SRZD


25/10/2012 17h44

Comentário considerado racista agita rede social
Luis Philipe Souza

A internauta do Rio de Janeiro Kenya Mayrink gerou revolta em centenas de pessoas no Facebook nesta quinta-feira após publicar o seguinte comentário: "#odeiocentrode qqcidade #odeioesselugar As vezes entendo o preconceito tem gente que devia permanecer no tronco ! Pessoas ignorantesssss ECA"(sic).

Foto: Reprodução de Internet

A postagem foi feita ainda na quarta-feira pelo telefone celular da moça, mas até o momento desta publicação mais de 180 pessoas já tinham utilizado a opção "compartilhar" para repudiar a postura da jovem.

Kenya também recebeu críticas por comentários postados abaixo da frase que gerou polêmica. Em resposta a uma delas, a jovem branca com terceiro grau completo disse não ter generalizado, mas que tem "pavor a ignorância" e que "infelizmente tem alguns negros que não podem mesmo ter nenhuma posição".

"E todos nós sabemos disso! Não sejamos hipócritas!!!, finalizou.

A reportagem do SRZD tentou entrar em contato com a internauta, mas não obteve resposta. Minutos depois da tentativa, o post foi apagado.

Após tomar conhecimento do caso pelo SRZD, o ex-ministro da Igualdade Racial e deputado federal Edson Santos (PT), emitiu uma nota de repúdio ao comentário da jovem. Ele reconheceu o avanço do diálogo sobre o tema no país, mas deixou claro que ainda há "um longo caminho pela frente" para resolver o problema.

"Casos como esta postagem nas redes sociais demonstram o quanto o racismo está arraigado no inconsciente das pessoas, que ainda se surpreendem ao verem negros em posse de bens ou exercendo funções mais destacadas no mercado de trabalho e na sociedade. Então, apesar de todos os avanços, ainda temos um longo caminho pela frente até alcançarmos uma situação equilibrada em termos de relações raciais no Brasil, na qual estejamos livres da discriminação racial e exista mais respeito à diversidade", diz trecho da nota.

Racismo prevê pena de até três anos de reclusão

Se enquadrada na Lei do Crime Racial (Lei nº 7.716, de 5 de janeiro de 1989), a atitude da internauta Kenya Mayrink pode resultar em reclusão de um a três anos e pagamento de multa.

O artigo 20 da lei citada acima diz que é proibido "praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional".

Leia mais:

- Hélio de la Peña diz que filho foi vítima de racismo



Comentários
  • Avatar
    09/04/2013 23:08:11leidianeAnônimo

    essa henergumina precisa de um psiquiatra,so pelas palavras dela ,dar pra perceber que ela tem uma mente tao pobre imcapaz de alcançar a inteligencia e a prudencia de muitos negros,uma certeza ela deixou ,a incapacidade de convivencia dela ta deixando ela doente,deveriam espalhar as fotos dela por ai para as pessoas ver a cara dela ,pra gente se defender quando derrepente encontrar com essa primitiva por ai.Será que ela é racional mesmo?

  • Avatar
    10/12/2012 10:50:45ErikaAnônimo

    Foi ridículo sim a forma como essa jovem se espressou em se referir a negros,porém sabemos q naum são só eles q naum deveriam ocupar cargos de respeito e sim temos brancos,amarelos,orientais e outras raças q naum tem preparo e nem educação para ocupar determinadas posições!!

  • Avatar
    10/12/2012 09:42:37ANAAnônimo

    Que mulher IDIOTA!!!

  • Avatar
    10/12/2012 09:41:23Josy mariahAnônimo

    Até a forma dela dizer "amigos"Afrodescente é preconceituoso , que bom que ela apagou do face dela e ela não fazer parte da minha rede de amigos !!!

  • Avatar
    30/10/2012 17:42:50antonio dos santos baptistaAnônimo

    Noto sinceridade na Kenya em não generalizar...Penso que foi uma observação precipitada , provavelmente por uma decepção com alguém que a fez irar-se. Todavia o tom foi entendido como preconceituoso especialmente aos afro-descendentes pela expressão "permanecer no tronco"; uma clara alusão aos maltratos sofridos pelos africanos. Esse foi o erro de Kenya, mas ela já se desculpou, e em terra brasileira com tantas diversidades étnicas, de cor, religiosidade, etc., é sempre importante saber medir e usar as palavras para não cometermos injustiças, gerar preconceitos, etc...............................

  • Avatar
    29/10/2012 21:03:42aritobiasAnônimo

    e uma lastima que pessoa ditas civilizadas ainda agem asim. ate o dia que todos as pessoas que forem vitima de qualquer tipo de preconceito procurar a justiça e facer valer a lei, uma criatura dessa merece PRISAO.

  • Avatar
    26/10/2012 17:10:28AdalbertoAnônimo

    Pena, e o que devemos ter dessa jovem que obteve instruçao mas continua ignorante. Que Deus ilumine sua alma, e que seus "amigos afro-descendentes"a ajudem a entender o que significaca ser amigo.

  • Avatar
    25/10/2012 18:05:01Felipe MarquesAnônimo

    Mais uma pessoa inútil em um mundo perdido. Infelizmente o mundo está em regresso, pois existem pessoas como tal em montantes inacreditáveis! Isto tem que acabar para sempre com punições severas, para que os próximos sigam de exemplo.

Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.