SRZD


16/03/2013 20h46

MEC investiga faculdade de Niterói após denúncia do SRZD
Gustavo Ribeiro

Foto: SRZDO Centro Universitário Plínio Leite (Unipli), localizado em Niterói, Região Metropolitana do Rio, pode ser punido pelo Ministério da Educação (MEC) por ter transferido as aulas que seriam ministradas no prédio sede para outro endereço sem comunicar o órgão. A denúncia foi feita pelo SRZD no dia 11 de março, depois que uma estudante relatou a irregularidade e as condições precárias do edifício para onde os alunos foram realocados.

- Veja fotos das más condições do prédio do Unipli aqui

O MEC informou que não localizou em seu sistema online o processo de mudança de local de oferta dos cursos do Unipli, que é administrado desde 2010 pela Anhanguera Educacional. Se o MEC constatar que houve mudança de endereço, poderá instaurar um processo de supervisão para verificar as eventuais irregularidades. A legislação prevê que a instituição de ensino deve abrir um processo de aditamento aos atos regulatórios quando precisar mudar de endereço. Esses processos são protocolados no site do Ministério da Educação e processados mediante análise documental e a ida de uma comissão ao local para analisar as condições de ocupação do novo imóvel.

Procurada pelo SRZD, a Anhanguera Educacional alegou, no dia 11, que a mudança de alguns cursos para a unidade do clube Canto do Rio foi informada previamente aos alunos. Disse ainda que "as obras de melhorias nas salas da nova unidade estavam concluídas e a infraestrutura para o funcionamento, regularizada". No entanto, a estudante do curso de Logística Fernanda Pícoli, que recorreu ao SRZD para denunciar a situação, desmente. Segundo ela, os alunos só foram informados sobre a alteração de endereço no primeiro dia de aula do semestre, quando o vestibular e o prazo para matrícula e transferências já estavam finalizados.

"Neste momento a informação já deveria ter sido repassada, dando condições de o aluno optar por permanecer ou não na unidade. Não vejo que as obras estão concluídas. Vejo que estão sendo concluídas durante o semestre letivo, no período em que os alunos não estão na unidade, pois os cursos são ministrados à noite", acrescenta a universitária.

Foto: SRZD

Fernanda ainda contesta a infraestrura da unidade. "Desculpa, mas isso é uma piada. A unidade não possui: biblioteca, DCA para atender aos 1.000 alunos, laboratório de informática, sala de professores e coordenadores, PLT (Programa do Livro-Texto, que garante aos estudantes acesso aos principais livros utilizados durante o curso), o que nos obriga a buscar o material adquirido na outra unidade. E eles ainda têm a coragem de assumir que, depois de todas estas faltas de infra, continuam 'normalmente a operação'", conclui.

Fotos cedidas pela estudante mostram a janela de uma das salas de aula sem parte do vidro, o chão do ambiente de estudo alagado com água da chuva, pregos saltando do encosto das carteiras, material de obra espalhado pelos corredores da faculdade e pisos soltos que podem causar acidentes. Como as obras ainda não terminaram, ela diz que o cheiro de tinta é muito forte.

O SRZD voltou a entrar em contato com a Anhanguera Educacional e está aguardando resposta.

Relembre o caso:

- Leitora relata precariedade em faculdade de Niterói

Mande sua sugestão para a coluna "Leitor Repórter"!

Está com problemas na sua cidade? Quer denunciar alguma irregularidade? As autoridades não estão garantindo serviços públicos de qualidade? Você teve os seus direitos de consumidor violados? Está insatisfeito com algum serviço mal prestado? Reclamou e não teve voz? O SRZD está estreando o espaço do Leitor Repórter, onde nossa equipe de reportagem ajudará você a colocar a boca no trombone e reivindicar seus direitos. Encaminhe sua mensagem para o e-mail [email protected] e seja um leitor-repórter! É sempre bom enviar junto fotos ou vídeo para ilustrar a sua denúncia.



Comentários
  • Avatar
    18/04/2017 16:40:54wagner andradeAnônimo

    Desisti totalmente do meu curso de pós graduação na instituição. Muitas reclamações!

