SRZD


09/07/2012 08h39

Leis dificultam controle da Aids no mundo, aponta estudo
Redação SRZD

Leis que criminalizam a transmissão do vírus HIV ou proíbem o homossexualismo e a prostituição estão dificultando o controle da Aids ao redor do mundo, segundo relatório da Comissão Global sobre Aids e Leis das Nações Unidas.

O estudo, divulgado nesta segunda-feira em Nova York e coordenado pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, mostra que 123 países têm leis direcionadas aos portadores da doença ou que podem ser usadas para discriminar, controlar ou dificultar o tratamento.

Ao menos 600 pessoas em 60 países foram condenadas pela transmissão, mesmo involuntária, inclusive no Brasil. O país já a classificou como homicídio culposo (quando não há intenção de matar) ou tentativa de homicídio de forma cruel. Já a criminalização da homossexualidade é crime em 78 país, e outros vários condenam a prostituição.

Leia também:

- Genoma do bebê pode ser analisado através de sangue materno


Veja mais sobre:Aids

Comentários
Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.