", se envolve... Ora, um blogueiro tem que se dar o respeito e assim conquistar credibilidade... Coisa que "ela" mesma tratou de acabar. Nem venham com o papo de inveja, recalque e blá blá blá, pois não preciso disso. Só acho um absurdo colocarem num altar um fake que insiste em escrever errado e que só denigre o carnaval, chamando as escolas de piniqueiras a todo instante... Ok!!! Se ela quer ver escola capenga, que vá para a Intendente Magalhães, ou que mude fale da seleção de handebol que joga pro amor a camisa!!! na boa, acho esse discurso tão socialista e careta fora a hipocrisia. Mas enfim, o povo mesmo com mensalão e todas as palhaçadas do PT ainda aplaudem a sigla e o populista do Lula, o que dira uma fake!!

  • Avatar
    16/06/2012 10:19:43Almir da Silva LimaMembro SRZD desde 11/10/2011

    Estimada Duquesa Dholores Arruda a 'Nana Dholores', prezada Luana Freitas e demais leitores e leitoras deste prestigioso site, espero que com o que direi a seguir, eu não precise mais propugnar isso. O fato é que a leitora que eu defendo tornar-se blogueira neste site já comprovou ser gabaritada para isso. Haja vista, nesse excelente elenco de blogueiros encontra-se desproporcional (antidemocrática) a participação feminina. Por isso, não creio ser necessário eu apresentar mais razões para isso. Então, para não me alongar. Saudações carnavalescas, Almir portelense de Macaé.

  • Avatar
    15/06/2012 16:23:16Duquesa Dholores ArrudaMembro SRZD desde 18/10/2010

    Querido e nobre Almir Sillva... novamente agradeço sua gentiliza. Ã? muito gratificante pra eu ou pra qualquer outro comentarista ver sua postage como alvo de uma discussão interessante e levada a sério. Você escreve essas palavrinhas generosas e também acredito que sejam verdadeiras suas intenções, porque acredita que em meus comentários exista alguma verdade. Embora ninguém seje dono ou dona da verdade, e eu nunca mim coloquei assim nesse espaço, pelo contrário, estou sempre querendo aprofundar nossos comentários pra adiquirir mais conhecimento. Claro, se alguém aí tem alguma coisa relevante pra acrescentar, contra-argumentar, que faça da sua maneira. Eu tenho a minha. Boto pra fufu quando querem fazê palhaçada com eu. Quem não tem argumento, parte pra agressão gratuita, né? Antes eu até entrava nesse joguete. Mais vi que isso não leva a nada. Importante é debater aquilo que as escolas apresentam pra nós. Se você, como bom jornalista que é, mim avalia tão bem (uuuuiiiii), é uma honra pra eu receber tão fuderosa homenage. Mais apenas quero postar meus axismos, teses e fazê análises críticas do dia dia desse mundo mundo mágico, porém real, que é o samba. Mais uma vez, receba meu caloroso abracinho. Meu e de minha nobre família favelada.

  • Avatar
    15/06/2012 12:02:06Almir da Silva LimaMembro SRZD desde 11/10/2011

    Estimada Duquesa Dholores Arruda, a Nana Dholores - atenção, me recuso a pagar royalties ao prezado parceiro FUVNAV 33 (rsrsrs) -, mantenho a sugestão da Nana Dholores passar integrar o gabaritado elenco de blogueiros deste prestigioso site, agora, fazendo isso diretamente à coordenadora-gerente Luana Freitas. Nada impede - muito pelo contrário - que outros leitores, especialmente, outras leitoras também o façam. Trata-se de uma questão de reconhecimento (justiça). Estimada Nana Dholores, quando você afirma "meus comentários nem sempre são doces ou coniventes com certas atitudes de algumas agremiações" eu lhe esclareço que é exatamente isso, ou seja, noticiar os fatos do dia-a-dia sob um ponto de vista crítico, o juramento feito por jornalistas. O fato da Duquesa Dholores Arruda, a Nana Dholores não ser profissional do ramo, não tem nada a ver. Inclusive, os espaços dos blogueiros são livres, não refletindo necessariamente a política editorial do site. Para não me alongar mais. Saudações carnavalescas, Almir portelense de Macaé.

  • Avatar
    15/06/2012 11:19:00MANGALARGAMembro SRZD desde 12/07/2011

    O que eu mais gosto deste fórum, é que aqui os fakes compram a farinha, fazem o bolo e cantam parabéns para si mesmos hehehehe. Ou seja, escreve o elogio ou a critítica e vc (leitor) tem que engolir porque o fake se acha o dono da verdade absoluta. Na frente de um computador todo Poodle é Pitbull né gente!!! Quero ver fazer alguma coisa de concreto para o bem do carnaval. A carência é tanta que uma pessoa diz oi e a pessoa/fake acha que é eu te amo!!! Pior é ter que ler em todas as postagens briguinhas e efensas, se se diz tão por cima da "carne seca"porque então sempre faz citações jocosas?? Coisa de fake perturbado!! FATO!!

  • Avatar
    15/06/2012 09:48:47Duquesa Dholores ArrudaMembro SRZD desde 18/10/2010

    Sempre mim comovo com o belo, que no caso das escolas de samba, começam com palavras impressas em forma de sinopse. Abracinhos!

