SRZD


02/07/2013 15h57

Copa das Confederações não aumenta ocupação hoteleira
Redação SRZD

Imagem ilustrativa. Foto: Divulgação

Diferente do que muitos podem imaginar, a Copa das Confederações não trouxe grande aumento na tradicional ocupação da rede holeteira. Isso é o que se pode notar pelos dados divulgados pela Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Rio de Janeiro (ABIH-RJ) nesta terça-feira.

Entre os dias 14 e 30 de junho, a média de quartos de hotéis ocupados ficou em 67,26%, ou seja, um a cada três ficou vazio. No fim de semana da final, entre 28 e 30 do mesmo mês, a ocupação foi de 83,05%.

Alfredo Lopes, presidente da ABIH-RJ, considerou o resultado "morno". Segundo ele, o evento não trouxe grande incremento para ahotelaria da cidade. "Um mês de junho, a média da cidade é de cerca de 70% de ocupação. Mesmo com a ação promocional, quando os hotéis chegaram a dar até 50% de desconto nas tarifas, não tivemos grande incremento para a data. Isso só afasta os rumores de que o valor das tarifas estaria afugentando os turistas. Sabemos que a crise econômica internacional tem tido forte impacto na queda dos visitantes internacionais", comentou. Isso porque o evento foi assistido, principalmente, por brasileiros.



Comentários
Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.