SRZD


01/02/2013 09h31

Senado escolhe quem será novo presidente da casa pelos próximos dois anos
Redação SRZD

Dois senadores disputam nesta sexta-feira o cargo de presidente da casa. Renan Calheiros (PMDB-AL) ou Pedro Taques (PDT-MT) assumirá a posição de José Sarney até o fim do mandato da presidente Dilma.

Quem for eleito pelos demais senadores irá se tornar também presidente do Congresso e terá uma série de responsabilidades. Questões como o novo Código Florestal, os royalties do petróleo e os mais de 3 mil vetos presidenciais estarão em pauta durante o mandato do novo líder.

Considerado o favorito por pertencer à maior bancada da casa e contar com votos do PT e de demais partidos da base aliada, Renan Calheiros é investigado pelo STF por suposto uso de notas frias para justificar sua renda. Ele ocupava o cargo que disputa nesta sexta e ao qual renunciou Já Taques é representante do grupos dos chamados "independentes", senadores que não seguem as orientações

Dois 81 senadores, pelo menos 41 precisam votar para que a eleição seja válida. O escrutínio é secreto, feito em cédulas de papel e decidido por maioria simples de votos. A sessão será presidida por Sarney e todos os senadores têm direito a fala, desde que se limitem a debater sobre as eleições.

Leia também:

- Evento de Dilma na OAB muda de local após vistoria dos bombeiros


Veja mais sobre:Senado

Comentários
  • Avatar
    02/02/2013 15:09:54Nidia Jussara FdasilvaMembro SRZD desde 25/06/2012

    Não vai ser o Senado que irá esclher,mas um grupo de políticos maquiavélicos que irão votar em Renan Calheiros!Que país é esse?

  • Avatar
    01/02/2013 13:57:16AlexandreAnônimo

    Estou enxugando a face da cusparada que recebi. Os "nossos representantes" irão (re)eleger ao 4º maior cargo do poder tupiniquim, aquele que saiu em 2007 pela porta de serviço, para não dar o que falar a P.A. paga pela uma construtora. Não sei se a cusparada foi do Planalto Central ou de Nós por legitimar a desfaçatez, picaretagem, roubalheira que permeia a política, elegendo e reelegendo bienalmente quadrilha de ladrões.

Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.