SRZD


25/09/2008 16h20

Duque de Caxias vai tentar liberação do "Marrentão"
Colin Foster

Foto: Anderson David/Arquivo Pessoal

O Duque de Caxias deve ficar sem um grande aliado em caso de classificação para o octagonal final da Série C. O estádio Romário de Souza Faria, palco de seis das sete vitórias do clube na competição, não responde às exigências mínimas de segurança e conforto feitas pela CBF. Com capacidade reduzida de 10 mil para quatro mil pessoas, o "Marrentão" não poderia ser usado para a disputa das partidas finais.

Apesar de correr atrás de alternativas, a diretoria do Duque de Caxias já se movimenta para tentar uma possível liberação do "Marrentão". Procurado, o presidente do clube, Luiz Carlos Arêas, o Pinga, se encontrava em reunião com o prefeito do município, Washington Reis, e não pôde atender. Alan Oliveira, vice-presidente do clube, afirmou que algumas exigências de segurança teriam de ser cumpridas para que o clube siga mandando seus jogos em Xerém.

"O estádio tem capacidade para 10 mil pessoas, mas os bombeiros atestaram para apenas quatro mil, devido à falta de segurança. Para liberarem o 'Marrentão' para o octagonal, eles fizeram novas exigências, e se conseguirmos cumpri-las a tempo, e eles fizerem uma nova vistoria, aí a capacidade poderia ser aumentada", explicou.

Engenhão e São Januário são as alternativas. Giulite Coutinho corre por fora

Assim como vem sendo comentado, as principais alternativas para a possível disputa do octagonal são o estádio olímpico João Havelange e o de São Januário. Porém, um ponto negativo pode gerar uma mudança nos planos da direção: o tamanho dos estádios. Com capacidade para 47 mil e 32 mil pessoas, respetivamente, os locais são considerados praticamente campos neutros pelo vice-presidente do clube, que teria preferência pelo estádio Giulite Coutinho, do América.

"Nossa torcida não é muito populosa, e estádios como Engenhão e São Januário ficariam grandes, quase um campo neutro. Na minha opinião, a melhor opção seria o estádio do América (Giulite Coutinho), que é menor (16.000 pessoas). Nós também não teríamos problemas com tabela, já que o América não joga mais neste ano", disse Alan, para depois explicar o que impediria a utilização de Édson Passos.

"Eu passei essa questão (do estádio do América) ao presidente, mas ele me disse que já tinha tocado no assunto com o Montenegro (Carlos Augusto, vice-presidente de futebol do Botafogo) e com o Dinamite (Roberto, presidente do Vasco), e a preferência seria dada nesta ordem. Caso não confirme com nenhum, vamos partir para o do América", esclareceu.

Está prevista para esta sexta-feira uma reunião entre os presidentes do Duque de Caxias e do Botafogo, Bebeto de Freitas, para definição do acordo que permitiria o Tricolor da Baixada a jogar no Engenhão em caso de classificação.


Veja mais sobre:Judas Priest

Comentários
  • Avatar
    27/09/2008 13:25:48dark-infernizadaMembro SRZD desde 03/07/2009

    bem e muito melhor joga em xerem pos o capo e colado na arkibancada da pra torcida ajuda bastante mais se nao for em xerem a infernizada vai onde o duque forrrrrr

  • Avatar
    26/09/2008 20:11:45ROBERTOAnônimo

    a serie B é o nosso caminho !!!!!!!!

  • Avatar
    26/09/2008 20:08:44robertoAnônimo

    pow tomara q o duque consiga essa liberaçao pq o marrentao é o nosso cauderao mas se now consegier o nosso time ´pe muito bom e vamos cinseguir a vaga para a segunda divisao de gualquer maneira ........ saudaçoes tricolores

  • Avatar
    26/09/2008 18:04:35tricolorAnônimo

    o melhor para o duque de caxias é jogar em édson passos. o luso-brasileiro também seria um boa opção. Boa sorte caxias!

  • Avatar
    26/09/2008 12:17:46Anderson SlothMembro SRZD desde 07/04/2009

    Vou torcer pro Duque bebendo vinho! A série B, é meu caminho!

  • Avatar
    26/09/2008 01:40:49Daniel (Infernizada Tricolor)Anônimo

    seja onde for, o duque vai subir com o apoio da Infernizada Tricolor, não temos preferência, com o Duque onde o duque estiver.

Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.