SRZD


10/07/2013 07h40

Leia a sinopse da Mocidade para 2014
Redação SRZD

Foto: Divulgação

A Mocidade Independente de Padre Miguel entregou a sinopse do desfile do Carnaval 2014 nesta terça-feira, 9 de julho. Sob o comando do carnavalesco Paulo Menezes, a verde e branca desenvolverá o tema "Pernambucópolis", título que, além de ser uma referência ao estado de Pernambuco, relembra o enredo "Tupinicópolis", de 1987.

Confira na íntegra:

" 'PERNAMBUCÉPOLIS'

Manhã de carnaval de 1985.
A Mocidade Independente de Padre Miguel partiu para o espaço sideral levando com seu samba, toda alegria, beleza e as cores do nosso carnaval.
Todo o universo enfim, festejava e se encantava com a alegria, a ousadia e a irreverência de seu criador.
E hoje, alguns "Ziriguiduns" depois, esta mesma alegria, beleza e cores estão de volta, como numa viagem no tempo e nas estrelas...
É o grande dia do Carnaval Universal!

"Quero ver no céu minha estrela brilhar...
Está em festa o espaço sideral,
Vibra o universo, é carnaval!"
- Alô, alô Planeta Terra!
Alô, alô Rio de Janeiro!
Alô, alô Mocidade Independente!
De bigu na estrela guia, estou voltando.
"Eita... saudade tá danada não me aguento, não"
Saudade da minha gente, das minhas cores.
Estou de volta à minha terra... aos meus devaneios...
"Parece que estou sonhando, com tanta felicidade..."
E quero viver intensamente cada momento dessa saudade.
Quero sair por aí, andar, correr, brincar...
Quero, mais uma vez, ser e sentir tudo aquilo que já vi e vivi um dia. E os que ainda não vi e nem vivi, deixar a emoção desse encontro me levar, me transportar e me transformar.

"Eu sou mameluco, sou de Casa Forte
Sou de Pernambuco, eu sou o Leão do Norte"
Quero ser o coração do folclore, e pulsar a cada batida dos tambores, não importando de onde eles venham, se das bandas ou das orquestras, dos salões ou dos teatros, das ruas ou do mangue, do baque solto ou do baque virado. E são essas batidas que fazem fervilhar as veias, as pernas, o corpo.
E com o corpo, quero pular, dançar, subir, descer e balançar... Ao som do baião, do frevo, do coco, do forró e do xaxado. Rodar a ciranda, de pés no chão, pés na areia.
"Mas foi na casa de lia
Numa ciranda praieira
Que eu vi minha estrela-guia
Nos olhos da cirandeira"

Nunca fui homem de um só personagem, já fui índio, onça e arara; já fui pirata, camaleão e ET. E hoje quero ser novamente livre, quero ser rei, vassalo, batuqueiro, calunga, mascarado. Quero ser cacique ou curumim. Quem sabe caipora ou babau, ou até pastora e brincante.
Quero ser boneco, de vários tipos e vários tamanhos: pequeno, grande ou gigante. Do dia, da tarde, da noite ou de qualquer hora.
Ou quem sabe um Mamulengo, contador de histórias, num cordel; e que saia por aí, de sombrinha nas mãos, atrás de um afoxé, com o povo num bloco, mas daqueles bem grandes, muito grandes... o maior do mundo!
"A manhã já vem surgindo,
O sol clareia a cidade com seus raios de cristal
E o Galo da madrugada, já está na rua, saudando o Carnaval."

Quero ser as mãos de Vitalino, vida, forma e criação.
Vidas que nascem do barro, da madeira, da palha, da linha. Vidas que viram artes, artes que viram cores, cores que viram sonhos, sonhos que ganham as feiras e depois ganham o mundo. Quero riscar, tecer, rendar, trançar...
Quero pintar e bordar!!!!

Eu quero navegar...
Navegar nas águas da imaginação. Que essas águas me levem a caminhos e histórias do natural e sobrenatural, de mitos e lendas, de crenças e crendices. Vixe Maria, haja proteção!

