SRZD



Laíla

Laíla

CARNAVAL. Luiz Fernando Ribeiro do Carmo, o Laíla, nasceu em 1943, no Morro do Salgueiro, situado na Tijuca, no Rio. Foi lá que o hoje renomado Diretor de Carnaval e Harmonia teve seu primeiro contato com o samba e o Carnaval, e onde criou, nos anos 50, uma Escola de Samba Mirim, chamada Independentes da Ladeira, que foi um grande sucesso na época, funcionando como espécie de trampolim para o convite feito pelo Acadêmicos do Salgueiro. Líder nato e apaixonado por seu trabalho, Laíla acumulou profundos conhecimentos harmônicos e melódicos ao longo dos seus 54 anos de atividade; tendo trabalhado, ainda, como cantor, músico e compositor. A primeira junção de sambas-enredo foi feita por Laíla, em 1975, em "As Minas do Rei Salomão"; e de lá para cá, todas as junções de sambas-enredo feitas por ele, nas diversas escolas por onde passou, foram sucesso. Há 45 anos trabalha como produtor do CD de sambas-enredo das Escolas de Samba do Grupo Especial do Rio de Janeiro, e há 26 é o Diretor Geral de Carnaval e Harmonia da Beija-Flor de Nilópolis, onde criou, em 1997, a vitoriosa Comissão de Carnaval da Agremiação.

* Os textos desta seção não representam necessariamente a opinião deste veículo e são de responsabilidade exclusiva de seu autor.



31/01/2014 08h22

Vídeo-blog: sambas antigos e atuais
Laíla

O blogueiro do SRZD-Carnaval, Laíla, que esteve presente em todas as modificações com relação ao Carnaval e aos desfiles das Escolas de Samba desde os anos 60 até agora, fala da história de sambas antigos e atuais.

Confira abaixo! 


Veja mais sobre:Laíla

Comentários
  • Avatar
    17/05/2014 16:44:51cristiano de lucena pedrosoMembro SRZD desde 20/03/2014

    Colegas:não há pq duvidarmos das palavras do laíla .a única coisa estranha é essa mistura de religião com carnaval.isso não combina,até pq o pedido que fizemos é para a nossa escola vencer enquanto q o o adversário faz pedido contrário.e aí?como é q fica?tudo se decide na avenida e com trabalho antecipado e bem feito sempre achando q podemos melhorar,não com velas,fardos ou garrafas plásticas na pista que é da alegria e não da reza.

  • Avatar
    05/02/2014 10:26:02Almir da Silva LimaMembro SRZD desde 11/10/2011

    Eu não canso de repetir isto aqui: O mundo do samba é um meio comunitário de excelência em Arte, Cultura e Dignidade, que por não estar apartado da sociedade dela reproduz mazelas execráveis. Uma é esta aí típica dos adeptos e das adeptas que sendo fanáticos pentecostais que sujam a imagem de uma das afilhadas de minha amada Majestade do Samba, a Deusa da Passarela a agremiação mais vitoriosa da era sambódromo, por se tratarem de seres humanos indesejáveis no mundo do samba e na própria agremiação que dizem â??gostarâ? sequer se dignam de usar seus nomes próprios completos. Observe-se, de tão indesejáveis analfabetos em termos de mundo do samba que são tais execráveis seres humanos fazem esta ofensa de usar o nome do grande orixá Obatalá o qual, segundo a mitologia iorubana é representativa da energia cósmica, o céu. Não contente com isto, tal execrável ser humano, depois de só usar palavras com objetivos ofensivos, agrava suas canalhices desejando mal ao próximo. O que a despeito de eu não ser uma pessoa religiosa, em relação à existência do mal isto pode vir a voltar-se contra o próprio. Axé! Almir de Macaé.

  • Avatar
    05/02/2014 10:26:01Almir da Silva LimaMembro SRZD desde 11/10/2011

    Eu não canso de repetir isto aqui: O mundo do samba é um meio comunitário de excelência em Arte, Cultura e Dignidade, que por não estar apartado da sociedade dela reproduz mazelas execráveis. Uma é esta aí típica dos adeptos e das adeptas que sendo fanáticos pentecostais que sujam a imagem de uma das afilhadas de minha amada Majestade do Samba, a Deusa da Passarela a agremiação mais vitoriosa da era sambódromo, por se tratarem de seres humanos indesejáveis no mundo do samba e na própria agremiação que dizem â??gostarâ? sequer se dignam de usar seus nomes próprios completos. Observe-se, de tão indesejáveis analfabetos em termos de mundo do samba que são tais execráveis seres humanos fazem esta ofensa de usar o nome do grande orixá Obatalá o qual, segundo a mitologia iorubana é representativa da energia cósmica, o céu. Não contente com isto, tal execrável ser humano, depois de só usar palavras com objetivos ofensivos, agrava suas canalhices desejando mal ao próximo. O que a despeito de eu não ser uma pessoa religiosa, em relação à existência do mal isto pode vir a voltar-se contra o próprio. Axé! Almir de Macaé.