  • Avatar
    23/06/2016 16:17:52KATIA REGINA SOARES DA CONCEIÇÃO RIGÃOAnônimo

    BOA TARDE, TAMBÉM SOU ALUNA DA ANHANGUERA DE NITERÓI, ME SINTO DESVALORIZADA COMO PESSOA E ALUNA DA INSTITUIÇÃO, PRIMEIRO A FACULDADE TIRA UM DIA DE AULA E DIZ SER DIREITO DELA FAZER ISTO, MEDIANTE QUE AO EFETUAR A MATRICULA EU CONCORDEI EM ESTUDAR AS SEXTAS E SÁBADO NA INSTITUIÇÃO POIS FAÇO SERVIÇO SOCIAL E SOU EAD SEMI-PRESENCIAL, AGORA SOU REPROVADA PORQUE MINHAS FICHAS ESTÃO SEM CARIMBO JÁ QUE A MINHA ORIENTADORA DE ESTÁGIO NÃO TEM, MAIS ELA E REGISTRADA CORRETAMENTE NO CRESS E TEM SUA ASSINATURA NAS FICHAS.E TODAS AS FICHAS CONSTAM DE ASSINATURA E NÚMERO DO CRESS, MUITO TRISTE COM TUDO ISTO SE PUDESSE VOLTAR ATRÁS NÃO TERIA ENTRADO NESTA FACULDADE QUE SÓ QUER VER LUCRO.

  • Avatar
    07/08/2013 20:35:01Simone AraújoAnônimo

    Sou aluna de Ciências Contábeis 4º período desta faculdade. Posso dizer que até hoje, embora já estando no meio do curso, a minha turma não sabe fechar um balanço patrimonial. Já tivemos 4 professores de Contábeis e um pior que o outro. Após 1 mês e meio de férias, retornei à faculdade dia 05/08/2013, segunda-feira e tive aula normal, porém na terça e na quarta não tivemos aula porque o coordenador do curso falou que NÃ?O HÁ PROFESSORES DISPONÍVEIS. Gente, como assim???? Luto para pagar a Faculdade. A sala tem 2 turmas juntas, super lotação. Isso é ruim p/ professores e alunos. Não sei o que fazer!!!! SEI QUE NÃ?O TENHO BASE NEHUMA!!!! COMO PASSAR NA PROVA DO CRC????

  • Avatar
    04/04/2013 18:33:40Ewerton TauanAnônimo

    Sou aluno do 3° periodo do curso de serviço social, bom, nem preciso expressar minha revolta néh? pago minhas mensalidades em dias, para que eu tenha acesso a uma qualidade de ensino, com uma estrutura com as necessidades basicas e fundamentais que um estudante precisa ter acesso, biblioteca, laboratorio de informatica. Bom essa faculdade é uma tremenda falta de respeito, as situações são precarias, tenho que me deslocar de um lado pro outro, horrivel horrivel, horrive... espero que sejam tomadas as devidas providências.

  • Avatar
    20/03/2013 14:36:08Edna Maria Dantas RodriguesAnônimo

    decepcionada com a faculdade onde me matriculei,anhaguera niterói tem que ter muita vontade de estudar para terminar a graduação, alías nem sei se iremos conseguir.

