SRZD


04/07/2013 17h21

Gilberto Gil critica ausência de menos favorecidos nos estádios da Copa das Confederações
Redação SRZD

Gilberto Gil. Foto: Reprodução de Internet

Gilberto Gil esteve em Paraty para dar o pontapé inicial na Festa Literária Internacional (Flip) da cidade na última quarta-feira. Nesta quinta o cantor concedeu uma entrevista coletiva onde comentou sobre os jogos da Copa das Confederações. O ex-ministro da cultura lamentou a ausência de pessoas de classes sociais menos favorecidas nos estádios.

"Não sei o que vai ser feito, se com cotas através do governo ou mesmo da iniciativa privada, o que não dá é pra gente fazer uma Copa no Brasil sem os negros, os pobres, sem os torcedores nos estádios. Estive no Maracanã na final da Copa das Confederações (Brasil x Espanha), um lugar onde sempre vou por causa do Fluminense. Lá, vi o (Joseph) Blatter, o Zagallo, a Ivete (Sangalo), o Bebeto, mas não vi o povo", disse Gil, que completou:

"Na hora em que o Fred e o Neymar foram comemorar os gols, ali próximo de onde era a Geral, vi o Maracanã muito esbranquiçado, sem matiz. Não dá para uma Copa não ter a (presença da) Mangueira, não ter a Rocinha e a Cajazeiras, lá em Salvador".



Comentários
  • Avatar
    04/07/2013 20:30:59Amigo da OnçaAnônimo

    Quando houver um FlaxFlu, os portões estarão aberto.

Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.