SRZD


02/09/2013 18h20

Psiquiatra diz que Marcelo matou família por doença psíquica
Redação SRZD

Foto: ReproduçãoUm psiquiatra forense chamado para traçar o perfil psicológico de Marcelo Pesseghini, de 13 anos, apontou que o menino tinha uma "doença psíquica" que o levou a matar toda a família. Esse foi o diagnóstico de Guido Palomba, que produzirá uma "perícia psiquiátrica" a ser integrada ao inquérito policial sobre o crime, ocorrido em Brasilândia, em São Paulo.

"Ele tinha uma doença psíquica que o levou a cometer os crimes. Pessoas normais não fazem o que ele fez", diz ao "G1" Palomba.
O diagnóstico do psiquiatra, classificado como "perícia póstuma retrospectiva", foi embasado em quase 50 depoimentos ouvidos pela polícia, aos quais o especialista teve acesso. Ainda serão analisados os resultados das perícias da Polícia Técnico-Científica, e o nome da suposta doença não foi divulgada pelo especialista.

A hipótese da Polícia Civil é a de que o menino de 13 anos matou a mãe, o pai, a avó e a tia-avó com uma pistola 40, usada pelos pais, que eram policiais. Todos morreram com tiros à queima-roupa. Segundo a linha de investigação da polícia, o menino teria se suicidado após cometer os crimes.

Saiba mais:

- Amigos de Marcelo Pesseghini trocam e-mail após depoimento

- Segundo laudos, família de PMs morta não foi dopada

- Familiares contestam que menino tenha cometido tragédia

- Menino teria revelado a amigo desejo de matar os pais

- Garoto suspeito de matar pais, avó e tia usava foto de assassino de game no Facebook

- Polícia acredita que menino tenha cometido crimes antes de ir para a escola

- Filho é o principal suspeito de matar os pais em SP



Comentários
  • Avatar
    03/09/2013 20:21:48Nidia Jussara FdasilvaMembro SRZD desde 25/06/2012

    Quero e exijo provas que foi essa criatura que fez tudo isso!

  • Avatar
    03/09/2013 11:35:35wilson souzaAnônimo

    Não acredito em nenhuma palavra dessa justiça corrupta e vendida que assola nossa país, muito menos achar que um menino dessa idade mate a familia toda e ainda vá pra escola, isso é impensável do ponto de vista lúdico e tambem do ponto de vista normal. Isso foi feito por gente altamente capacitada e estão escondendo a realidade. Atentem que no estertor da morte voce não segura mais a arma que utiliza para se matar, repito, isso foi coisa de profissional. Pode até ser que o menino tivesse algum desequilio relativo a profissão dos pais, como comentou nosso amigo aí em cima, mas é preciso muito ódio para matar a mãe, o pai, e os avós, tudo junto. Como disse não acredito, Nunca vou acreditar nisso.

  • Avatar
    03/09/2013 11:34:02wilson souzaAnônimo

    Não acredito em nenhuma palavra dessa justiça corrupta e vendida que assola nossa país, muito menos achar que um menino dessa idade mate a familia toda e ainda vá pra escola, isso é impensável do ponto de vista lúdico e tambem do ponto de vista normal. Isso foi feito por gente altamente capacitada e estão escondendo a realidade. Atentem que no estertor da morte voce não segura mais a arma que utiliza para se matar, repito, isso foi coisa de profissional. Pode até ser que o menino tivesse algum desequilio relativo a profissão dos pais, como comentou nosso amigo aí em cima, mas é preciso muito ódio para matar a mãe, o pai, e os avós, tudo junto. Como disse não acredito, Nunca vou acreditar nisso.

  • Avatar
    03/09/2013 11:32:28wilson souzaAnônimo

    Não acredito em nenhuma palavra dessa justiça corrupta e vendida que assola nossa país, muito menos achar que um menino dessa idade mate a familia toda e ainda vá pra escola, isso é impensável do ponto de vista lúdico e tambem do ponto de vista normal. Isso foi feito por gente altamente capacitada e estão escondendo a realidade. Atentem que no estertor da morte voce não segura mais a arma que utiliza para se matar, repito, isso foi coisa de profissional. Pode até ser que o menino tivesse algum desequilio rlaativo a profissão dos pais, como comentou nosso amigo aí em cima, mas é preciso muito ódio para matar a mãe, o pai, e os avós, tudo junto. Como disse não acredito, Nunca vou acreditar nisso.

  • Avatar
    02/09/2013 20:00:46Adalberto de Oliveira CostaAnônimo

    Um ato como este não é muito difícil de entender, todo mundo avalia o menino pela aparência más isto não o impede de ser desequilibrado, vivendo num ambiente onde o clima é de polícia versos bandidos não é difícil de imaginar as conversas que ele ouvia e jogando jogos violentos da pra imaginar as ideias que passavam na cabeça dele e aprendendo a atirar pior ainda, estava armada a arapuca dentro de casa

  • Avatar
    02/09/2013 19:39:34wellingtonsoaresAnônimo

    Estão tampando o sol com a peneira. tem muita coisa por detraz,omitindo fatos reais e escondendo os verdadeiros culpados por esse massacre.

  • Avatar
    02/09/2013 18:55:23Maysa de Lacerda FreireAnônimo

    Que mundo é esse em que uma criança desenvolve um ódio pela familia toda e se mata? Não estarão essas crianças assistindo filmes desse tipo sem ninguem para mostrar-lhes o certo e o errado?

  • Avatar
    02/09/2013 18:54:36Francisco Ferreira de AzevedoAnônimo

    Cumprimento das escrituras,pais contra filhos,filhos contra pais.

Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.