  • Avatar
    20/03/2013 08:56:36FERNANDO DE MORAES BORGESAnônimo

    EU ESTUDO NESTA FACULDADE E ESTOU NO 3º PERIODO DE CIÃ?NCIAS CONTÁBEIS, O QUE ESTÁ ACONTECEDO NESTA FACULDADE Ã? QUE O ESTUDO VIROU UMA FINACEIRIZAÃ?Ã?O, ONDE ESTÃ?O OLHANDO SOMENTE PARA O LUCRO, SUPERLOTANDO A FACULDADE, UMA SALA COM MAIS DE 130 ALUNOS, PROFESSORES QUE NÃ?O TEM CONDIÃ?Ã?ES DE DAR UMA AULA DESCENTE, DIMUNUINDO CADA VEZ MAIS A CARGA HORÁRIA DE AULA, POR EXEMPLO, NO PERIODO DAS FÃ?RIAS DE DEZEMBRO, FORAM PRATICAMENTE 3 MESES DE FÃ?RIAS, COMEÃ?ANDO A AULA SOMENTE EM MARÃ?O, ISSO Ã? UM ABSURDO, ONDE SE ESTIPULAM QUE NESTE SEMESTRE A FACULDADE MATRICULOU MAIS DE 7000 ALUNOS, POR ISSO ELES CRIARAM OUTRO CAMPUS, FRANCAMENTE: A ANHANGUERA ESTÁ DESTRUINDO A IMAGEM DA UNIPLI, AGORA CABE AO MEC INVESTIGAR ISSO, MAS COMO NESSE PAIS Ã? TUDO LENTO... A IMPRENSSA TEM QUE FAZER O SEU PAPEL E CONTINUAR EM CIMA POIS JÁ FOI REALIZADO PROTESTOS CONTRA ALGUMAS POSIÃ?Ã?ES DA FACULDADE, MAS NENHUMA MELHORA ERA FEITA, LENTIDÃ?O NOS ATENDIMENTOS, POIS NÃ?O DÁ VASÃ?O DEVIDO A SUPERLOTAÃ?Ã?O DA FACULDADE, O QUE NÃ?S ALUNOS DEVEMOS FAZER A BARULHO PARA QUE SE TOME AS DEVIDAS PROVIDÃ?NCIAS E PRINCIPALMENTE O MEC TOME AS MEDIDAS NECESSÁRIAS

  • Avatar
    18/03/2013 23:50:26GabrielAnônimo

    Sou estudante do curso Tecnólogo de Recursos Humano, no incio do período as nossas aulas foram no prédio do Anhanguera ( Plínio Leite), na segunda semana de aula, fomos informados que não teríamos mas aulas no local de sempre. Sem nenhuma comunicação e sem o consentimento dos alunos. Fomos em busca dos nossos direitos, pois la não é uma instituição filantrópica, pagamos para estudar. Falamos com a direção da instituição e os mesmo falaram que teríamos que ira para o local destinado por eles e ponto final. Existe na faculdade salas vazias que poderiam alojar nossa turma. A unica solução dada pelo reitor Sr. Marafon, foram duas salas para abrigar cinco turmas de cursos diferente e o mesmo acontece no local aonde estamos agora, são varias turmas misturadas fazedno as mesmas matérias. O local aonde estamos não tem condições humanas de habitação, exitem janelas com vidro quebrados, o piso esta solto, cadeiras quebradas e pequenas, quando chove tem goteiras nas salas, a energia é através de um gerado que funciona a base de óleo diesel .Inalamos o tempo todo o cheiro do óleo, isso sem falar no cheiro de cola e tinta que fica no ar e é também inalado por durante o horário de aula. Pra quem tem doenças respiratórias isso é muito bom, eu que o diga. Precisamos de ajuda, queremos que seja divulgada a situação que estamos enfrentando por falta de consideração da faculdade. Como pode uma instituição oferecer uma formação profissional sem dar condições dignas para assistirmos as aulas?

  • Avatar
    18/03/2013 23:38:55JoãoAnônimo

    Meu filho esta la. Ã? uma falta de respeito com os estudantes. Foram transferidos sem nenhum aviso prévio. Vários deles foram até a diretoria da faculdade e tiveram como resposta que o local pra estudar eles tinham só não estudariam se não quisessem . O local é péssimo, muita sujeira, poeira, vidros quebrados o que coloca em risco os estudantes. Isso sem falar no cheio forte de tinta e cola que tem no ar daquele ambiente em estado de depredação. Gostaria que alguma autoridade tomasse as devidas providencia, pois se demorarem muito, o período acaba e com ele a saúde dos estudantes. Por favor façam alguma coisa antes que aconteça o pior!

