SRZD


04/08/2012 16h22

Noite de Fundição Progresso EmContra Cultura
Gabriel Prestes

Na noite desta sexta feira, a Fundição Progresso, na Lapa, foi palco para as bandas Forfun, Oriente, Ponto de Equilíbrio e Detonautas. Os quatro shows, que acabaram invadindo a madrugada de sábado, deram vida ao festival EmContra Cultura, que foi uma inciativa do Tico Santa Cruz, vocalista do Detonautas, de reunir bandas independentes para uma apresentação. A ideia é que o festival se espalhe pelo Brasil.

Com um público ainda não muito presente, a primeira atração a subir no palco foi a banda Forfun. Assim que os primeiros acordes foram tocados, os espaços que ainda estavam vazios foram rapidamente sendo preenchidos. Durante o show, a banda passou por sucessos antigos da primeira fase do grupo, tocando músicas como "Good Trip", o que deixou a plateia em êxtase. Encerraram a apresentação, já com a Fundição Progresso praticamente lotada, com um dos grandes sucessos do último disco, lançado em 2011, "Alegria Compartilhada", que é também o título do album.

Na sequência, a noite contou com o grupo de rap de Niterói, Oriente, e o grupo carioca de reggae, Ponto de Equilíbrio. O Oriente deixou o público ligado e mais agitado durante sua apresentação. O grupo é sem dúvidas uma das grandes revelações do rap nacional. A Fundição Progresso ficou um pouco mais calma quando o Ponto de Equilíbrio subiu no palco. Começaram a apresentação com um pedido do vocalista Hélio Bentes, "Mais amor por favor". A plateia permaneceu ligada e cantando todas as músicas junto com a banda.

Para fechar a noite, pra encerrar o primeiro EmContra Cultura, o Detonautas Roque Clube subiu no palco. A banda, liderada por Tico Santa Cruz, iniciou o show com a música "Mercador Das Almas". Logo na segunda canção, as máscaras de Guy Fawkes, que deram as caras na última edição do Rock in Rio, voltaram a aparecer. Tocaram também sucessos como "O dia que não terminou" e uma série de covers, que foram introduzidos por tico com uma provocação. "Nós sabemos muito mais do que 'tchu' e 'tche tche re re'", disse o vocalista antes de tocar "Pais e Filhos", da Legião Urbana. Os outros covers foram "Tempo Perdido", também da Legião Urbana, "Minha Alma" do O Rappa, "Killing in the Name" da banda americana Rage Against the Machine e "Metamorfose Ambulante" de Raúl Seixas. A banda finalizou o festival, já com algumas pessoas deixando a Fundição Progresso, por volta das 5h da manhã deste sábado, com um de seus grandes sucessos durante toda a carreira, "Outro Lugar".

Leia também:

-Green Day relança discografia completa de 1990 a 2009



Comentários
  • Avatar
    07/08/2012 21:26:19Herbert SantosAnônimo

    Só esqueceram de citar que no show do Detonautas a rodinha rolou até o final!! *-* Até não termos mais forças pra pular!! E tudo na amizade!! Se alguém caísse, nós o levantávamos e continuávamos!! Ninguém saiu machucado!! *-* Muito bom!!

Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.