SRZD


04/11/2013 15h45

Intérprete Ciganerey: 'Estou muito feliz na Inocentes'
Patrícia Raposo

Ciganerey / foto: Reprodução de Internet

Ele entoa sambas-enredo desde os anos 80, quando ainda era conhecido como Paulinho Poesia. No início da década de 90, foi reverenciado com o prêmio Estandarte de Ouro, época em que também adotou o novo nome artístico, Ciganerey, que dura até os dias de hoje.

Em conversa com o SRZD-Carnaval, o intérprete falou da decisão de encarar, pela primeira vez, a experiência de ser a voz oficial da escola de samba Inocentes de Belford Roxo, em 2014.

"Eu estou muito satisfeito com a decisão que tomei. No início, sempre ficamos um pouco receosos com mudanças, mas valeu muito a pena. Estou muito feliz", afirmou.

"A comunidade da Inocentes me recebeu muito bem e o presidente Reginaldo me dá total liberdade para trabalhar. Estou reformulando todo o carro de som e montando o meu grupo. Já conto com o Bacaninha, o Vicente, Alexandre e o Alberto. Também pude aproveitar a garotada que defendeu samba na escola, durante as disputas. Observei todos e vi uma galera muito boa. Meu principal objetivo é que tenha sincronia na minha equipe", detalhou.

Ciganerey presenciou as etapas que definiram o samba-enredo da agremiação, e aprovou a junção das duas obras finalistas.

"Acho que a junção ficou boa. Por conta do conteúdo da sinopse, fizeram a junção, já que as obras se complementavam. Achei positivo", argumentou.

Logo 2014 / foto: DivulgaçãoNovo na agremiação, ele já faz uma avaliação do que vem acompanhando.

"A Inocentes está muito preparada. O Carnaval já está praticamente pronto, com todas as fantasias adiantadas. Agora daremos início aos ensaios de canto com a comunidade", contou.

Ele, que também será apoio no carro de som da Estação Primeira de Mangueira, em 2014, reconheceu que vive, de fato, um novo momento profissional.

"Vou ter oportunidade de mostrar toda a minha capacidade, no desfile de 2014. Estava sentindo falta desta autonomia como intérprete", ressaltou.

"Já iniciei minha preparação, que agora precisa ser um pouco mais intensa. Mas é uma responsabilidade boa", completou.

Ciente de que a briga pelo título da Série A está cada vez mais disputado, ele deixou seu recado.

"A nossa escola não está para brincadeira. Estamos  nos preparando muito. A Inocentes vai surpreender muita gente", finalizou.

A Inocentes de Belford Roxo apresentará na Marquês de Sapucaí, em 2014, o enredo "O triunfo da América - o canto lírico de Joaquina Lapinha", assinado pelo carnavalesco Wagner Gonçalves.

Leia também:

- Inocentes de Belford Roxo faz junção de sambas



Comentários
  • Avatar
    11/11/2013 19:16:26celso gonçalves bastosMembro SRZD desde 19/06/2011

    ciganerey,reune todas as condições para estar a frente de uma escola grande,não como apoio!!!!

  • Avatar
    07/11/2013 16:14:26Xavier di MacaéMembro SRZD desde 13/06/2010

    Muito bom cantor e teria que estar à frente de uma Escola como principal intérprete. Lembro-me da Tuiuti 2008, quando ele deu show na Sapucaí com o samba que homenageava Cartola e foi campeão. Tem uma voz diferente e não enjoativa.

Comentar