  • Avatar
    15/06/2012 09:47:56Duquesa Dholores ArrudaMembro SRZD desde 18/10/2010

    Querido Almir da Silva Lima... assim você deixa eu molhadinha! Calma, mô bem, quis dizê com lágrimas nos oinhos. Não sou de rasgar ceda, mais confesso que também gosto dos seus textos e leio todos. Principalmente porque você teve o poder de, mermo sem tocar no nome ou dialogar com a rainha ranheta, D.Maria I, vulgo Andrey Limeira, dispertar a inveja dessa criatura nebulosa. Essa criatura das sombras vive perseguindo quem escreve coisas interessantes. D. Maria se axa a jornalista veterana só porque iscrevia no tamborim furado (antigo saite que naufragou). Aqui, a mula manca destila seu veneno gratuitamente em quem iscreve algo bem proveitoso como vasssuncê. Fico contente com suas palavras, mais nem de longe poderia eu, uma véia mulambenta que é muitas vezes ajudada por PC (meu filhinho) fazê parte dessa gabaritosa plêiade de blogueiro do SRZD. Uma equipe muito bem gerenciada pela doce senhora Luana de Freitas, por quem eu tenho muito apreço e simpatia. Mais uma vez agradeço suas palavrinhas, são incentivadoras. E quanto aos meus comentários, nem sempre são doces ou coniventes com certas atitudes de algumas escolas. Quando lasco o pau faço com coerência e consciência em defesa da nossa festa maior. Logicamente não vou agradar a todos, nem preciso disso porque não vivo de image como políticos e celebridades. Pra eu, não ixiste escola grande ou escola pequena. Que critério seria esse pra definir quem é pequeno ou grande? Ã? grana? Que pobreza, né! Pra eu, ixiste o gênero comum: ESCOLAS DE SAMBA. O diferencial entre elas será a criatividade injetada pelo artista respeitando a identidade de cada uma. A unidos da Tijuca é exemplo disso. Ela furou o broqueio das sempre cinco campeãs com enredos feitos a base de garrafa pet e canudinhos de refri, sem contar com as alegorias vivas do Paulinho. Foi campeã com Ã? Segredo, e o segredo não foi o din din pinicado e sim a criatividade. Criatividade faz a diferença. Sempre mim comovo com o belo, q

  • Avatar
    15/06/2012 08:31:12MANGALARGAMembro SRZD desde 12/07/2011

    Em 1992 o mestre Joaozinho Trinta fez um enredo onde também homenageava um produto cultural, a Televisão. Me lembro até hoje daquele abre-las histórico, que de tão iluminado parecia deixar a Sapucaí escura. No seu enredo ele não contava a história da Televisão, fez diferente (E Fábio Ricardo seguiu o mestre), distribuiu pela Sapucaí as novelas, os programas infantis de todas emissoras e todo o mundo que a Televisão produzia. Passado o impacto do abre-las, o enredo perdeu sua força ficou tão morno que dava vontade de mudar de canal! E de enredo promissor, passou para enredo "mico" . Os jurados não tiveram dó e "canetaram" o o desfile e a escola não voltou para as campeãs, caso este que foi o estopim para a Beija Flor tomar uma decisão difícil: mandar o mestre J. Trinta embora afim de se renovar. A pergunta que não quer calar, será que este enredo irá se sustentar?? Quais emoções provocará?? Será que os jurados perdoarão a falta de Juma Marruá e Chica Silva?? Será que vai concordar de que o brasileiro é mesmo noveleiro??? Antes era, hoje não é mais!!! De qualquer maneira, espero que a irreverência esteja presente, fico até imaginando as baianas de viúva Porcina!!! Será que vai colar????? Remover Comentário!

  • Avatar
    14/06/2012 23:30:38MANGALARGAMembro SRZD desde 12/07/2011

    Em 1992 o mestre Joaozinho Trinta fez um enredo onde também homenageava um produto cultural, a Televisão. Me lembro até hoje daquele abre-las histórico, que de tão iluminado parecia deixar a Sapucaí escura. No seu enredo ele não contava a história da Televisão, fez diferente (E Fábio Ricardo seguiu o mestre), distribuiu pela Sapucaí as novelas, os programas infantis de todas emissoras e todo o mundo que a Televisão produzia. Passado o impacto do abre-las, o enredo perdeu sua força ficou tão morno que dava vontade de mudar de canal! E de enredo promissor, passou para enredo "mico" . Os jurados não tiveram dó e "canetaram" o este enredo a escola que não voltou para as campeãs, que foi o estopim para a Beija Flor tomar uma decisão difícil: mandar o mestre J. Trinta embora afim de se renovar. A pergunta que não quer calar, será que este enredo irá se sustentar?? Quais emoções provocará?? Será que os jurados perdoarão a falta de Juma Marruá e Chica Silva?? Será que vai concordar de que o brasileiro é mesmo noveleiro??? Antes era, hoje não é mais!!! De qualquer maneira, espero que a irreverência esteja presente, fico até imaginando as baianas de viúva Porcina!!! Será que vai colar?????

  • Avatar
    14/06/2012 18:53:16Almir da Silva LimaMembro SRZD desde 11/10/2011

    Parodiando o Mestre Candeia na obra-prima musical Testamento de Sambista: "O sambista não precisa ser membro da academia/Ã? natural, que com sua poesia/O povo o faça imortal". Em outras palavras, estenda o significado deste ensinamento do Mestre à excelência na qualidade nos textos comentados pela nobre amante do maior espetáculo da Terra, Duquesa Dholores Arruda, ou conforme diz o prezado FuvNav 33, Nana Dholores. O fato é que o gabaritado elenco de blogueiros deste prestigioso site deveria passar ser abrilhantado pela citada e nobre COMENTARISTA. Evidentemente, os excelentes textos dela passariam pela revisão antes de ser postados. Repito, o elenco de blogueiros deste prestigioso site é gabaritado, porém, não identifico nos textos deles a mesma produtividade com a excelência dos textos comentados e fundamentados pela mencionada e nobre leitora deste prestigioso site. Saudações carnavalescas, Almir portelense de Macaé.

Comentar