  • Avatar
    04/02/2014 17:37:29ObataláMembro SRZD desde 18/01/2011

    Esse doente desse Almir não desiste mesmo! O otá/rio não se cansa de portar-se feito bobo da corte. Não escreve nada que preste e ainda assim o baba/ca acredita ter algum grau de credibilidade. Coitado! Ta na hora desse néscio, juntamente com a outra doida varrida da duquesa serem amordaçados e devidamente conduzidos a um centro de tratamento psiquiátrico (leia-se: hospício) para intenso tratamento. Estas amebas precisam urgentemente. Cara mais imbe/cil! Vai ser mala assim lá nos quintos dos infernos.

  • Avatar
    04/02/2014 15:31:00Almir da Silva LimaMembro SRZD desde 11/10/2011

    Para pôr fim a estéril comunicação uma vez ser claro como água, não poderia mesmo ser de outra forma a afilhada da Majestade do Samba a Deusa da Passarela dá mesmo orgulho aos seus adeptos & adeptas. Tanto que tal afilhada embora praticamente use as mesmas cores, se ressente de ser como a altaneira madrinha, a agremiação com mais torcida organizada, a mais coirmã-madrinha e a mais vitoriosa do Carnaval Carioca. Este último valor agregado é do que se ressente a afilhada, deixando visivelmente embasbacada sua parcela de adeptos e de adeptas a qual ao contrário do que diz â??sentir orgulho delaâ?, revela-se desavergonhada. Haja vista sequer se digna sair da clandestinidade. Acovardam-se e ficam escondidos sob nome incompleto, apelido ou pseudônimo. Tais fanáticos & fanáticas pentecostais da Deusa da Passarela caracteristicamente cada vez mais se comportam como analfabetos funcionais em relação ao mundo do samba. Em outras palavras, são tão patéticos em seu fanatismo de cultuar a afilhada da Majestade do Samba como se fosse Deus quanto são os mencionados fanáticos religiosos pentecostais propriamente ditos em suas execráveis pregações. Almir de Macaé.

  • Avatar
    04/02/2014 15:31:00Almir da Silva LimaMembro SRZD desde 11/10/2011

    Para pôr fim a estéril comunicação uma vez ser claro como água, não poderia mesmo ser de outra forma a afilhada da Majestade do Samba a Deusa da Passarela dá mesmo orgulho aos seus adeptos & adeptas. Tanto que tal afilhada embora praticamente use as mesmas cores, se ressente de ser como a altaneira madrinha, a agremiação com mais torcida organizada, a mais coirmã-madrinha e a mais vitoriosa do Carnaval Carioca. Este último valor agregado é do que se ressente a afilhada, deixando visivelmente embasbacada sua parcela de adeptos e de adeptas a qual ao contrário do que diz â??sentir orgulho delaâ?, revela-se desavergonhada. Haja vista sequer se digna sair da clandestinidade. Acovardam-se e ficam escondidos sob nome incompleto, apelido ou pseudônimo. Tais fanáticos & fanáticas pentecostais da Deusa da Passarela caracteristicamente cada vez mais se comportam como analfabetos funcionais em relação ao mundo do samba. Em outras palavras, são tão patéticos em seu fanatismo de cultuar a afilhada da Majestade do Samba como se fosse Deus quanto são os mencionados fanáticos religiosos pentecostais propriamente ditos em suas execráveis pregações. Almir de Macaé.

  • Avatar
    04/02/2014 00:03:42RogérioMembro SRZD desde 26/05/2009

    só rindo mesmo Almir, como posso ser uma vergonha para a minha agremiação se eu a respeito como minha família, deu pena de vc que se acha o tal o bom, Minha escola ao contrário da sua só me da orgulho, sem mais meu caro, passar bem.

  • Avatar
    03/02/2014 17:40:42Almir da Silva LimaMembro SRZD desde 11/10/2011

    Rogério, acovardado assim escondido na clandestinidade de um nome incompleto que também pode ser um apelido, não impede de eu dizer o seguinte. Não há nada de intelectual nos textos que eu redijo. Ã? que você encarna aquele tipo de analfabeto em termos de mundo do samba, que só entende mesmo de idolatria - só deve ser feita a Deus â?? às coisas da agremiação mais vitoriosa da era sambódromo. Em outras palavras, você é um daqueles patéticos e fanáticos pentecostais da Beija Flor aos quais me referi comparando aos fanáticos pentecostais religiosos propriamente ditos... Rsrsrs... Você enquanto adepto envergonha a Deusa da Passarela... Rsrsrs... Saudações carnavalescas & axé! Almir de Macaé.

