SRZD


12/11/2008 13h56

U2 em Red Rocks: O embrião dos grandes espetáculos de rock
Luiz Felipe Carneiro

U2 em Red Rocks: O embrião dos grandes espetáculos de rock | Foto: Divulgação

Uma lista publicada na revista Rolling Stone alguns anos atrás incluiu o show que o U2 fez no Red Rocks Amphitheatre, Colorado, em 05 de junho de 1983 como "um dos 50 momentos que mudaram a história do rock n' roll". Não é para menos. Após três álbuns de estúdio, "Boy" (1981), "October" (1982) e "War" (1983), a banda formada por Bono (vocais), The Edge (guitarra), Adam Clayton (baixo) e Larry Mullen Jr. (bateria), finalmente se transformava no que estamos acostumados a ver hoje: um conjunto musical que tem em seus shows a sua marca registrada. Quem assistiu (ou tentou comprar ingressos) para a "Vertigo Tour", que passou por São Paulo em fevereiro de 2006, sabe o que isso significa.

O mítico show realizado em Red Rocks fez parte da "War Tour", que percorreu os Estados Unidos, Europa e Japão em 1983. O primeiro show foi na Escócia, no dia 26 de fevereiro e o último no Japão, em Tóquio. Em sua totalidade, a turnê teve quase 90 shows, mas, certamente, o mais importante foi o realizado no Colorado. Tanto que foi transformado em CD e VHS ao vivo, agora, finalmente, lançado em DVD.

A chuva, que costuma atrapalhar tanto os shows feitos em Red Rocks, foi um diferencial nessa apresentação do U2. A extensa bruma que se formou e se juntou com a fumaça que saía de imensas tochas de fogo ao redor do palco, bem como as imensas montanhas do Colorado, deram um clima mágico ao show. Nos bastidores, Bono até brincou ao afirmar que, pelo fato de a banda vir da Irlanda, os seus integrantes estavam acostumados com aquele tempo fechado.

E parece que todo esse clima frio ajudou a banda a realizar um dos shows mais explosivos dos anos 80. É impressionante notar a vontade e a fúria que o U2 toca os seus sucessos e algumas canções nem tão conhecidas. O repertório do espetáculo foi centrado nas canções de "War", que estava sendo lançado à época, mas não faltaram canções importantes dos dois álbuns anteriores, como "Out Of Control" (a primeira do show), "Gloria", "I Will Follow" e "11' O Clock Tick Tock".

Mas as canções de "War" que são os embriões da politização das letras do U2. "Sunday Bloody Sunday" (com aquele clássico início: "this song is not a rebel song"), composta em homenagem às pessoas que morreram durante um protesto pacífico na Irlanda, no dia 30 de Janeiro de 1972, contra um decreto do governo que permitia a prisão de suspeitos de terrorismo sem julgamento, e "New Year's Day", inspirada no movimento polonês Solidariedade, liderado por Lech Walesa, e de onde saiu o verso "Under a Blood Red Sky", que dá nome ao DVD originado do show.

Além desses então novos clássicos, o U2 apresentou outras canções de "War", como "Two Hearts Beat As One, "Seconds", "Surrender" e, especialmente "40", que, até, hoje, encerra vários shows do U2, com aqueles estádios lotados cantando o refrão "How long to sing this song?", enquanto a banda deixa o palco.

O show, para sorte dos fãs, está registrado em DVD que foi lançado lá fora no mês passado (mas que ainda não tem previsão de lançamento no Brasil) e CD. O DVD conta com o show completo, com exceção de "I Fall Down", que ficou de fora por motivos técnicos. Já o CD, que foi gravado em mais dois outros shows (além de Red Rocks"), possui apenas oito faixas.

Antes do DVD, o U2 lançou esse mesmo show em fita VHS e LD (laser disc). Nesses formatos, a canção "The Electric Co." vinha completa, inclusive com uma citação de 27 segundos de "Send In The Clowns", de autoria de Stephen Sondheim. Infelizmente, no novo DVD, esse trecho está cortado. Uma pena, pois foi nesse exato momento que Bono foi fotografado para a clássica imagem que ilustra a capa do CD e do DVD.

Compare os preços deste novo DVD do U2

Abaixo, segue um vídeo com a performance completa de "The Electric Co.", retirada do LD.



Comentários
  • Avatar
    04/05/2009 19:18:26AlineAnônimo

    Concordo com tudo que foi dito nesta matéria. Esse show é D+. Eles estão selvagens. Bono como sempre com a sua presença marcante no palco, e seu carisma. Realmente entrou para a história........

Comentar