SRZD


19/11/2013 13h30

Recordista de apneia morre ao tentar bater recorde
Redação SRZD

Nicholas Mevoli. Foto: Reprodução/Facebook

O americano Nicholas Mevoli, que em menos de um ano se tornou um fenômeno do mergulho livre (apneia), morreu após uma prova, na qual atingiu 72 metros de profundidade, e na volta, não se sabe se perdeu ou se tirou o óculos de proteção. Em seguida, o atleta perdeu a consciência e acabou morrendo.

"A morte do Sr. Mevoli foi a primeira em mais de 20 anos de competições da Aida. Vamos rever o acidente para saber o que podemos fazer para evitar mais lesões graves", disse a entidade em comunicado.

O atleta que vinha treinando por dois anos em piscinas e tanques morreu ao tentar bater mais um recorde na "Dean's Blue Hole", uma paradisíaca ilha deserta, em Bahamas, onde a população diz que ela foi esculpida pelo Diabo.

"A água é a aceitação do desconhecido, de demônios, de emoções, de deixar ir e permitir-se fluir livremente com ela. Venha para a água disposto a ser consumida por ela, mas também tenha a confiança de que a sua capacidade irá trazê-lo de volta", disse Mevoli em post publicado em junho.


Veja mais sobre:Morte

Comentários
Comentar

Isso evita spams e mensagens automáticas.