SRZD


27/06/2012 12h11

Rapaz confundido com homossexual ao abraçar irmão morre agredido
Redação SRZD

Um rapaz morreu e outro, seu irmão gêmeo, sofreu afundamento na face após agressão de motivação supostamente homofóbica. Eles foram espancados na madrugada do último domingo após se abraçarem quando voltavam do Camaforró, em Camaçari, na Bahia.

José Leonardo da Silva e José Leandro, de 22 anos, foram cercados por cerca de oito pessoas que teriam os confundido com um casal homossexual. Leonardo, que reagiu, foi golpeado várias vezes com uma pedra de paralelepípedo e não resistiu. Leandro foi levado ao Hospital Geral de Camaçari com um afundamento na face, mas já recebeu alta.

Os agressores, que não tinham passagem pela polícia, foram presos e estão sob custódia, com exceção de um, que conseguiu fugir. Eles foram autuados por homicídio qualificado (por motivo fútil) e formação de quadrilha.

Leia também:

- Após sequestro, valor arrecadado por Oziel permanece intacto


Veja mais sobre:Homofobia

Comentários
  • Avatar
    09/10/2012 22:54:52EduAnônimo

    Agora eu pergunto: Ã? isso que a bancada evangelica e o Dep. Bolsonaro esperam que tratem assim os homossexuais?

  • Avatar
    08/07/2012 22:22:13marcelo henriqueAnônimo

    Eles não gostão de homossexuais, agora eles vão morar no minímo vinte anos na penitênciária na cama ao lado de um bandido que gosta de carne fresca por no minímo quinze anos de boiolagem vai rolar, quem dúvida?

  • Avatar
    28/06/2012 08:13:40JoséAnônimo

    Não sei se hei-de chorar ou rir de tanta estupidez.

  • Avatar
    28/06/2012 01:22:42Nidia Jussara FdasilvaMembro SRZD desde 25/06/2012

    O mal se corta pela raiz.Coloca todos os agressores no paredão e fuzila.

Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.