SRZD


13/07/2012 10h20

Rapaz mata cruelmente namorada de 13 anos que negou abortar filho
Redação SRZD

Uma menina de menina de 13 anos foi cruelmente assassinada pelo primo de 18 anos após lhe dar a notícia de que estava grávida dele, em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio de Janeiro, na última terça-feira.

A garota, que não teve o nome divulgado, foi degolada e assassinada por Celso de Carvalho Junior, seu namorado e primo, que, dias antes, teria obrigado que a jovem tomasse remédios para abortar. Segundo José Renato Oliveira, chefe de Inteligência da 75ª DP (Rio do Ouro), ele chegou a comentar com um amigo que a mataria caso não aceitasse.

Na terça, Celso chamou a menina para conversar. Quando chegou no local, cortou seu pescoço e lhe deu pelo menos cinco facadas. A família registrou ocorrência de desaparecimento na manhã seguinte, mas o próprio avô da garota, horas depois, acho o corpo em um pasto.

Leia também:

- Força-tarefa reforça buscas por corpo de Patrícia Amieiro em sítio


Veja mais sobre:Assassinato

Comentários
Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.