  • Avatar
    18/03/2013 23:04:52Phillippi BarcelosAnônimo

    Sou estudante do curso Tecnólogo de Recursos Humano, Começamos a estudar normalmente no campos da Plínio leite em 25/02/2013, a primeira semana de aula foi normal e já na segunda semana fomos deparados com a seguinte surpresa, estávamos sem aula e sem uma resposta convincente para os alunos de muitos cursos, seguimos atrás de nossos direitos, gritamos, chamamos reitoria, direção e super intendente para uma conversa para resolver e nos deixarem estudar em salas de aulas vazias, pois onde pagamos para estudar e eles falaram que podíamos tentar o que for estava decidido por eles, o Reitor Marafon disse que daria duas salas para cinco turmas brigarem e gerou mais transtorno, conversamos novamente e ele disse que não havia solução que teríamos que ir e ponto, fomos para o campos do Canto do Rio, onde se situa um verdadeiro canteiro de obras, cadeiras pequenas, salas com cheiro forte de tinta pintadas na hora, chão sujo e com muita poeira e muita coisa desorganizada, uma fonte de energia que é através de um gerador deixado na frente do local, para sustentar todo o prédio, não tem orientação de nada, somente obras e obras, um cheiro forte que incomoda quem tem sinusite, rinite etc, etc... Enfim ouvimos da boca do Reitor Marafon que ele estava dando a liberdade e todas as condições de colocarmos a instituição na justiça... Ahh! Estamos em uma sala divida entre três cursos um aperto só pouca frequência de alunos e mal ensino!! Precisamos de ajuda na divulgação de tamanha falta de respeito de uma instituição que tem como foco a formação de futuro profissionais.

  • Avatar
    18/03/2013 19:56:24DenilzaAnônimo

    Acho muito importante que o MEC tome providências mesmo e espero que se tenha uma solução, pois todos fomos enganados. Pagamos a matrícula e a mensalidade para estudar em um local e de uma hora para outra trocaram sem dar nenhuma explicação plausível. Minha filha é de menor (17 anos) e não fui comunicada de nada. Eu que fiz a matrícula dela.Torçam para que nada aconteça com ela, pois a matrícula foi feita um lugar e la está em outro. Espero que o MEC faça as investigações corretas e que a faculdade seja punida e os alunos tenham o direito de estudar no local para onde fizeram a matrícula. O local é péssimo e muito longe e perigoso.

  • Avatar
    18/03/2013 17:44:00francislane gonçalvesAnônimo

    Adorei a noticia, espero que eles tomem uma providencia pois do jeito q ta nao ppodemos continuar... essa foto da cadeira com um "prego" eu tbm tenho e posso reforçar a denuncia da nossa cara colega Fernanda. Sou docurso de serviço social e estou indignada em nao conseguir fazer nada ppara mudar isso.

  • Avatar
    18/03/2013 14:37:48lidianeAnônimo

    realmente e uma localidade de dificil a acesso para quem mora distante e precisa ultilizar o terminal sem falar q ñ temos nem um dca para resolvermos nosso problemas,ñ temos uma biblioteca nem tão pouco temos laboratorio de informatica igual la na unipli centro..quando precisamos de algo temos q andar ate o centro..e o lugar e cavernoso

  • Avatar
    18/03/2013 14:37:32Arielle AlvesMembro SRZD desde 18/03/2013

    Fiquei constrangida a Anhanguera não tinha avisado da mudança e simplesmente colocou os alunos no novo prédio sem opção de escolha, depois da renovação da matricula. Um prédio sem nenhuma estrutura para aulas, em vista do prédio Centro Universitário Plínio Leite (Unipli). O pior e que tem muita gente que não tem outra universidade para ir por não ter o curso que esta fazendo e outras já estão quase se formando e não querem abandonar tudo. Um show de vergonha!

  • Avatar
    18/03/2013 14:31:17Larissa Parreiras de AmorimAnônimo

    Realmente estamos estudando em situações muito precaria! Não fomos comunicados da transferência.Ã? um descaso muito grande com nós alunos! Estamos todos insatisfeitos. Desde de quando a Anhanguera assumiu a Plinio a faculdade so cai!

  • Avatar
    18/03/2013 13:04:08Keanne JalesAnônimo

    E ainda nessa parte de Niterói é muito perigoso, uma colega no primeiro dia foi agarrado pelo braço por um morador de rua, o quadro é desenhado na parede, achei isso o cumulo do absurdo, trabalho o mês todo pego mais que a metade do meu salário para pagar a faculdade e me vejo tendo que estudar nessas condições, não aguentei tranquei minha matricula e estou muito decepcinada com a instituição e me sentindo lesada. tudo o que a colega Fernanda falo é verdade! espero que tudo se resolva e que eles paguem por isso!

Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.