Sou tudo isso e muito mais.
Sou o rio, sou o mar, o agreste e o sertão.
Sou o canto, sou a dança, sou o auto e o cordão. Sou o velho, sou o novo, o sagrado e o profano, a folia e o carnaval.
Sou mistério, sou a fé, sou Paixão e São João.
Acorda povo!...
Sou passado, sou futuro e do Norte sou Leão.


"Meu Deus, se eu pudesse
Fazer o que manda
O meu coração...
Voltava pra lá
Ou trazia pra cá
Todo o meu sertão"

E é hora de voltar, pelo tempo caminhar.
Mas eu quero mais samba, quero mais cores, mais alegria, mais Pernambuco!
Quero um pouco de tudo que vi e ouvi, senti e brinquei.
Vivi e vivo de sonhos, de transformar e criar. Vivo de emoções.
E todas essas emoções agora vão comigo, pois eu preciso dessa cor, dessa alegria, de uma gente e uma terra como essa.
O espaço precisa de uma Pernambuco, a minha Pernambuco.
Aliás, a minha "Pernambucópolis"

"Vejam
Quanta alegria vem aí...
...Minha cidade
Minha vida
Minha canção..."

E assim será!
Caboclinhos, boi-bumbá, frevos, afoxés, reisados e maracatus, mais uma vez farão a festa no espaço sideral.

Vibra o universo, é carnaval!
E lá vamos nós!
Borimbora!
Beijim, Beijim. Bye, Bye Brasil!"

Fernando Pinto

Por Paulo Menezes
Numa noite de carnaval de 2014.

Colaboração: Departamento Cultural da Mocidade Independente.

Paulo Menezes falou aos compositores. Foto:Divulgação


Veja mais sobre:MocidadeCarnaval 2014

Comentários
  • Avatar
    23/08/2013 01:24:48Leandro Gomes Empreendedor PolishopMembro SRZD desde 23/08/2013

    Extremamente emocionante!!! Que Deus permita (e o Paulo Viana também) que façamos um maravilhoso desfile, digno da grandeza desta sinopse.

  • Avatar
    16/07/2013 17:43:28Bruno ImperatrizMembro SRZD desde 07/07/2011

    Mocidade melhor Enredo disparado,melhor sinopse disparada...Agora seu Paulo Viana se nem assim vc conseguir levar a Mocidade ao desfile das Campeãs se mata na boa.

  • Avatar
    12/07/2013 13:32:54Alan AmorimMembro SRZD desde 17/01/2012

    PARECE QUE ESTOU SONHANDO, DE TANTA FELICIDADE!!!NOSSA MOCIDADE, ESSA Ã? REALMENTE A SUA CARA!ESTOU MUITO FELIZ COM O QUE EU LI.LINDA, DESNUBLANTE ESSA SINÃ?PSE.EM 2014 O DESFILE DA MOCIDADE COM CERTEZA VAI SER IGUAL AOS ANOS 90!SALVE A ESTRELA MOCIDADE!!!

  • Avatar
    12/07/2013 10:28:23Sidney PintoMembro SRZD desde 25/07/2009

    Bela sinopse, com texto claro, leve e bem elaborado. Pede-se um carnaval levemente bem vestido e multicor. Parabéns Paulo... a Mocidade está em boas mãos.

  • Avatar
    11/07/2013 21:26:00Rodrigo LopesMembro SRZD desde 07/07/2013

    Sem palavras, com os olhos marejando de emoção ao ver um texto lindo! Agora só falta apresentar um bom carnaval,A Mocidade está com a faca e o queijo na mão, esperemos um bom samba e um espetáculo em 2014. Salve Fernando Pinto... Salve Paulo Menezes... Salve a Mocidade Independente!

  • Avatar
    11/07/2013 15:41:22Douglas GonçalvesMembro SRZD desde 18/06/2013

    Emocionante...Sem palavras, me surpreendeu total essa sinopse. Espero um desfile assim também emocionante, surpreendente e vencedor. Com certeza irá disputar o título em 2014... ! Linda a minha Mocidade ! Essa escola ainda vai surpreender muita gente... !

