SRZD


15/10/2008 09h15

Mal de Parkinson pode estar ligado à vitamina D
Redação SRZD

Cientistas americanos estão testando a possibilidade de suplementos da vitamina D melhorar os sintomas da doença de Parkinson. De acordo com a pesquisa dos médicos, 55% dos pacientes com Parkinson apresentavam níveis insuficientes de vitamina D, em comparação a 36% da população mais velha e saudável.

Contudo, os pesquisadores da Universidade de Emority ainda não concluíram se a deficiência da vitamina é causa ou conseqüência do mal de Parkinson. A doença afeta as células nervosas em diversas áreas do cérebro, particularmente aquelas em que a dopamina controla os movimentos.

Os sintomas mais comuns são tremores, rigidez e lentidão nos movimentos, e podem ser tratados com reposições regulares de dopamina.

A vitamina D pode ser encontrada na alimentação, mas é primariamente formada na pele através da exposição ao sol. Todavia, a habilidade do corpo em produzir a vitamina decai com a idade, tornando as pessoas mais velhas mais suscetíveis à deficiência.

Uma teoria diz que pessoas com Parkinson podem ser particularmente vulneráveis devido ao demasiado tempo em que passam dentro de casa. Todavia, cientistas dizem que pode ser também possível que baixas concentrações de vitamina D estejam, de alguma forma, relacionadas à origem da doença.


Comentários
  • Avatar
    30/08/2011 00:57:35Aracélia M.Anônimo

    Conheci uma pessoa maravilhosa,linda, admirável mesmo,que tem o mal de parkinson, tenho vontade de me aproximar mais, mas não me sinto segura,não sei como agir. Algmas vezes surgem alguns movimentos involuntários na mão esquerda, percebo que isso o deixa constrangido e me sinto mal por esse constrangimento, porque eu o vejo muito além do parkinson, fico sem ação, por medo de que ele possa se sentir mais constrangido,ou seja mesmo, por minha total falta de conhecimento sobre o assunto,se possível orientem-me um pouco mais. Obrigada!

  • Avatar
    09/06/2011 23:29:08Nazareno Amin mÄ?dico ginecologistaAnônimo

    Minha esposa tem Parkinson há 12 anos e tenho pesquizado muito. Observo atualmente, a utilização diária de uma associação de microvasodilatadores com fluidificantes sanguíneo e tônicos vascularescomo:L-Arginina,Luteína,Extra to de Gynkgobiloba,Troxirutina,Castanha da Índia, como melhorando a ação do Stalevo e Dopamina, no tecido cerebral. Tenho feito uso dos antirradicais-livres como Vit.C,E,B6,enzima Q10, o índole-3-carbinol que evita por ação enzimática a transformação da testosterona em estradiol. Evito o uso de antinflamatórios inibidores da cox2 (diclofenacos,nisulide e meloxicam)por serem grandes produtores de leucotrieno, grande agregador plaquetário, obstruindo microvasos cerebrais. Tenho utilizado muito a acunputura específica para a doênça. Acho demais importante o trabalho psícologico para trocar a negatividade pelo positivismo. Finalmente para melhorar o sintoma da discinesia,do equilíbrio e não ter quedas ao andar uso o Meclin, evitando formalmente sinarizina grande indutor dos sintomas do Parkinsonismo.Peço desculpas por meter-me em área não minha, pois faço mais cirurgias pélvicas e mama oncológica. Abraço nazareno.

  • Avatar
    18/05/2011 16:26:02Maria sofia pupo santanaAnônimo

    sofro com o parkinson a 15 anos tenho57 anos hoje . sofro muito com as dores e a lentidão ,o tremor acabou com a cirurgia que fiz a 10 anos, mas fico muito rigida tem horas que parece que o pprolopa não faz efeito. gostaria de tomar vit. d ,sera que faz bem. me ajudem . obrigada

  • Avatar
    06/05/2011 18:48:23fernando de matos CabeçaAnônimo

    Foi-me detectada a doença de parkinson á cerca de 6 anos. comecei pela mão direita,ou por outra pelo braço direito abaixo do cotovelo.Antes do tremor da mão comecei a sentir dores a nivel do cotovelo e o endurecimento dos musculos do braço e quando andava não balançava o braço direito. COMECEI com o ROPINIROL 9MG POR DIA. Á cerca de um ano acrescentei a levedopa. Neste momento a mão treme menos, a não ser qd me enerve que aumenta. tinha a voz um pouco apanhada,hoje está limpa.AGORA surge um problma sou diabético e o médico manda-me caminhar pelo menos meia hora e estou sentir dores na anca que quase deaparecem quando pressiono com força um tendão na parte de tras do joelho, será da parkinson..............

  • Avatar
    18/01/2011 22:22:01janeAnônimo

    meu pai ,tem mal de parkinson.gostei muito de ler esse artigo ,pois me ajudou um pouco.

  • Avatar
    27/10/2010 16:33:50joares de albuquerqueAnônimo

    gostaria de saber + sobre a vitamina D e qual remedio que contem essa vitamina D

  • Avatar
    31/08/2010 15:19:12José Silva BarbosaAnônimo

    Há cerca de 8 anos, foi-me diagnosticado um "trémulo essencial" no braço direito. Como não encontro informação suficientemente clara, pois também não tomo qualquer medicação para o efeito. gostaria de saber, se possível, algo mais sobre este assunto, e quais os medicamentos existentes no mercado para a sua atenuação.

