SRZD


19/07/2012 15h55

Você sabia? Conheça a história de uma estátua do Fluminense na Suécia
Marcello Vieira

Um estátua tricolor na Suécia? É isso mesmo. Na década de 60 o Fluminense foi realizar uma excursão no país nórdico e na última partida, em Borby, uma pequena cidade com cerca de dois mil e quinhentos habitantes à epoca, venceu um combinado local pelo placar de 11 a 0.

Na ocasião, Lennart "Nacka" Skoglund, maior jogador da história do futebol sueco, solicitou à Federação do país para participar do confronto atuando pelo time da região, todavia, o pedido acabou negado e Skoglund, por intermédio de seu empresário, defendeu as três cores do clube do Rio de Janeiro.

O atleta jogou apenas o primeiro tempo e depois foi cantar num palco na cidade vizinha.

A aparição de Skoglund pelo Flu tornou-se folclórica e cinquenta anos depois, seu irmão inaugurou a aludida estátua. Confira abaixo a foto onde estão da esquerda para direita posicionados Ronnie Hellström, que atuou 169 jogos pelo Hammarby IF (Clube da mãe de Nacka) e que também jogou 77 jogos vestindo a camisa da seleção sueca, Kenta Olsson, que também atuou pelo Hammarby e claro, Karl-Event Skoglund, irmão mais velho de Nacka.

Leia também:

- Para continuar na cola dos líderes, Fluminense encara o Bahia


Veja mais sobre:Fluminense

Comentários
Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.