  • Avatar
    03/02/2014 11:06:18RogérioMembro SRZD desde 26/05/2009

    Almir de Macaé, porque você faz tantos rodeios, enfeita tanto seu texto para chegar sempre no mesmo lugar, eu traduziria em 4 palavras o que você quer dizer, letra fraca, melodia linda e ponto final. PS: Ã? muito chato esse seu ar de intelectual, não combina com samba nem com carnaval.

  • Avatar
    03/02/2014 10:58:00RogérioMembro SRZD desde 26/05/2009

    Tenho certeza que a Beija-flor vai provar na avenida que samba bom é esse e mostrar que babado é esse na folia. Rumo ao título BF seu barracão está lindo as fantasias estão maravilhosas e a comunidade afiadíssima como sempre e com uma comissão de frente que deve surpreender positivamente a todos.Beija-flor é raça é samba no pé.

  • Avatar
    31/01/2014 12:29:52DANIELMembro SRZD desde 21/07/2009

    O samba da Deusa da Passarela está maravilhoso e tenho certeza que os componentes da escola irão fazer bonito na passarela. Dá para saber de cara quais são os manifestantes do contra, mas isso é fichinha perto da grandiosidade da ESCOLA de Nilópolis. O mestre da atualidade de tudo que é referência no mundo do samba é o Laila e, minha avó sempre dizia: "respeito é para quem teve berço".

  • Avatar
    31/01/2014 12:29:51DANIELMembro SRZD desde 21/07/2009

    O samba da Deusa da Passarela está maravilhoso e tenho certeza que os componentes da escola irão fazer bonito na passarela. Dá para saber de cara quais são os manifestantes do contra, mas isso é fichinha perto da grandiosidade da ESCOLA de Nilópolis. O mestre da atualidade de tudo que é referência no mundo do samba é o Laila e, minha avó sempre dizia: "respeito é para quem teve berço".

  • Avatar
    31/01/2014 12:08:03AghataMembro SRZD desde 20/05/2013

    Vejam se LALA, não tem a cara daqueles monstros q todo ano insistem em vir no Beija Flor no alto das alegorias.kkkkkkkkkkk!!!!!!!!!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!!!!!!!!!!!!!!!!!! !

  • Avatar
    31/01/2014 12:03:32AghataMembro SRZD desde 20/05/2013

    Em q mundo este joão Batista ai abaixo, vive????? Ou é um comentário de quem não entende P... nenhuma de samba ou aquilo né um comentário mal intencionado, para tentar enganar trouxas q se deixam levar pelas opiniões aleias.

  • Avatar
    31/01/2014 10:40:20Almir da Silva LimaMembro SRZD desde 11/10/2011

    Os â??comentáriosâ? de adeptos fanáticos pela Beija Flor são tão chatos quanto às ensandecidas pregações religiosas dos pentecostais nos calçadões, praças e ruas das cidades no Brasil e mundo afora. Sempre que passo por tais pentecostais eu brado â??Abaixo o fanatismo religioso!â? (Rsrsrs). Uma vez ser público e notório que sou um convicto defensor da liberdade de culto religioso, os pentecostais acaba nem reagindo... Rsrsrs... Nem sempre isto ocorre com os adeptos pentecostais da Beija Flor. Quanto aos ensinamentos de mestre Laíla neste vídeo-blog, eu só não concordo com ele em relação à qualidade da letra do samba-enredo 2014 da Beija Flor. Aliás, modificada por ele sob a correta alegação de que tal frase imiscuía baixaria/iniquidade com arrogância/prepotência â??(...) Lá lá iá, a campeã voltou (...)â?. Rsrsrs... Assim, para não deixar dúvida e antes que algum adepto ou alguma adepta pentecostal da Beija Flor reaja, eu esclareço que considero o samba-enredo assim como o enredo â??Astro Iluminado da Comunicação Brasileiraâ? de qualidade entre sofrível e razoável notadamente em termos de letra. Já a melodia, concordando com mestre Laíla, de fato é boa. Tanto que propiciou um magistral acompanhamento instrumental-rítmico-musical da injustiçada pelo Estandarte de Ouro bateria ainda sem denominação-marketing, que na realidade é orquestra de instrumentos de percussão complementada por instrumentos de cordas comandadas pelas batutas dos mestres Plínio e Rodney. Chamo atenção à cereja no bolo que são as bossas/paradinhas do tipo sacode, sensacional. Ã? óbvio que na Sapucaí tanto enredo quanto samba-enredo pode funcionar em relação ao desfile como um todo. Ou seja, em relação aos demais oito quesitos apreciados pelas julgadoras e julgadores da LIESA. Vide o desfile merecidamente campeão de 2011 quando enredo e samba-enredo intitulou-se â??A simplicidade de um Reiâ?. Almir de Macaé.

Comentar