  • Avatar
    11/07/2010 16:11:46edna siscariAnônimo

    Meu pai sofre do mal de Parkinso há 2 anos. Há um mês fez umacirurgia e parou de tremer. O médico passou o Prolopa para ele tomar diariamente. Ocorre que ele está com alergia ao medicamento, com as mão inchadas e vermelhas. Gostaria de obter informações e ajuda sobre o caso do meu pai. Obrigada.

  • Avatar
    08/04/2010 14:50:18EdineusaAnônimo

    Gostaria de saber mais .

  • Avatar
    01/04/2010 21:56:50maria do carmo de menezes vaz de melloAnônimo

    tenho 59 anos, há mais ou menos 5 anos comecei com um processo de desequilíbrio, visão dupla mas sem perder a força muscular nas pernas.há 5 meses não consigo mais andar e os exames não diagnosticaram nada. um médico suspeitou do mal de parkinson e pra falar a verdade tenho esperança que seja para que seja feito um diagnóstico pois não aguento mais viver sem saber o que tenho. é um desabafo e um protesto contra os médicos que não se interessam pelo que estou passando...

  • Avatar
    27/12/2009 13:40:13celsoAnônimo

    minha mãe sofre com a doença a 47 anos, pois já tem 77, o quadro vem se agravando e já foram buscados os caminhos possíveis(para nós), gostaria de saber o que mais pode ser feito, já que ela trata com levodopa/carbidopa + sifrol +amantadina, entre outros, gostaria de saber novidades sobre o tratamento da doença. fico aguardando que os cientistas encontrem o tratamento definitivo para a doença. abraços.

  • Avatar
    22/12/2009 11:35:56dinhoAnônimo

    veja este artigo.

  • Avatar
    22/12/2009 11:34:30Tio GuidoAnônimo

    Querido tio. Nao estou afirmando nada, mas vc nao acha que o sol é um santo remédio?

  • Avatar
    29/11/2009 10:47:43sandra ReginaAnônimo

    São imformacões importantes para o familiar,acompanhante ect... O meu paizinho é portador deste mal,faz +- 12 anos ele foi submetido a uma cirúrgia,pois havia um coágulo e hematomas devido quedas de bicicletas,graças a Deus a cirúrgia foi um sucesso! Neste ano ele vem apresentando esquemia transitória e tremor,a dificuldade em conseguir consulta pelo sus é imensa...na verdade quase impossível!!! Encontramos dificuldades até mesmo para conseguir uma consulta particular,não havia vagas! Ã? muito confortante para o familiar e principalmente para o paciente ter um médico especialista nos acompanhando nassa difícel realidade! Graças a Deus conseguimos localizar o médico responssável pela cirúrgia,não por ser o único, sabemos que temos grandes médicos no nosso país,digo graças a Deus por té-lo encontrado por além de ter o conhecimento do caso de meu paizinho,foi um anjo enviado por Deus,ele estava no lugar certo na hora certa,num posto de atentimento uma rua após a casa de meus pais.No decorrer de uma semana o meu pai recebeu todos os cuidados para a realização da cirúrgia que foi um sucesso !!! Só lamentamos pelos fatores naturas dessa evolução!!! Mesmo assim ainda agradecemos a Deus por ele estar aqui ao nosso lado com vida, nos transmitindo e recebendo muito carinho! ( Na ocasião em que realizou a cirúrgia à 12 anos,ele apresentava esquemia transitória,só agora apresenta tremores e alucinações como;ver bichos na comida,cama,paredes,ver pessoas trabalhando em casa, na parte elétrica etc...Bom, sabemos que não tem cura,mas sabemos que ele pode viver melhor com essa doença tendo um especialista acompanhando o caso.Muito obrigada por essas informações que me foram de muita importância.bjs

  • Avatar
    29/11/2009 09:33:57EDSON FRANCISCO CUTINI VICENTEAnônimo

    SOU PORTADOR DO MAL PARKINSON. GOSTEI DO ARTIGO DESCRITO. MUITO BOM. GOSTARIA, SE POSSÍVEL, DE PARTICIPAR, DE ALGUMA FORMA. SE NECESSÁRIO FAZENDO USO DA VITAMINA D; AINDA, JUNTAR-ME Ã? VCS. CIENTISTAS QUE PROCURAM, DESENVOLVER AS DROGAS NECESSÁRIAS, PARA CURAR. FAÃ?O USO DE PROLOPA(LEVODOPA=200+BENSERAZIDA50MG), INGESTÃ?O 2 1/2 COMP; AO DIA, CONCOMITANTEMENTE: SIFROL 0,25MG; SENDO QUE O PROLOPA, CAUSA ALERGIA, INCLUSIVE COM BOLHAS. COLOCO-ME, COM HUMILDE AÃ?Ã?O DE GRAÃ?AS, SIMPLES, AO VOSSO DISPOR. COM ADMIRAÃ?Ã?O, SUBSCREVO-ME RESPEITOSAMENTE. NOVA GUARAPARI, 29 DE NOVEMBRO DE 2009 EDSON FFCO. CUTINI VICENTE

Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.