  • Avatar
    11/07/2013 01:20:48Mauro Lúcio de OliveiraMembro SRZD desde 30/09/2012

    Sem palavras! A melhor! Mauro São Mateus ES

  • Avatar
    10/07/2013 17:45:37Duquesa Dholores: a nobreza da favela em pessoa!Membro SRZD desde 18/10/2010

    Três sinopses se destacam para o carnaval 2014: Ilha, Portela e Mocidade. Imperatriz também traz um excelente texto, mas a temática fica muito a desejar. Mocidade é uma grata surpresa. Decidiram parar com a raparigage de pinicar buscando assuntos que poderiam redner alguma grana, mas sem nenhuma identificação com a escola. Pernambuco, pelo olhar maluco-beleza do Fernando Pinto, pode supreender. Gosto de Menezes. Só acho que ele deve se desligar um pouco dessa coisa rocó rocó, que nem sempre condiz com o tema apresentado. Esse tem um quê de futurismo e do tropicalismo do boa praça Fernando. A sinopse não tem uma estrutura linear. Os fatos são narrados sem a necessidade de uma cronologia engessadora. Não há saga histórica. Não há heróis, heroínas, o que há é Fernando narrando o amor por sua terra, por sua gente, por sua cultura, lugar de onde tirava tanta inspiração para compor seus inesquecíveis trabalhos. Espero que o Menezes saiba aproveitar bem esse tema. Saia de cena e deixe se impregnar pela ousadia visionária desse pernambucano carioca que tantas alegrias nos proporcionou. Desfile alegre. Conceitual. Fora das concepções comuns que enchem até pneu de trem. Ou será assim, ou Fernando Pinto não passará duma caricatura barroca mofada fantasiada pelo Paulo.

  • Avatar
    10/07/2013 16:50:52PortelenseAntenadoMembro SRZD desde 10/01/2010

    Portelense sim. Mas pernambucano também que sou e, ainda mais, saber discenir um texto qualquer, ou um uma poesia, ou até mesmo uma Sinopse legitimamente Enredo (Talvez a única de para 2014), a da PORTELA) de uma COMPOSIÃ?Ã?O POÃ?TICA NESSE GRAU DE BELEZA E PRECISÃ?O VOCABULAR, da Mocidade, PARA O DESENVOLVIMENTO CONCRETO para o Carnaval é IMBATÍVEL!!!!!! Ã? DE CHORAR! Tantos pelos encantos poéticos, culturais e históricos de Pernambuco quanto pela figura do homenageado. Ele trazia dentro dele Pernambuco! Torço para que a Mocidade consiga grana para tornar real esse sonho de carnaval. O resto ela e a PORTELA têm de sobra.

  • Avatar
    10/07/2013 13:13:39Carlito BFMembro SRZD desde 09/02/2010

    Parabéns, o melhor LOGO, melhor sinopse. (na minha opinião) . Gostaria muito de ver a Mocidade disputando títulos. Mas isto é outra historia, principalmente, porque eu não tenho fé nenhuma neste carnavalesco. Teve oportunidade de mostra belos carnavais pela Portela e foi decepcionante. Podem dizer....mas faltou dinheiro.... na falta do dinheiro usa criatividade. Continuo na torcida para que a Mocidade faça uma brilhante apresentação. Espero que o carnavalesco possa me calar. Vlw.

  • Avatar
    10/07/2013 10:39:05AghataMembro SRZD desde 20/05/2013

    Bela sinopse, mas se a escola tivesse em um momento melhor, pois com o atual Presidente não dá. Eu me pergunto o q leva um cara renomado como o Anderson Abreu a trabalhar com o encosto de Presidente Paulo Vianna????

  • Avatar
    10/07/2013 10:13:50João RobertoMembro SRZD desde 09/12/2010

    Sem palavras, linda, vibrante, emocionante. Parabéns Mocidade Independente!!!

Comentar